Art Gallery of Ontario (AGO), uma das melhores galerias de arte do Canadá

Dia frio, nada para fazer, um passe para visitar a AGO e lá vamos nós para o centro da cidade.

A AGO ou Art Gallery of Ontario é um dos maiores museus de arte da América do Norte. Foi fundada em 1900 e completamente reformada em 2008. O arquiteto responsável pelo novo design moderno e arrojado é Frank Gehry.

Essa é a segunda vez que vamos lá, a primeira foi para ver a exposição de Tutankamon. Só que não andamos a galeria toda, então voltamos para conferir.

Não lembro como era a fachada antes mas agora está assim. Me faz lembrar um grande barco. Para ser sincera não gosto muito quando mudam a fachada original de um prédio antigo mas essa ficou show e aumentou bastante  o espaço da AGO.

O passeio foi legal mas como levamos a pequena (2 anos) e ela não teve muita paciência para ficar olhando obras de arte, tivemos que olhar tudo com pressa. Durante toda a visita ela ficou pedindo para “passear”, já que tínhamos prometido isso antes de sair de casa. Deixou claro que esse museu não se qualificava na categoria “passear” para ela. Mesmo assim, valeu a pena pois o local é fantástico.

Como é proibido fotografar em quase toda galeria não dá para mostrar mais detalhes do prédio e das obras de arte. Eles tem um acervo de mais de 90.000 obras e ainda recebem frequentemente exposições de outros museus.

Logo na entrada podemos ver uma escada em caracol, enorme. Esse é um dos poucos locais onde é permito fotografar. E ela não desaponta, é incrível de todos os ângulos.

No segundo andar por trás da parte de vidro da fachada, está a Galleria Italia. A impressão que tenho ao percorrê-la é de estar dentro de um casco de navio. Não deixe de olhar a vista da rua. 

Olha o barrigão e a minha cara inchada!

Do lado de fora está a escultura Large Two Forms, de Henry Moore. Ela já está aí nesse local a 42 anos e agora o museu quer movê-la para o parque que fica atrás. A data prevista para a mudança é junho de 2017 mas já está gerando uma certa polêmica pois algumas pessoas acham que ela é um ícone aí, nesse local.

Atrás da galeria fica a escola de Arte e Design OCAD. E seguindo a rua, a CN Tower, que dispensa apresentações.

Imperdível também é o Grange Park, no fundo da galeria, onde dá pra ver o novo design e o antigo prédio da AGO. Parece até uma montagem de Photoshop mas não é.

Fonte: Style North

Fonte: AGO website

Antes da reforma, a parte de trás era assim.

Fonte: Wikipedia

Eu acho a AGO incrível e recomendo a visita para todos que vem em Toronto, pelas obras e pela arquitetura. Porém, se você estiver com crianças, leia as recomendações abaixo.

Uma nota para quem vai com crianças

Como disse antes eu gostei da galeria de arte e vale a pena ser visitada mas definitivamente não achei um lugar muito kid-friendly. Explico.

Lá dentro eles são super chatos e há uma série de regras em relação a o que pode carregar e como deve se comportar. Na. nossa visita os seguranças ficavam nos regulando e chamando a atenção para mostrar como carregar a bolsa. Como eu tinha a sacola de fraldas e a bolsa da máquina eles ficavam frenéticos dizendo que só podia carregar uma bolsa por pessoa. Me mandaram tirar. Fiquei com a bolsa da máquina e um cara veio reclamar que não podia carregar de lado.

Outra coisa que vale ressaltar é que não aceitam certos tipos de carrinho de bebê. Não pode carrinhos duplo ou com rodas largas. Sugiro dar uma olhada na página com as “regras da galeria” antes de ir (em inglês).

Conosco foram super rígidos apontando coisas que não podíamos fazer que nem estavam especificadas na lista negra de comportamento, só faltaram me mandar tirar a barriga 😉

Os banheiros que fui não eram equipados com trocador. A área que supostamente seria para crianças estava em reforma então não tenho como avaliar.

Onde é e quanto custa

– Website: http://www.ago.net

– Endereço: 317 Dundas St W, Toronto, ON M5T 1G4

– Ingresso: $19,50 (adulto), $16 (idoso), $11 (estudantes e jovens de 6 à 17 anos) e free para pimpolhos de até 5 aninhos. Exposições especiais são cobradas a parte. No meu caso foi free com o passe que peguei na biblioteca. Nas quartas feiras o ingresso é gratuito a partir das 18h.

