New York – Rockefeller Center, Biblioteca Central e Times Square

Continuando o passeio em NY.

Quando saimos da Catedral de St. Patrick aproveitamos para dar uma olhadinha no Rockefeller Center, que é do outro lado da rua. Para ir de metrô direto ao Rockefeller Center pegue as linhas D, B or V até a 47-50th Street, estação Rockefeller Center. Na linha 1 a estação é 50th Street e na linha 6 51st Street. Nos trens N, R or W desce 49th Street. Aff esse metrô de NY é uma loucura! Aqui é tão simples, só 4 linhas por enquanto. 🙂  De ônibus: Na Fifth Avenue pegue o M1, M2, M3, M4 ou M5 até a 50th Street; na Broadway pegue o M6 ou M7 desça na 50th Street e ande na direção leste até o Rockefeller Center; na 49th Street pegue o M27 ou M50 e desça em qualquer ponto entre a Fifth Avenue e a Seventh Avenue. Nós estávamos de carro, na mordomia.

Existem várias coisas para se fazer no Rockefeller Center, mas dessa vez foi só um reconhecimento de área. Gostaria de ter subido ao topo mas a visibilidade estava péssima e preferi não arriscar. Eles avisam antes de você subir sobre a visibilidade. A subida custa $25 por adulto, $16 para crianças de 6-12 anos e  $23 para idosos a partir de 62 anos. Se quiser pode comprar um ingresso sunrise/sunset por $38 e subir duas vezes no mesmo dia. Dá para comprar o ingresso online e evitar a fila aqui. O New York City Pass dá direito a subida.

A pista de patinação geralmente funciona de Outubro a Abril e o preço para patinar depende do dia e hora. Para adultos o ingresso vai de $10 a $19 e para pimpolhos de $7,50 a $12,50, o aluguel do patins de gelo é $9. Bem em frente a pista de patinação tem uma loja da Lego. Parada obrigatória para quem viaja com crianças pois nessas alturas do campeonato já estão ficando sem paciência. A loja é super linda, fiquei encantada!

Continuando na 5th Avenue até a 42nd Street (sentido sul)  você dá de cara com aquele prédio branco imponente com dois leões na frente. A Biblioteca Central de New York. Perfeita! A entrada fica na lateral, na 42n Street.

Atrás dela está o Bryant Park, um parque cheio de eventos e com um carrossel para os baixinhos e altinhos brincarem. $2 dólares para brincar uma vez ou $15 para brincar 10 vezes. Os pais não pagam se a criança for pequena e não conseguir brincar sozinha. Com a bateria dos pimpolhos regarregadas siga em frente!

Após visitar a biblioteca você pode seguir a 41st Street na direção leste (bem em frente aos leões) e visitar a Grand Central, apenas três blocos de caminhada, ou seguir a 42nd Street na direção oeste (atrás da biblioteca), visitar o Bryant Park e depois Times Square que é só um quarteirão depois. Na minha opinião dá para fazer os dois. Mas deixamos a Grand Central para depois, na verdade deixamos para entrar na biblioteca no mesmo dia da visita a Grand Central e quebrams a cara. Era uma das duas coisas que eu mais queria ver na cidade mas para minha tristeza estava fechada quando chegamos lá. Isso é que dá esquecer de confirmar o horário de funcionamento. A biblioteca funciona das 13h às 17h aos domingos e nos meses de Julho e Agosto nem abre nesse dia. Se tivesse que voltar em NY só para entrar nessa biblioteca eu voltaria, dá para ter uma idéia de quanto me encanta né? Mas da próxima vez será o primeiro lugar que visitarei!

Times Square com tantas luzes piscantes e outdoors me deixou hipnotizada. Nossa será que fui lá mesmo? Andar pelas ruas dessa cidade e visitar os lugares que parecem reais só na TV é uma sensação maravilhosa. Em Times Square me senti uma barata tonta sem saber para onde olhar 🙂 A filha de 4 anos também adorou!

Encontrei até o Woody do Toy Story por lá rsrsrs, um brasileiro que em troca de algumas moedinhas tirava foto com os turistas. E olha a loja do M&M, engorda só de olhar!

Esse roteiro Catedral de St. Patrick, Rockefeller, Biblioteca, Times Square e Grand Central dá para fazer tranquilamente a pé, com criança pequena o carrinho de bebê é um item obrigatório. A duração do passeio vai depender de quanto tempo você gasta em cada atração, um dia é mais que suficiente. Uma dica: você pode pegar um mapa de Manhattan no lobby de qualquer hotel do centro, junto dos panfletos de turismo. É bem bonzinho se você levar em conta que é free. 😉

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. celmartin disse:

    E que fotos!!!
    Você acaba de me contaminar! Acho que vou tirar o visto, juntar minhas milhas e entre uma peripécia e outra volto à America! O problema é que você e Gina já inocularam o &*&¨%$ do Canadá… Aí… enfraquece a poupança. Gina, vamos planejar NY??

  2. ginapsi disse:

    NY tem tanta atração que é difícil escolher! Eu ia ficar feito barata tonta, kkkk, com certeza!
    Times Square tem muito apelo visual, mas meu desejo é conhecer a estátua da Liberdade e, subir no Empire State, claro! A vista lá de cima deve ser fantástica.

Deixe um Comentário