Blogagem Coletiva: #protestomaterno Mães unidas por um Brasil melhor (revisado)

olhosParticipando da blogagem coletiva do Protesto Materno.

“O Protesto Materno surgiu da vontade de mães fazerem algo pelo país, já que nem todas podem ir para as ruas com o seu filhote. O movimento começou com a adesão de mães blogueiras (mais de 150), que postam em seus blogs nessa sexta-feira suas visões e opiniões sobre o movimento legítimo e democrático que toma conta das cidades! O protesto reúne outras centenas de mães conectadas – que já estão divulgando o manifesto virtual via redes sociais – e as que decidiram levar essa união materna de volta para as ruas.

O intuito é engrossar as manifestações pacíficas que estão acontecendo pelo Brasil, apoiando mudanças além dos 20 centavos e que, sem dúvida, podem fazer da nação verde-amarela um lugar melhor para nossos filhos. Lutamos por educação, saúde, segurança, menos impostos, um basta a corrupção e impunidade.

Nem precisa ser mãe para divulgar o banner e a tag #protestomaterno, criados para representar a iniciativa – que pertence a todas as famílias brasileiras! Mas que fique claro; isso não é apenas a circulação de um banner bonitinho; é a união de pessoas realmente preocupadas com o futuro dos filhos!

Já são mais de 150 blogs maternos participantes, com o apoio de movimentos nas ruas de várias cidades. Nesta sexta-feira, às 10 horas da manhã, haverá um twitaço para balançar esse país!

Porque quem disse que mãe só entende de fralda?! Mãe entende do futuro dos filhos e quer o melhor para eles! Vem com a gente! Ajude, compartilhando, escrevendo, divulgando os links e acompanhando pela tag #protestomaterno! Também usamos #mudaBrasil #acordabrasil #vemprarua #ogiganteacordou.”

Venho acompanhando os protestos no Brasil, assim como qualquer outro brasileiro mundo afora (imagino eu) e queria dividir minhas humildes opiniões. Vou logo avisando para não esperar um texto maravilhosamente escrito e politizado, aliás essa será uma das poucas vezes que vou falar de política aqui.

Hoje pela manhã estava assistindo o jornal da TV local e em poucos segundos o jornalista comentou que mais de 1 milhão de pessoas foram as ruas no Brasil, que a presidente convocou uma reunião com seus assessores e que não sabemos exatamente o que eles reivindicam. Na hora fiquei mordida e fui procurar a notícia no site da emissora já imaginando escrever uma carta explicando as razões do protesto para o gringo entender. A matéria no site é um pouco mais completa e fala sobre as manifestações que estão ocorrendo nas cidades, mostra depoimentos/ opiniões de alguns manifestantes e explica que apesar de tudo ter começado por causa do aumento da tarifa de ônibus muitos acreditam que os protestos continuam por outras razões. Um brasileiro entende sem precisar de explicação que razões são essas, o resto do mundo não. É apenas o povo de saco cheio de tanta injustiça, corrupção e falta de respeito. UPDATE: Aqui no Canadá a cobertura dos protestos, até o momento, é ridícula!

Acho que o movimento precisa de liderança e as pessoas de um pouco mais de informação e opinião própria. Em algumas cidades as pessoas foram as ruas, marcharam até um determinado lugar e depois foram para casa sem saber o que fazer. Muitas pessoas levam cartazes “Diga não a PEC 37” sem nem saber do que se trata, apenas porque todos estão dizendo que não é bom então não deve ser mesmo. Não estou dizendo que devemos ser contra ou a favor e sim que precisamos nos informar antes de formar uma opinião. Se alguém te perguntar por que você é contra (ou a favor) de alguma coisa saiba responder e argumentar.

Um manifesto sem um objetivo definido é condenado ao não ir a lugar algum. O gigante acordou da inércia mas precisa de direção ou voltará a dormir. O brasileiro antes de mais nada precisa passar por uma revolução interna, querendo dizer dentro de cada um. Mudar sua forma de pensar e de ver o mundo a sua volta ou vai continuar gerando políticos de m**da que representam o que a maioria pensa ou faria se estivesse no mesmo lugar. Quantas vezes você já ouviu alguém dizer que queria ser político para ter as mesmas regalias e não pela vontade de querer mudar? Pense nisso. O que a presidente disse em relação aos professores vale para os políticos: deviam fazer por amor e não pelo salário. Umas das primeiras coisas na pauta de exigências, em minha humilde opinião de quem não entende bulhufas, seria cortar o salário deles.

Também não sou a favor dos que se aproveitam do protesto para aparecer ou fazer vandalismo. Nem entendo a razão da polícia reagir com tanta violência, afinal de contas antes de serem policiais são brasileiros. Estão ali para manter a ordem e preservar o patrimônio não para atacar a população.

O futuro é de todos! Mais uma vez, a mudança precisa vir de dentro. Talvez esses protestos sejam o primeiro passo. Ou será que teremos uma nova “Revolução do Bichos”?

UPDATE: O anarquista aqui de casa (marido) está se roendo para ir para o Brasil protestar também 🙂

Imagem: Se alguém souber o autor da imagem me avisa para eu colocar o crédito.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Ana disse:

    Livi, eu não participei da blogagem coletiva. Fiquei meio anestesiada nas últimas semanas com tudo isso. Concordo com seu ponto de vista. Eu tava vendo tanta manifestação, tanta garra desse povo, mas depois de um tempo virou oba-oba, sem sentido, sem direção, como você disse. Realmente é triste de ver, e infelizmente não sou muito otimista não. Porque, como você disse, o povo é que tem que mudar também. E fica um círculo vicioso que não tem fim. Pena, viu? Se tivesse esperança que o nosso país mudaria, não teria saído de lá…

  2. Mamãe Nádia disse:

    Oi!!! Que saudades de passar no seu blog! Fiquei mais de duas semanas ausente do mundo bloguístico, pois estava me adaptando ao meu novo emprego, mas agora quero retomar minha vida de blogueira! Hoje tirei uma horinha pra visitar os blogs amigos e matar a saudade do seu blog.
    Nos veremos em breve, não vou sumir de novo…
    Ah, e tem post novo lá no meu blog!
    Beijos!

  1. 25/06/2013

    […] Sexta-feira (21/06), houve uma blogagem coletiva do universo materno e eu recomendo pra vocês a leitura de duas blogueiras em particular: “O Brasil acordou: protesto materno” do blog Botõezinhos e “Blogagem Coletiva: #protestomaterno Mães unidas por um Brasil melhor” do blog Baianos no Polo Norte. […]

Deixe um Comentário