Brincadeiras de criança comuns no Canadá

Eu sempre escrevo no blog sobre diversos aspectos de ser mãe no Canadá. Já falei sobre escolas, educaçãodesafios, bilinguismo, inverno… e hoje vou falar de brincadeiras comuns entre as crianças daqui. Mas não vou falar de eletrônicos, esportes que todos já conhecem (como futebol ou bicicleta), brincar no parquinho ou fazer pequenos artesanatos em casa, apesar de serem coisas que as crianças daqui adoram fazer. Decidi falar daquelas brincadeiras tradicionais ou “old fashion”, digamos assim, aquelas que a gente também brincava na nossa infância. E vale lembrar que as crianças brincam de quase tudo isso mesmo no inverno, dentro do ginásio da escola ou do lado de fora se não tiver neve e frio intenso (-15°C para pior).

Esse tema foi escolhido para o Projeto Mães no Canadá desse mês e achei super legal. Consultei as experts daqui de casa, com 7 e 9 anos, que me deram uma lista enorme. Já conhecia alguns desses jogos de tanto vê-las brincar, mas confesso que não sabia com detalhes as regras de cada um. Depois de escrever esse post descobri que mesmo morando em países diferentes há muitas semelhanças com as brincadeiras que eu brincava na minha infância, lá no Brasil

Four Square

Uma das brincadeiras favoritas das minhas filhas na escola e é tão popular que a diretora mandou pintar um quadrado no chão para facilitar. Mas o campo pode ser facilmente desenhado usando giz.

O quadrado tem 2m x 2m e a parte interna é dividida em 4 partes iguais. Cada quadrado menor é numerado de 1 à 4 ou usando letras. Cada jogador fica dentro de um quadrado e o número 1 começa. É preciso quicar a bola uma vez no seu quadrado e bater com a mão para que ela vá para outro quadrado qualquer. A bola deve quicar uma vez e o próximo jogador rebate para outro. Se a pessoa bater errado ou fora do campo, está fora., Se o outro jogador não conseguir rebater a bola ou deixar quicar mais de uma vez em seu quadrado, também está fora.

O jogo é bem divertido e rápido. Quando um jogador é eliminado, outro entra no lugar. Se todos sairem e restar apenas 1, ele será o vencedor mas normalmente a criançada fica brincando sem parar e não há vencedores.

Foto: Valtech Sweden

Dodgeball

Bem parecido com o nosso baleado ou queimada, com algumas variações nas regras. Aqui, ao invés de uma bola, eles jogam com várias. Como as meninas geralmente brincam na escola eles só permitem 3 para o jogo não sair do controle. As bolas ficam alinhadas no meio do campo e os jogadores ficam na linha de fundo do seu campo. Quando o jogo começa todos correm para pegar uma bola e começam a jogar nos adversários. Se a bola bater na pessoa, ela está fora, se ela conseguir agarrar, quem jogou sai. O objetivo do jogo é eliminar todos os jogadores do time adversário. Outra regra na escola é só acertar o adversário da cintura para baixo, mas isso é só para evitar machucados mesmo.

Foto: Flickr

Hide and Seek

O tradicional esconde-esconde tem várias versões e vai de acordo com quem está brincando ou o local. Já ouvi falar de regras similares as que conhecemos no Brasil mas as meninas brincam um pouco diferente. Aqui, uma vez escondidas, as crianças não podem sair do lugar mesmo se o “it” (pessoa que está procurando) estiver vindo. O primeiro a ser encontrado será o próximo “it” e não existe a possibilidade de salvar todos no final. O jogo recomeça quando a última pessoa for encontrada.

Brincadeiras

Manhunt

Brincadeira que as meninas adoram e brincam todos os dias na escola, afinal quanto mais participantes, melhor. É uma espécie de esconde-esconde só que toda vez que o “it”, encontra uma pessoa, ela tem que ajudar a encontrar os outros. No manhunt podemos correr quando o “it” ou seu time está se aproximando e só nos juntamos a ele se alguém conseguir nos pegar. OU seja da para fugir e se esconder em outro lugar. O jogo prossegue até restar apenas uma pessoa a ser encontrada. Essa pessoa escolhe o próximo “it” e a brincadeira segue. Há outras variações de manhunt, essa que contei é apenas uma delas.

Tag

Similar a nossa picula, onde um pegador sair correndo atrás dos outros. O jogo pode ser simples, do tipo quem for pego passa a ser o pegador ou pode ter algumas regras para dificultar, como uma parede onde quem está correndo pode descansar por alguns segundos. Algumas escolas proíbem a brincadeira por risco de acidente.