– Como chegar: A estação de metrô mais próxima é a St. Patrick (que não é acessível para cadeirantes ou carrinhos de bebê). Use o Trip Planner do transporte público de Toronto (TTC) para planejar o roteiro. Estacionamento é na rua e sujeito a disponibilidade. Exitem alguns lotes de estacionamento perto da galeria.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. Janaliz disse:

    Oi Livi….
    Primeiramente, vc esta uma gravida muito linda….
    Que legal esse passeio cultural com Elena, eu fui duas vezes na AGO mas em nenhuma tive coragem pra levar o Gui afinal ate eu levei bronca pra nao por a mao nas esculturas ( que pra mim na verdade eram troncos de arvore com um buraco no meio rs) agora quem me diga ele que quer mexer em tudo…e correr pra todo lado.rs

    Saudade de vcs, espero ve-la ainda gravida….rs

    bjo

    • Livi disse:

      O povo lá é meio fresco mesmo, ficavam toda hora pedindo para carregar a bolsa assim ou assado. Elena não mexeu em nada, ela queria mesmo era ir embora rsrsrsrs. Tem uma área na AGO que é para crianças mas estava em reforma. Lá as crianças fazem várias atividades e podem mexer em tudo, reabrirá no verão. Espero também nos ver em breve. Bjs

  2. Gina disse:

    Oi minha linda, sua barriguinha ta uma beleza!
    Como o próprio nome diz, Toronto é “um lugar de encontro”, de vários povos, de várias culturas, arquiteturas e muito mais . Isso é o que dá o charme a essa cidade. Estou louca para rever tudo isso. E fotografar, claro! Quando o verão chegar só vai dar Elena e a Vovó, passeando por aí,rsrs. Bjão

  3. celmartin disse:

    Querida, você está linda e sua barriga também! guarda o que eu te digo, você vai ter saudades… da barriga e das pimpolhas pequerruchas. Passa muito rápido!
    Adorei o post do Ago e concordo com você. Que contraste entre o novo e o velho! Também gosto mais da arquitetura das antigas…
    E cá entre nós, depois de tanta obra de arte, Elena tem toda a razão, o bom é passear!
    bjs

    • Livi disse:

      Com certeza irei sentir muitas saudades das meninas pequenas, já estou sentindo de Elena. Quanto a barriga não sei não, tô doida é para nascer logo hehehe. A visita a AGO não foi um programa para Elena, ela queria mais era correr e mexer em tudo e lá não podia mesmo… Bjs

  4. Josane Mary disse:

    Oi, Tudo certinho?
    Encontrei o seu blog no ‘Mundo Pequeno’ e vim fazer uma visitinha! Muito bacana o post da AGO. (E a sua barriga na foto, está linda demais!)

    Também sou expatriada; sai do Brasil em 2000, e desde 2003, moro na Holanda. (O choque cultural existe e acaba sendo benéfico – de uma maneira ou de outra -. Sou da opinão que existem coisas boas e ruins em qualquer lugar do planeta! Nós é que temos que ressignificá-las à nossa moda!)
    Será uma alegria se visitar o meu cantinho virtual: http://josanemary.wordpress.com/mevrouw-jane/

    Tenha um ótimo dia de primavera, aí no Canadá!
    Grande abraço!

    • Livi disse:

      Oi Josane,
      Seja bem vinda, concordo com o que disse e já estou clicando no link do seu blog. É sempre bom compartilhar experiências com outros expatriados. Grande abraço!

  5. Sami disse:

    O lugar é realmente interessante,e pra mim também parece um navio enorme!rs
    O barrigão ta uma beleza!Essa semana eu dei uma enxada feia,não sei se foi por causa da alergia que me deixou de cama a semana toda e não estava me alimentando direito,comendo só marmita porque não estava aguentando cozinhar e marido não sabe fazer naaada na cozinha…
    Dá uma olhada nesse vídeo,umas idéias ótimas pra animar a fazer sapatinhos e tiarinhas pra bebê!!Aprendi a fazer o trançado das tiaras,muito fofo!
    Bjinhos

Deixe um Comentário