Como é morar em Ottawa, Ontário – Perguntas e respostas

Em mais um post da série Como é morar no Canadá, a Nanda, do blog Sala da Nanda, vai contar um pouco sobre Ottawa, na província de Ontário. Depois não deixem de acompanhar o Instagram @Sala_Nanda_Canadá para conferir mais dicas sobre o dia a dia na capital canadense.

Se apresente.

Sou a Nanda Holt do blog Sala da Nanda no Canadá. Jornalista e Secretária, nascida e criada em São Paulo, capital.

Desde 2013 eu moro no Canadá com meu marido. Nos imigramos pelo processo de Skilled Workers da província do Quebec. Chegamos como residentes permanentes em Montreal, onde vivemos 5 anos, e há um estamos morando na capital do país, Ottawa. Faz poucos meses que nos tornamos cidadaos canadenses.

Quem mora com você?

Moro com meu marido Arthur e o nosso filho Cesar de 4 anos. Temos também um gatinho, o Smokey.

Fale um pouco sobre a sua cidade.

Acho que pelo fato de eu ter vindo de uma cidade grande no Brasil, vejo a cidade de Ottawa como pacata. Para se ter uma ideia, apenas nesse ano – 2019 – que a cidade alcançou 1 milhão de habitantes.

Mas, apesar do clima rural, a capital conta com toda a variedade de comércio e serviços. Alem de ter ótimos museus, parques e até mesmo praias de água doce, como a bela Mooney’s Bay Beach.

Como é o clima?

Olha, o clima é intenso. No verão são muitos dias que marcam 30 graus. Mas, o inverno é longo e rigoroso, com temperaturas de menos 30, muita neve e chuva congelante.

O lado bacana é o de viver num lugar que tem todas as estações do ano bem definidas. Ficamos ansiosos pelas flores na primavera, e o outono é maravilhoso com as folhagens entre tons de amarelo, laranja e vermelho.

Por que escolheu essa cidade para morar? Caso tenha morado em outra cidade canadense antes, o que te levou a se mudar?

Nós morávamos em Montreal e foi ótimo para o nosso começo de vida em outro país. Mas, quando o nosso filho alcançou a idade escolar, a questão cultural e linguística  acabou pesando.

Na escola pública, o nosso filho seria educado em francês e imerso na cultura francófona, da província de Quebec.

Convivíamos com a rivalidade entre francos e anglos e preferimos trazer nossa familia para uma “zona mais neutra”. Foi assim que decidimos pela cidade de Ottawa na província de Ontário. Aqui optamos por uma escola do board Católico (OCSB), onde ele recebe uma educação bilíngue, nas duas línguas oficiais do Canadá.

Que tipo de imóvel você mora? Foi difícil encontrar?

Atualmente moramos em uma casa própria. Foi relativamente fácil de encontrar com a ajuda de um agente imobiliário. Ela é estilo bungalow (com 2 andares: térreo e basement), tem 5 dormitórios, 2 banheiros, lavanderia e garagem.

Em Montréal, primeiro alugamos um condo em um triplex, depois mudamos para um apartamento, e aí fomos por duas townhouses (com andares superior, térreo e basement), sendo uma alugada e depois uma própria.

Qual é o preço médio de aluguel de um imóvel similar ao seu?

Na região onde moro (Nepean / Bells Corners) vemos poucos imóveis para alugar. Mas um vizinho esta pedindo 2 mil dólares pelo aluguel de somente a parte térrea. Nessa área as propriedades custam entre 450 mil a 650 mil. Tudo depende se a casa foi reformada ou não. Renovações na cozinha e banheiro são as que mais aumentam os valores dos imóveis.

Como é o transporte público da sua cidade? Dá para se virar sem carro?

Eu acho que o transporte público oferecido pela OC Transpo deixa a desejar. São poucos os trajetos que valem a pena serem feitos de ônibus. Por exemplo, para o meu trabalho, se eu quisese ir de transporte público, eu precisaria pegar 3 ônibus. Num trajeto que de carro faço em 30 minutos.
Está previsto que em breve será inaugurado o light rail transit (LRT) e espero que isso traga melhorias para a cidade.

