Washington DC: Cemitério de Arlington, Lincoln Memorial e Tidal Basin

Tentamos aproveitar o máximo nosso último dia em Washington DC. Mesmo escolhendo a dedo o que iríamos visitar sabíamos que não ia dar pra ver tudo. Mas no fim tivemos uma surpresa e conhecemos muito mais do que esperávamos.

Cemitério de Arlington

A primeira parada do dia foi o Cemitério de Arlington, onde estão enterrados mais de 300 mil militares que lutaram em todas as guerras travadas pelo país desde a revolução americana até a atualidade. É lá também que está enterrado o presidente JFK.

_NIK0066

 

As fileiras intermináveis de lápides brancas me causaram imensa tristeza. Só conseguia imaginar todas aquelas pessoas, suas histórias, suas famílias, a guerra, a dor e os ideais que as fizeram dar a vida por um futuro melhor. Acho que cada um que visita sente de uma forma diferente, a minha foi assim.

_NIK0065

O cemitério é imenso e possui um ônibus para transportar os turistas de um lado para o outro. Nós não usamos o serviço, apenas caminhamos um pouco tentando digerir a coisa toda e depois saímos.

_NIK0055

Informações úteis
Website: http://www.arlingtoncemetery.mil
Ingresso: A entrada no cemitério é gratuita.
Metrô mais próximo: Arlington Cemetery
Tickets para o ônibus dentro do cemitério: podem ser comprados no centro de visitantes na entrada principal e custam $9 (adultos), $4.75 (crianças de 3-11) e $8. Website: http://www.anctours.com/

Lincoln Memorial

_NIK0080

Seguimos a pé em direção ao Lincoln Memorial, atravessamos a Arlington Memorial Bridge e chegamos no templo grego com a estátua gigante de Abraham Lincoln sentado. O memorial está numa das extremidades do National Mall, bem em frente ao Washington Memorial. Na hora de planejar meus roteiros sempre pesquiso sobre os fatos históricos para saber a importância de cada lugar visitado. Esse monumento em particular já foi palco de diversos discursos importantes, inclusive o de Martin Luther King “I Have a Dream”.

_NIK0089

P1010953

De todos os lugares que visitamos na cidade, foi o mais lotado. Em frente a ele tem a famosa Reflecting pool com o obelisco ao fundo, quem já viu o filme Forrest Gump com certeza vai lembrar da cena em que ele reencontra Jenny bem ali na piscina no meio da multidão 😉

P1010957

P1010967

Informações Úteis
Website: http://www.nps.gov/thje/
Ingresso: Free
Horário de funcionamento: 24hrs mas só existem funcionários de plantão para responder perguntas e fazer tours entre 9:30h e 23:30h
Metrô mais próximo: Foggy Bottom

Tidal Basin

_NIK0091

Continuamos nossa caminhada até a Tidal Basin, um lagoa que fica às margens do rio Potomac. Durante o Cherry Blossom festival aqui é o lugar mais bonito, nós chegamos apenas uma semana depois e ainda vimos uma árvore ou outra com as flores rosas mas a maioria já estava verde.

_NIK0092

Em uma das margens está o Martin Luther King Jr Memorial e na outra o Thomas Jefferson Memorial, nosso destino. É possível alugar um pedalinho para brincar na lagoa mas deixamos para outra vez porque o tempo era curto.

P1010968

O Thomas Jefferson Memorial foi construído seguindo os padrões do Pantheon em Roma. Lá dentro está a estátua do terceiro presidente americano olhando na direção da Casa Branca.

_NIK0093

Informações úteis

Website: http://www.nps.gov/thje/
Ingresso: Free
Horário de funcionamento: 24hrs mas só existem funcionários de plantão para responder perguntas e fazer tours entre 9:30h e 23:30h
Metrô mais próximo: Smithsonian

Union Station

P1010974

Fizemos o roteiro a pé do Jefferson Memorial até a estação de metrô Smithsonian, no ponto onde terminamos no dia anterior. Como já passava do almoço queríamos ver a Union Station (estação de trem), fomos almoçar por lá. O local tem uma praça de alimentação com várias opções de fast food e algumas lojas mas estava tudo em reforma e não conseguimos ver quase nada no saguão principal. A fachada externa é bem bonita.

Ficamos estudando a possibilidade de ir para Georgetown mas acabamos desistindo por causa do horário e do cansaço.

Union_Station_Washington_DC_24_Sep_2013

Foto de Jason Quinn para o Wikipedia

Quando já estávamos indo embora apareceu uma senhora nos perguntando se queríamos tickets para um daqueles ônibus de turismo que circulam pela cidade. A princípio achei que ela estava vendendo mas ela explicou que já estava indo embora e não queria jogar no lixo pois ainda eram válidos. E assim, essa santa criatura nos deu 4 tickets que custavam $50 cada. Em todas as nossas viagens para os EUA sempre encontramos pessoas muitos educadas e gentis, pessoas que nos acompanharam metrô a dentro, que ajudaram a carregar carrinho de bebê e pararam para oferecer ajuda na rua pois estávamos com o mapa na mão. Apesar da fama de educado, é raro encontrar um canadense aqui em Toronto que pare para ajudar um turista.

Com os tickets para o Big Bus Tours, pegamos a linha amarela até Georgetown, o bairro histórico de Washington DC, passando por diversos pontos turísticos que ainda não tínhamos visitado. No próximo post conto como foi nossa experiência no ônibus de turismo.

 

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

Deixe um Comentário