Marché, o restaurante com parquinho no centro de Toronto

No Brasil é muito comum encontrarmos espaço infantil dentro de restaurantes, no Canadá não, exceto em algumas redes de fast-food. Existem cafés com essa proposta aqui Toronto mas restaurante mesmo, com parquinho dentro, eu só conheço o do Marché (o do Ikea não conta né?). Se alguém conhecer outros, deixe a dica pra mim nos comentários.

Crianças canadenses sentam na mesa com os pais e esperam a comida chegar, elas são acostumadas assim. Brincam de iPhone, de iPad, desenham, dão chiliquinho, tudo sentado na mesa. Muitos restaurantes oferecem giz de cera e livros de atividades, ou o próprio menu infantil tem atividades no verso.

O Marché é uma rede suíça, com filiais em mais de 10 países. Várias pessoas já tinham me recomendado esse aqui em Toronto mas só fui lá semana passada. Se você está imaginando que é um restaurante apenas para famílias, não é. Ele está localizado no coração de downtown, dentro de um dos prédios mais bonitos da cidade, o Brookfield Place. Eles tem vários ambientes e até áreas reservadas para eventos.

Durante a semana é mais frequentado por quem trabalha no centro. As famílias aparecem em peso nos fins de semana, especialmente no brunch de domingo. Quando ouvimos o nome Marché já dá pra ter uma idéia de como é o restaurante. A parte interna lembra um mercado ou feira, com várias estações que servem comidas diferentes.

As opções incluem massas, carnes, frutos do mar, saladas, comida oriental, crepes, frutas e sobremesas. Os sucos são naturais e feitos lá mesmo, nada de suco industrializado. Não deixe de provar o rösti, que é um prato tradicional da Suíça.

O sistema deles funciona assim: recebemos um cartão na entrada e seguimos para a mesa. O garçom recebe os pedidos de bebidas e registra no tal cartão. Para pedir a comida temos que levantar e ir em uma das estações. Os pratos são preparados na hora e as vezes demora uns minutos pra ficar pronto. As vezes recebemos um pager, as vezes eles apenas mandam voltar um tempo depois. Achei estranho no começo mas depois acostumei. Tudo que pedimos vai ficando registrado no cartão e pagamos na saída.

Fiquei meio confusa pois além dos 2 cartões de adultos, recebemos dois de crianças e o garçom não soube explicar direito. O cartão infantil é na verdade apenas se quisermos escolher itens do menu infantil, que tem preço fixo de $10. Ele dá direito a um dos pratos principais, uma bebida e uma sobremesa. O menu infatil tem uma seleção de apenas alguns itens, se quisermos algo que não esteja ali tem que colocar no cartão do adulto.

O pequeno playground fica num cantinho do restaurante e quem não está com crianças pode escolher sentar mais distante. Não é uma área muito grande e é mais indicado para crianças menores. Minhas filhas tem 5 e 8, a pequena curtiu o escorregador, a mais velha preferiu colorir o porta retrato de papel que eles deram. Mas levando-se em conta que estamos dentro de um restaurante em downtown, acho de bom tamanho. Quem quiser mais pode dar uma esticadinha até um dos playgrounds da cidade.

Gostei bastante de tudo que provamos e recomendo. Em relação ao preço temos muita flexibilidade e vai depender muito das nossas escolhas. Nós pedimos várias coisinhas pra provar e a conta ficou na média de preço de outros restaurantes da cidade, como o Jack Astor’s ou o El Catrin, por exemplo.

Informações sobre o Marché

Website: www.marche-restaurants.com/en/marche-brookfield-place-street-level

Endereço: 181 Bay Street, Toronto

Estacionamento: Há um em baixo do prédio e clientes do Marché recebem um desconto de $5. Basta mostrar o ticket na hora de pagar a conta do restaurante.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Alessandra disse:

    Oi, que legal essa do Marché do Brookfield Place. Não sabia disso; da última vez que passei por lá, nem tinha filho! Vou testar com a Alicia, acho que ela vai adorar! Obrigada! BTW, adorei seu blog!

  2. Monica disse:

    Oi Livi!

    Adoro suas dicas!

    Moro com meu marido e minha filha de 7 anos em Markham (ON). Depois de 1 ano longe dele, há 2 meses nossa família está unida de novo! ☺

    Antes, lia seu blog (lá em S Paulo), porque era um jeito de me sentir aqui, lendo as suas histórias e vendo as fotos, enquanto aguardavamos nosso processo de imigração.

    Agora, tenho um “bloco de notas” aqui no meu celular com o título “Passeios – Baianos Polo Norte”. Estou sempre “salvando” algumas publicacoes do seu blog nele, para programar nossos passeios por aqui nos finais de semana e feriados.

    É sempre muito bom receber suas mensagens no email avisando que tem novas publicações! Recebo as noticias sempre com muito entusiasmo!

    Parabéns pela dedicação, e obrigada por compartilhar tantas dicas e tantas informações bacanas!

    Abraços!

    • Livi disse:

      Oi Monica,

      Ganhei o meu dia com sua mensagem! Obrigado pelo carinho e fico muito feliz de saber que o que escrevo te ajuda de alguma forma. Quem sabe um dia desse não fazemos um
      passeio juntas, que tal?

      Que bom que o marido chegou, não deve ter sido fácil heim!

      Beijo grande

Deixe um Comentário