Visitando Mangue Seco, a terra de Tieta

Mangue Seco é a última praia do litoral norte da Bahia, na divisa com o estado de Sergipe. As dunas do pequeno vilarejo serviram de cenário para a novela Tieta e, graças a isso, ganhou fama internacional. O lugar é rústico, com paisagem exuberante e estrutura limitada para o turismo.

MangueSeco_Panorama-w

Como chegar

Saindo de salvador e seguindo pela Linha Verde, sentido Aracajú, percorremos um total de 240 km, atravessando a divisa com Sergipe e seguindo até o povoado de Pontal (Estrada Indiaroba Pontal – no Google Maps), de lá é só pegar um barco ou lancha rápida para atravessar o Rio Real. Partindo de Aracajú, a viagem é bem mais curta, só 100 km.

Outra opção é ir pela praia de carro 4×4, na maré baixa. Explicações detalhadas aqui.

A travessia para o Mangue Seco é feita por barcos tipo pó pó pó (aqueles antigos que vão bem devagar) ou lanchas. Eles criaram uma cooperativa mas achei que ficou pior para o turista. Explico.

Ambos custam R$50 (2014). A diferença é que no pó pó pó cabe mais gente e podemos esperar para ratear a conta, na lancha eles levam até 4 (não importando a idade). Os barcos não saem em horário fixo e depende do fluxo de turistas ou moradores. Até aí tudo bem. Mas para volta o barco maior deixa as pessoas em Mangue Seco e volta vazio. Ele só pega você lá se deixar combinado na ida. Então todo mundo que precisa voltar só tem uma opção, lancha.

Em Mangue Seco não tem uma “sede” da cooperativa. Como nós viajamos com um outro casal, eles não queriam levar 4 adultos e 2 crianças de jeito nenhum na lancha, mesmo tendo espaço. Falam que é regra da cooperativa. Depois de muita conversa conseguimos um cara que estava passeando e concordou em levar todos por R$50 na mesma lancha. Então, #fiqueesperto e agende a volta.

NIK_8632-w

P1010184-wEm Pontal há estacionamento no quintal das casas e o valor cobrado é R$15 (2014) por dia, escolhemos o quintal do Sr. Val que fica bem em frente ao atracadouro.

A travessia dura 20-30 minutos no pó pó pó e 5-10 na lancha rápida. O barco não sacode e a viagem é bem tranquila.

NIK_8653-w

Curiosidade: Lá é tão pequeno, que não tem escola e as crianças precisam ir de barco para outra cidade. Olha o barco/ ônibus escolar ai em cima.

O que fazer

Mangue Seco não é lugar para quem procura luxo e badalação, é lugar para ficar em contato com a natureza, para ouvir causos dos locais e relaxar. O vilarejo tem uma meia dúzia de ruas, todas de areia, e fica numa faixa de terra entre as dunas e o rio Real. Mudou pouco desde minha primeira visita, 20 anos atrás.

Já a paisagem das dunas muda sempre e nunca amanhece igual ao dia anterior. O mar fica uns 2 km de distância e tem ondas bem fortes mas o rio forma uma prainha de água salgada bem calma e gostosa do lado da cidade, ideal para crianças. Um dia é suficiente para visitar tudo mas preferimos dormir lá e voltar no dia seguinte por causa das meninas.

NIK_8658-wP1010246-wNIK_8655-wA principal atração do lugar é o passeio de buggy nas dunas, fazendo paradas estratégicas nos locais de filmagem da novela Tieta e no skibunda. Os passeios custam de R$90 a R$180 (2014), dependendo do número de paradas e duração, para até 4 pessoas (inclusive crianças). Tudo é controlado e tabelado de acordo com a cooperativa de bugueiros, criada recentemente pela prefeitura. A única forma de pagamento aceita é dinheiro. Para ir até a praia de buggy sem fazer passeio pelas dunas custa R$50 (2014), ida e volta.

P1010273-wP1010270-w NIK_8734-w

Como essa é a quarta vez que vamos em Mangue Seco, resolvemos fazer diferente e caminhar nas dunas ao invés de ir de buggy. Achei super legal poder olhar tudo com calma e conversar com as pessoas, como o Irineu do skibunda. O plano era ir até a praia mas tinha tanta coisa bonita para ver no caminho que eu, minha prima e o noivo ficamos rodando pelas dunas, apreciando a paisagem.

P1010275-wNIK_8729-w NIK_8738-wP1010262-w P1010266-w P10102659-webO Jaime ficou com as meninas na praia do rio Real. Como disse antes, o mar em Mangue Seco é muito forte e as meninas não aproveitariam tanto.

NIK_8674-w NIK_8675-wNo fim do dia fomos presenteados com um pôr do sol mágico!