Como é o custo de vida?

Sobre custo de vida eu acho bom. A capital do pais é dita como uma das melhores em custo de vida para região metropolitana no Canadá. Com a Hydro Ottawa (eletricidade) gastamos em media 70$, de gás 110$ e com a provedora de TV a cabo e internet 120$. O passe mensal de onibus é 116,50$.

O que acha das escolas ou creches? Foi difícil a adaptação das crianças?

Ottawa tem ótimas opções de escolas. A maioria dos bairros são servidos pelos 3 boards públicos: O OCDSB; o Católico Bilíngue – OCSB e o Católico Francófono – CECC.

A adaptação do meu filho foi excelente. Ele vinha de uma garderie (escolinha) francófona em Montréal e rapidamente se desenvolveu no inglês. Achei o acolhimento e a cultura da escola maravilhosa desde a primeira visita, sempre muito inclusiva.

Estamos bastante satisfeitos!

Foi muito difícil encontrar trabalho?

Para o meu esposo que é de TI, ele sempre teve facilidade em conseguir emprego. Já.
para mim que era de comunicação foi difícil e optei por uma nova formação. Cursei Secretariado em Montréal e, com um diploma local, foi bem mais fácil me colocar no mercado de trabalho. Depois mudando para Ottawa tive que melhorar minhas habilidades no inglês para conseguir me recolocar. Meu esposo também conseguiu outro trabalho na área de TI.

Pontos positivos e negativos sobre morar nessa cidade.

Positivos:
– Contato com a natureza com praias e trilhas;
– Ampla escolha para educação (qualidade e variedade de escolas e universidades);
– Ótimo sistema de saúde (bons hospitais e facilidade de acesso aos médicos);
– Proximidade com a cidade de Gatineau para usufruir do charme francês.

Negativos:
– Transporte público insuficiente;
– Ausência de comércios subterrâneos (faz muita falta no inverno);
– Pouco acesso a produtos e a restaurantes brasileiros.

Que conselho, ou dica, você daria a alguém que esteja pensando em morar nessa cidade.

Essa é uma cidade muito bacana para famílias com crianças que gostem de curtir a natureza e de fazer programas culturais. Ótima para pessoas que procurem tranquilidade, segurança e acesso a educação pública. Mas, acho que é pacata demais para pessoas que apreciam uma vida noturna agitada. Praticamente só tem a região do Byward Market para passear.

Se quiser saber mais sobre Ottawa terei prazer em te ajudar. Pode entrar em contato comigo pelo Instagram @Sala_Nanda_Canadá e dizer que veio pelo blog Baianos no Polo Norte!

* Fotos sem logomarca do blog são do arquivo pessoal da Nanda.


Se você mora em alguma outra cidade canadense e gostaria de participar desse projeto, me manda um email no baianosnopolonorte arroba gmail ponto com (escrevi assim senão fico recebendo um monte spams). Vou dar preferência a quem possui um blog, canal no Instagram ou YouTube, sobre o Canadá. Mas não é obrigatório.

Outros posts já publicados:

Como é morar em Toronto (ON)

Como é morar em Mississauga (ON)

Como é morar em Bathurst (NB)

Como é morar em Victoria (BC)

Como é morar em Halifax (NS)


Esse projeto foi inspirado em outros posts similares, que recomendo a leitura

– Blog Colagem – Como é morar nos EUA
– Blog Canadiando – Imigração Canadense: Você conhece  bem o país que deseja morar?
– Expat Arrivals – Q & A about moving to Toronto
– Morar em Portugal – Perguntas e respostas sobre morar em Portugal.
– Blog Mapa de Londres – Como é morar em Londres

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Elane Dutra disse:

    Livi, Boa tarde!
    Obrigada pelos posts!!! Estou amando cada um. É bom saber a experiência de cada família que mora em diferentes cidades aí do Canadá!

    Bj!

Deixe um Comentário