Programas do governo para crianças em idade não escolar

oeycEstou sempre falando sobre educação e escolas no Canadá aqui no blog mas ultimamente tenho recebido muitas perguntas sobre que tipo de programas o governo oferece para as crianças que ainda não vão para a escola. Não estou falando de creches e sim de programas direcionados aos pais que estão em casa com os filhos e buscam uma alternativa que promova a socialização e ajude a preparar as crianças para a vida escolar.

Deixo aqui minha recomendação de 4 programas disponíveis em toda a província de Ontário. Com excessão do Parenting and Family Literacy Centre, que não conhecia na época, usei todos os outros e achei o máximo. Essas atividades foram importantes para mim também pois pude compartilhar experiências com outras mães.

Early Years Centres

programas-infantis-1

Os Early Years Centres são locais onde crianças e pais participam de atividades juntos. Além da programação estruturada, repleta de atividades lúdicas eles oferecem sessões informativas com palestras para mamães e papais. Apesar de seguirem a mesma linha eles oferecem programas diferentes em cada centro. Todas as atividades são gratuitas e postadas num calendário mensal. Não é preciso se registrar para ir com as crianças. A idade máxima permitida é 6 anos mas a maioria das pessoas levam as crianças de 4 anos ou menos.

Programas na Biblioteca

As bibliotecas oferecem vários programas gratuitos para crianças até 5 anos, entre eles: Baby Time, Toddler Time, Story Time e Family Time. É preciso se registrar pois as vagas são limitadas. As crianças ouvem histórias, cantam músicas e fazem atividades manuais.

Saiba mais sobre outros benefícios oferecidos pela Biblioteca de Toronto.

Parenting and Family Literacy Centres

parentingandfamily

Esses programas acontecem dentro de algumas escolas e são alinhados com o currículo do Kindergarten. Os pais participam de toda a rotina e eu acho uma oportunidade perfeita para aprender um pouco como as escolas funcionam, além de familiarizar a criança com a rotina escolar. Não é preciso se matricular, é um programa tipo drop-in.

Veja a lista das escolas públicas participantes em Toronto e demais cidades de Ontário.

Centros Comunitários

Eu já falei sobre os centros comunitários nesse post, inclusive sobre como se matricular. As crianças acima de 2,5 anos tem mais opções e podem ir sozinhas em vários programas. Para as crianças menores geralmente é necessário a presença de um adulto responsável.

Mas além desses programas pagos, há uma opção gratuita de drop-in Indoor Play With Caregiver, ou seja, basta chegar nos horários pré-determinados para participar da brincadeira. Um dos pais, ou adulto responsável, precisa ficar com a criança. Geralmente os monitores escolhem um tema para a brincadeira e selecionam os brinquedos que ficarão disponíveis. É muito legal também para conhecer outras mães na comunidade. Veja a lista completa com os horários aqui.

Todos esses programas estão disponíveis para qualquer pessoa, independente da situação imigratória.

E você, já usou algum desses serviços? O que acharam?

Fonte: A primeira e a última foto do post são de divulgação do OEYC e Essex Parenting and Family Literacy Centre, respectivamente

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

12 Resultados

  1. Priscilla S disse:

    Olá adorei o seu blog acabei de conhecer. Eu estudei inglês em Vancouver em 2013. Lá morava pertinho de uma public library e comunity Center e fiquei impressionada com as atividades. Agora eu e meu marido temos uma baby de 7 meses e estamos pensando muito em imigrar pro canada, tanto pela qualidade de vida como pela educação da nossa filha. Aqui não tem nenhum tipo de atividades assim com bebês. Moro numa cidade pequena no Paraná, na capital tem opções mais todas pagas, ex musicalização e notação, ,as em cidades menores nem isso. Adorei esse post e estou lendo outros. Tá estamos planejando de ir de férias agora em outubro pra região leste, Toronto, Quebec, Montreal. Ainda não decidimos se vale a pena viajar com a baby, se não vai ser me cansativo e se vamos condeguir aproveitar bem com ela, já que não conhecemos essa região.

  2. Germano disse:

    Boa tarde Livi ,eu tenho uma filha de 4anos e 3meses e outro 7anos e 5meses, qual seria a alternativa de estudos para eles? estamos indo agora em Fevereiro 2017 até Agosto e quem sabe fazer o college ,ficaremos em Toronto

    grande abrc e seu blog esta sendo de grande ajuda

    • Livi disse:

      Oi Germano,
      Que tipo de visto vcs tem?
      Dependendo, seus filhos podem entrar na escola mesmo no meio do ano letivo. No verão a opção nessa idade é summer camp.
      Abs

  3. valquiria disse:

    Boa tarde Livi, estamos pensando em migrar em Janeiro de 2017, pois estamos juntando mais dinheiro para partir. Eu e meu esposo temos um filho de 2 anos. Toronto não tem creche pública? Estamos pensando em ir com visto de estudante e tentar trabalho aí. Posso trabalhar com visto de estudante?

    • Livi disse:

      Oi Valquiria,

      Se o seu visto de estudante te der permissão de trabalho, pode sim. Aqui mesmo as creches do governo são pagas, moradores podem se inscrever para tentar o subsídio mas não tenho certeza se estudantes podem.

  4. Olá Livi! Estamos planejando ir para Toronto ano q vem e a nossa pequena estará com 3 anos. Até onde eu pesquisei, teríamos apenas opções particulares, caso decidirmos trabalhar e estudar full time? Vc tem ideia do custo das creches ou escolinhas particulares? Obrigada!

    • Livi disse:

      Oi Marcitta,

      Uma pergunta: que ano a sua filha completa 4 anos? Se ela completar no ano que vem, pode entrar na escola em setembro. Mesmo que o aniversário seja em dezembro, por exemplo.

      Caso contrário você só tem a opção de creches, escolas privadas ou babás. O valor de creche em Toronto é $72 por dia para criança na idade da sua filha, podendo ser mais em creches particulares. Claro que esse custo diminui bastante se você conseguir o subsídio.

      Abs

  5. Beatriz disse:

    Livi, muito obrigada pelo post. Adorei !

  6. Flávia disse:

    nossa, que show de bola Livi!!! nossa, aqui no Brasil padecemos com crianças dessa idade e as mais velhas também, complicado atividades para crianças aqui.

    Livi, como você classifica a educação pública canadense? é boa, ou ruim?

    bjs e obrigada
    P.S. adorei o post

    • Livi disse:

      Oi Flavia,

      Minhas filhas sempre estudaram aqui então não tenho muita base de comparação. Se eu compara-las com crianças da mesma idade no Brasil elas sabem igual ou até mais.

      Apesar de muitas pessoas reclamarem que o ensino daqui é ruim, eu não acho. Podia melhorar em alguns pontos, como ter um currículo mais puxado, por exemplo. Mas no final das contas o que faz a diferença é o suporte que nós damos em casa.

      Outro fator que acho importante ressaltar é que a maioria das pessoas comparam as escolas públicas daqui, com as particulares no Brasil. Para sermos justos deveríamos comparar pública com pública e particular com particular.

      Abs

Deixe um Comentário