NIK_8695-w

Onde Ficar

Passamos a noite na pousada Fatasias do Agreste e fizemos a reserva no Booking.com, bem na praça principal do povoado. Eles tem quartos amplos e puderam acomodar 2 camas extras para as meninas. A área comum é muito aconchegante, cheia de cadeiras para sentar e um jardim bem bonito. O café da manhã foi farto e gostoso. Minha única reclamação é que a internet não deu sinal de vida.

pousada-wP1010254-wA viagem foi uma delícia e foi difícil ir embora, queríamos ficar mais tempo naquele pedaço de paraíso apreciando os encantos da terra de Tieta.

Informações Úteis

– O local não possui mercadinho ou mercearia, apenas uma pequena loja, chamada shopping, onde dá para comprar artesanatos e itens de primeira necessidade como sabonete, pasta de dente, etc. Se pretende ficar mais de um dia leve suprimentos.

– Há várias barracas na praia mas apenas uma aceita cartão de crédito. O melhor é levar dinheiro. Não há caixa eletrônico em Mangue Seco.

– Se tiver tempo sobrando visite a praia do Saco, em Sergipe. Há passeios saindo de Mangue Seco para lá e vice versa. Ou você pode ir pela estrada antes ou depois de atravessar pra Mangue.

– Repelente contra mosquitos é indispensável.

– Existem excursões para Mangue Seco saindo da Costa do Sauipe, Praia do Forte e Iberostar, feitas pelas agências de turismo locais. Basta entrar em contato com o Guest Service de cada hotel. Da Praia do Forte até Pontal são apenas 150km, dá para ir e voltar no mesmo dia tranquilo.


O Booking.com é parceiro do blog. Reservando pelo link do post nós ganhamos uma pequena comissão que ajuda a pagar o custo do host. O leitor não paga o mesmo que pagaria se fosse direto ao site do Booking. 

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

11 Resultados

  1. Sérgio Alvarenga disse:

    Olá família bonita, tudo bem? Depois de ler o livro de Jorge Amado e assistir também a novela Tieta, estou com muita vontade de conhecer Mangue Seco. Eu e minha esposa iremos agora dia 18 para Aracaju, e queríamos saber se há condução no centro de Sergipe que nos leve até o povoado, para a travessia à Mangue Seco. Estamos indo por nossa conta e sem carro. Pretendemos ficar em Mangue Seco uns dois dias e voltar pára Aracaju. Poderiam nos dar algumas dicas para melhor aproveitarmos esses dias?

    • Livi disse:

      Oi Sérgio,
      Imagino que tenha passeios e ônibus saindo de Aracajú para o Pontal ou para do Saco mas eu não conheço uma agência para te indicar. Talvez o hotel que você vai se hospedar possa te indicar alguém. De vez em quando a CVC coloca passeios saindo de Aracajú e Salvador, dá uma olhadinha no site deles. Abraços

  2. Cledson disse:

    Essa caminhada pelas dunas, ao invés de ir de buggy, durou quanto tempo? é realmente viável fazer este caminho? Qual a rota? 😉

    • Livi disse:

      Oi Cledson,
      A minha caminhada durou mais ou menos 1:30h mas não fui a praia fiquei andando e batendo fotos, claro que não andei tudo. A distância até a praia é dois quilômetros em linha reta, o caminho pode ser feito sobre as dunas ou pela beira do rio (mais rápido e menos cansativo). O skibunda fica logo depois da subida da duna atrás da igreja. No caminho beirando o rio tem várias pessoas andando, é só seguir. E sobre as dunas é só olhar para o mar e seguir. Se nunca foi lá acho que o passeio de buggy vale a pena. Qualquer dúvida o pessoal de Mangue Seco pode indicar o caminho. Um abraço!

  3. Martha disse:

    Lindo o lugar!!! Adorei o pó pó pó… rsrs, Deve ser um lugar encantador, só em não ter o agito da cidade grande, com certeza um paraíso para relaxar… Bjs!!

  4. Christina disse:

    Passamos duas semanas na Bahia (litoral norte) em janeiro e fomos a Mangue Seco, adoramos. Acho que foi o lugar preferido de todos, junto com Barra de Jacuipe. Nos paramos o carro na rua mesmo, sem pagar, porque tinham outras vans por ali. Nao sabiamos do esquema da garagem dos moradores…

    • Livi disse:

      Barra do Jacuípe é uma delícia mesmo! As garagens em Mangue Seco são antigas e é mais seguro do que parar na rua, principalmente para passar a noite. Mas o preço é negociável dependendo da época do ano. 😉

  5. Lana disse:

    Nossa, como sua filha se parece com você!!!! O sorriso dela é o xerox do seu, que lindo! Aliás, lindo mesmo é o lugar hein? Que coisa maravilhosa!

    • Livi disse:

      É um paraíso Lana! E olha que as fotos realmente não mostram a verdadeira beleza de lá. Sabia que o apelido da minha filha é Mini Me? 😀

  1. 10/06/2015

    […] Mangue Seco – Baianos no Polo Norte […]

Deixe um Comentário