Cops and robbers

Variação do tag mas nessa brincadeira os jogadores ficam em dois grupos, o de policiais e o de ladrões. Quando um policial toca um ladrão ele vai para a cadeia. O objetivo do jogo é capturar todos os ladrões. As regras vão de acordo com quem está brincando e as vezes um ladrão que ainda não foi capturado pode tocar num colega que está preso para ajudá-lo a fugir da cadeia.

Street Hockey

Apesar das minhas meninas não brincarem disso não podia deixar de mencionar um costume tão clássico dos meninos canadenses que é jogar hockey na rua. Eles jogam com uma bola, tacos e rede para o gol. Lojas, como Canadian Tire, vendem kits para street hockey. Em Toronto a prática está menos comum e já não vejo tanta gente assim brincando, como via antes.

Concentration 64

Um jogo para exercitar a memória e a concentração, onde duas pessoas batem as mãos, cantam uma música e escolhem uma categoria para citar palavras. Por exemplo, frutas, ou nomes que começam com uma determinada letra. Os jogadores se alternam e o primeiro a repetir ou não conseguir falar, perde. Elas adoram brincar desse joguinho quando fazemos viagens longas de carro.

Concentration
Sixty-four
No repeats
Or hesitations
I’ll go first
You’ll go second
Category is…

Hopscotch

Igual a nossa amarelinha, minhas filhas brincavam bastante antes mas de um tempo para cá pararam.

Brincadeiras para crianças mais novas

Achei que valia mencionar mais algumas brincadeiras que minhas filhas gostavam na época do jardim de infância.

Duck, duck, goose

As crianças sentam no chão, formando um círculo, uma outra fica em pé atrás e vai andando. Ela precisa tocar e dizer duck para cada um que está sentado. Quando ela gritar goose, precisa correr e a pessoa que estava sentada precisa pegá-la. Se ela conseguir dar a volta e sentar no lugar do que levantou, está salva. Essa brincadeira é igualzinho ao chicotinho-queimado só que ao invés de colocar um objeto para identificar quem vai correr, eles falam.

Doggy Doggy where is your bone?

Um grupo de crianças sentam em círculo e outra senta, de olhos fechados, no meio da roda. Todas cantam a musiquinha abaixo enquanto passam um objeto de uma para o outra. No fim da música quem está no meio tem 3 chances para adivinhar quem ficou com o objeto. Se ele acertar continua no meio, senão quem está com o objeto vai para o meio.

Doggy, Doggy, where’s your bone?
Somebody’s stole it from your home.
Guess who, it might be you.

Hot Potato

Similar ao jogo do “lá vai a bola” só que aqui geralmente eles colocam uma música tocando enquanto as crianças passam uma bola ou outro objeto. Quando a música para, quem está com a batata quente na mão, é eliminado. Tem uma variação onde as crianças cantam uma musiquinha mas nunca vi minhas filhas cantando.


Outras blogueiras do projeto

Agora confere o que as outras mães do projeto falaram sobre as brincadeiras. Ah e esse mês temos mais uma participante, a Danielle do blog Vidal Norte, que mora aqui em Toronto.

Adriane | Like a New Home
Alessandra | Alicia e outros Papos
Alessandra | Canadiando
Beatriz (ou Biba)| Biba Cria
Carol | Fala Maluca
Danielle Vidal | Vidal Norte
Gabriela | Gaby no Canadá
Mariana | De Bem Com a Vida

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Juliana Aparecida disse:

    Oi boa noite, gostaria de saber a origem sobre a brincadeira Slep Canadense, que envolve raciociocinio lógico e concentração. Vi um vídeo e achei interessante fazer um yrabtrab sobre.
    Obrigada.
    Aguardarei sua resposta.
    Atenciosamente,
    Juliana

    • Livi disse:

      Oi Juliana,

      Eu não conheço essa brincadeira. Perguntei as minhas filhas e elas também não conhecem.
      Eu moro em Toronto, talvez seja uma coisa mais comum em outra região.
      Desculpa mas não poderei te ajudar dessa vez.

  2. Nossa, Livi, foi muito gostoso ler seu post, para me preparar pra quando a Alicia estiver nessa idade, não vou mais ficar viajando nas brincadeiras! Muito gostoso, adorei!

  3. VidalNorte disse:

    Tantassss coisas que eu nem tinha ideia!! Adorei seu post Livi! Obrigada por compartilhar tantas dicas e logo logo eu e a Livia estaremos brincando disso tudo hehehehe beijosss

Deixe um Comentário