Cirque Du Soleil: Totem

OLYMPUS DIGITAL CAMERAJá estava conformada que não iria assistir o Cirque Du Soleil esse ano, afinal com duas crianças em idade não circense seria impossível ir. Tem criança de 2 anos e meio que fica perfeitamente sentada quietinha assistindo, mas eu conheço a minha e sei que não há pipoca nesse mundo que a faça ficar sentada mais do que 10 minutos em lugar nenhum, quem sabe no próximo ela já tenha essa paciência (e Sophia também). Mas o marido fez o sacrifício de ficar em casa com as duas pimpolhas e fui com a minha mãe ver o espetáculo TOTEM, no segundo fim de semana de agosto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Precisa dizer se gostei? O show é lindo, cheio de piruetas daquelas que nos deixam de boca aberta e olhos arregalados. TOTEM  retrata a evolução da espécie humana e dentre os personagens estão anfíbios, primatas, índios, cientistas e outros. O show não segue a ordem certinha da evolução, eles misturam tudo, em um momento aparecem os primatas junto com o homem moderno fazendo a maior confusão. A música é linda, uma mistura de ritmos e instrumentos de diversas partes do planeta, as batidas indígenas se misturam com o flamenco e sons do subcontinente indiano.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O palco de TOTEM é interativo, eles projetam imagens de acordo com o que está sendo apresentado. Vulcões, lagoas, pântanos e paisagens parecem interagir com os artistas. Tem uma hora que aparecem imagens deles nadando e quando chegam na beirinha os artista “pulam fora” do lago.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O outro espetáculo que assisti foi OVO, que achei ainda melhor do que esse, talvez por ter sido a primeira vez ficou marcado. E pela música brasileira claro!

Só fiquei decepcionada com uma coisa, uma das apresentações, que seria um casal patinando, não aconteceu e não achei em lugar nenhum uma explicação. No lugar repetiram uma apresentação do primeiro ato.

É probibido tirar fotos lá dentro mas achei o video promocional no Youtube. Tem outros videos lá também e dá para sentir o clima da coisa.

Aqui tem muitas fotos lindas do espetáculo, quem quiser pode dar uma olhada.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Ana disse:

    Eu amo Cirque du Soleil!

Deixe um Comentário