Canadá agora tem declaração eletrônica para visitantes

Das últimas vezes que nós viajamos para fora do Canadá enfrentamos filas enormes na volta para podermos entrar no país. O fluxo de pessoas passando nos aeroportos canadenses está cada vez maior e as filas também. Para tentar agilizar o processo, foram instalados alguns quiosques que fazem a leitura da declaração de entrada no país para quem é residente. Isso melhorou um pouco a situação pois os residentes podiam preencher a declaração no papel e depois usar um dos quiosques para scanear o passaporte ou cartão de residente (PR). Mas não resolveu o problema porque os visitantes continuaram tendo que preencher o formulário e pegar uma fila separada para conversar com um oficial que controla a fronteira do Canadá.

Mas a partir de março de 2017 a CBSA (agência que controla a fronteira canadense), vai instalar novos quiosques nos maiores aeroportos do Canadá para que todos possam preencher a declaração de entrada no país eletronicamente, ao invés de preencher num papel. Esses quiosques são similares aos usados em alguns aeroportos americanos, como o de Miami e New York. O primeiro aeroporto a receber a regalia foi o de Ottawa. Já está disponível também em Vancouver e no terminal 3 do aeroporto Pearson, em Toronto.

Para facilitar ainda mais a nossa vida, eles também fizeram um aplicativo chamado eDeclaration,  para preenchermos tudo pelo celular.

Quem vai poder usar os novos quiosques?

Qualquer viajante que chegar no Canada de avião, exceto menores desacompanhados, pessoas que não possuem passaporte eletrônico e diplomatas.

Foto: Calgary Sun

Como usar os quiosques

A declaração no quiosque pode ser feita para até 5 pessoas de uma mesma família. Para usar basta scanear o passaporte, a máquina vai puxar suas informações pessoais, tirar sua foto e mostrar algumas perguntas na tela. Depois de responder, é só repetir os passos com todos os membros da família. As perguntas são iguais as que constam na declaração de papel.

No fim a máquina vai emitir um recibo para mostrarmos ao agente na fronteira.

Como usar o aplicativo

Se quiser facilitar sua vida, baixe antes de viajar e crie um perfil para cada viajante. Depois é só responder as perguntinhas e gerar um código de barras. Esse código será scaneado nos quiosques e é válido por 24 horas.

Baixei para testar e achei bem fácil de usar.  Qualquer um pode baixar o aplicativo e dar uma olhada como funciona.

Lembrando que o serviço só está disponível nos aeroportos que receberam os quiosques para processar as informações. Na verdade o aplicativo nem vai te deixar fazer a declaração se ela não puder ser processada no destino. Por enquanto só quem chega em Ottawa pode utilizar mas já já os maiores aeroportos do país vão poder contar com essa vantagem.

Os visitantes ainda precisarão conversar com os oficiais da CBSA antes de entrar no Canadá mas a nova mudança promete reduzir o tempo de processamento de cada viajante em 50%.  Nada mal!


Veja outros posts sobre alfândega e fronteira no Canadá

Guia sobre a alfândega canadense

Um oficial de imigração canadense pode pedir para olhar celulares?

Alimentos para bebês no Canadá e o que podemos trazer do Brasil


Foto inicial do post: domínio público

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

Deixe um Comentário