A Catedral de St. John the Divine, em New York

Não sei explicar, mas tenho fascício por construções antigas, especialmente igrejas. Quanto maior e mais antiga maior meu interesse. Fico sempre imaginado como era possível construir monumentos tão grandiosos que levavam as vezes séculos para serem construídos. O marido também divide o mesmo interesse.

A Catedral de St. John the Divine foi a primeira que visitamos em New York, não está muito na rota turística porque a maiorias das pessoas só lembra da Catedral de St. Patrick que é mais central.

A Catedral de St. John é a maior dos Estados Unidos. Começou a ser construída em 1892 em estilo Bizantino mas em 1909 teve seu estilo alterado para Gótico. A catedral ainda não foi concluída e está sempre passando por reformas e modificações. A catedral é um espetáculo de deixar qualquer um de queixo caído!

St-John-the-divine-2St-John-the-divine

Do lado de fora, nos jardins da catedral, fica a Peace Fountain (Fonte da Paz), construída em 1985 que simboliza a vitória do bem contra o mal. Apesar de ser chamada de fonte, atualmente não jorra água (nem no verão). Tem aproximadamente 12 metros de altura. Achei super interessante a mistura de símbolos (anjo, demônio, sol, lua, um grande caranguejo e vários animais). Tem uma explicação sobre a fonte aqui (em inglês).

Ao redor da Fonte da Paz existem pequenas placas com nomes e frases de figuras importantes como filósofos, cientistas, artistas, etc – todas feitas por crianças. Tem uma de John Lennon com alguns frases da música Imagine, com um pequeno errinho hehehe…o correto seria: “You may say I’m a dreamer, But I’m not the only one, I hope someday you’ll join us, And the world will live as one” (Talvez você diga que eu sou um sonhador, mas eu não sou o único, desejo que um dia você se junte a nós e o mundo, então, será como um só).

Essa outra é de Thoreau, um poeta e filósofo americano. “I never found a companion that was so companionable as solitude” (Eu nunca encontrei um companheiro que fosse tão sociável quanto a solidão).

Ao lado do jardim tem outra igreja menor, que não tenho certeza se faz parte da Catedral de St. John.

No próximo post falarei da St. Patrick’s Cathedral.

Como Chegar

Está localizada na 1047 Amsterdam Avenue (interseção com a 112th St.). De metrô pegue o trem 1 ou 9 e desça na estação Cathedral Parkway (110th St.). De busú, como chamamos o ônibus na Bahia, pegue o número 4 ou 104 até a Broadway com 112th Street ou o número 11 até Amsterdam Avenue com 112th Street. O melhor é que a entrada é free e quem quiser pode fazer uma doação.

 

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. celmartin disse:

    Gente, fiquei animada só de imaginar!!! Um aninho de Sophia e Quebec! Gina é muita emoção! Segura a ansiedade que vai ser tudo de bom! Quebec vous atends, ma chérie!

  2. ginapsi disse:

    Nossa! Parece que o tempo demora a passar quando as férias estão chegando. Meu passaporte está “nervoso’!
    Québec ici que je viens! J’attends!
    Au revoir!

  3. celmartin disse:

    Você sabe que catedrais são o meu fraco! amei o post! Então Gina já está arrumando a malinha?! A gente não aguenta mesmo muito tempo sem usar o passaporte! rs bjinhos

    • Livi disse:

      Ela vem para o aniversário de Sophia e estamos planejando uma “road trip” por Quebec. Vamos ver como é que as aprendizes de viajante vão se comportar. Temos que colocá-las logo no vício né! 🙂 Bjs

  4. ginapsi disse:

    Dez pra a fotógrafa! Lindas fotos!
    A catedral é lindíssima!! E as dicas sobre NY estão anotadas para quando for turistar por lá.
    Bjão e até breve!

Deixe um Comentário