Maraú com crianças: Taipu de Fora

taipu-de-fora-7No segundo dia da nossa viagem a Península de Maraú fomos conhecer Taipu de Fora, a atração mais badalada da região. A praia de água cristalina e areia dourada é uma das mais belas do Brasil! Gostamos tanto que voltamos no dia seguinte. Não é um local para quem busca luxo e conforto é lugar para descansar, apreciar a natureza e o jeito desacelerado das pessoas levarem a vida.

Como Chegar

A praia fica localizada a 5 km da vila de Barra Grande e é só pegar um dos taxis ou “jardineiras” que fazem o trajeto pela estrada de terra. As jardineiras são caminhonetes com bancos de ferro adaptados na carroceria e sem nenhuma proteção dos lados. A viagem até a praia é bem sacolejante e não achei seguro o tipo de transporte oferecido, especialmente para crianças, por isso esperávamos as que tinham cabine dupla para que as meninas fossem dentro. Cada trecho custa R$10 e crianças até 6 não pagam. Os taxis custam em torno de $60 por trecho. Os mais aventureiros podem também caminhar uns 8 km pela praia até chegar nas piscinas naturais.

Taipu de Fora

Toda a praia tem mais de 7 km de extensão e na maré alta não parece ter nada de extraordinário mas a medida que a maré vai baixando começam a aparecer as piscinas naturais, que se formam no meio dos recifes de corais, num trecho de 1 km. A água transparente, os corais e a fauna marinha riquíssima fazem de lá um lugar perfeito para quem gosta de mergulhar ou fazer snorkel.taipu-de-fora-11taipu-de-fora-2taipu-de-fora-3taipu-de-fora-4taipu-de-fora-1

O bom é chegar cedo e evitar a multidão de gente que começa a chegar no fim da manhã. A maioria das pessoas ficam do lado esquerdo da piscina mas do lado direito os peixes ficam mais na beirada e a piscina é melhor para mergulhar, segundo os que fizeram snorkel. Eu fiquei com as meninas na beira da praia aproveitando a tranquilidade.

taipu-de-fora-9taipu-de-fora-8taipu-de-fora-6taipu-de-fora-5

Ah e antes que alguém me pergunte, existe uma certa confusão em relação ao nome da praia, uns chamam de Taipus e outros de Taipu, mas o segundo é o correto. A infra-estrutura é simples e pé na areia, os poucos restaurantes ficam na beira da praia, funcionando durante o dia e fechados a noite. Há também algumas lojinhas na rua principal que vendem souvenirs, remédios simples, produtos de higiene pessoal e protetor solar.

Como somos farofeiros econômicos, levamos um monte de lanches e uma garrafa térmica com água. Só compramos acarajé porque é item de primeira necessidade para um baiano na praia. Deixamos para almoçar mais tarde na vila de Barra Grande, onde o preço era bem mais convidativo.taipu-de-fora-10taipu-de-fora-12

É preciso ter muito cuidado com a preservação do local, por isso não é permitido andar nos recifes e nem arrancar nada. Há também algumas placas na praia pedindo que as pessoas recolham o próprio lixo mas ainda assim vi muita gente deixando sujeira para trás e um dos nativos reclamando que alguém tinha arrancado um coral super raro. Por favor gente, isso é senso comum, visitem sem destruir!

Para aproveitar o máximo de Taipu de Fora, antes de definir o dia da viagem pesquise o horário que a maré estará baixa. Nós gostamos de ir a praia de manhã então escolhi dias que a maré estaria baixa lá para as 10-11. Assim daria para aproveitar algumas horas antes e depois da baixa-mar, ou seja, maior parte do dia. Para melhorar ainda mais, era lua cheia e portanto a maré ficou bem seca. Nas semanas de lua cheia e nova acontecem as marés de sizígia, ou simplesmente marés vivas, onde a maré cheia é mais cheia e a baixa mais baixa. Então não esqueça, olhe a maré e depois marque a pousada!

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Ana disse:

    Nossa, Livi, que paraíso esse lugar! Cada lugar lindo que vocês visitam lá na terrinha, viu? Delícia!

  2. Lis disse:

    Ai que fotos lindas!! Que lugar espetacular!! =) Adorei matar saudades do calor e da praia!

Deixe um Comentário