Escolas de Ontário ficarão fechadas até o fim de junho

O governo de Ontário confirmou hoje numa coletiva que as escolas da província vão continuar fechadas até o final deste ano letivo (junho). Portanto, os alunos do JK até Grade 12 continuarão tendo aulas online. Não sei vocês, mas a medida tranquilizou meu coração pois não me sinto confortável mandando as minhas filhas para a escola nesse momento. Mesmo com todo cansaço e trabalho extra de ensinar em casa, para mim foi uma decisão sensata, levando em consideração a segurança das nossas crianças.

Entendo que para muitos pais que terão retornar ao trabalho nessa fase de reabertura e não tem opção de onde deixar os filhos, isso será um grande desafio. A província está acompanhando os números de casos de COVID-19 e se tudo continuar como previsto, as creches serão reabertas gradativamente na segunda fase de reabertura da economia. Os summer camps overnight foram cancelados e os day camps poderão funcionar em julho e agosto, dependendo da situação. Na cidade de Toronto, os camps organizados pela prefeitura estão sendo reformulados para refletir as medidas de segurança recomendadas pela saúde pública com grupos de crianças menores. O novo modelo chama-se CampTO.

A província também apresentou um plano de aprendizado online para garantir que os estudantes tenham a oportunidade de continuar estudando durante os meses de verão. Haverão cursos disponíveis para que os estudantes de High School atinjam os créditos necessários para graduação e opções para completem as horas de trabalho voluntário mandatórias. Estudantes com necessidades especiais também terão programas de suporte específicos. O site Learn at Home foi melhorado com recursos focados em matemática, ciências, inglês e francês.

A previsão é de que as aulas presenciais retornem em setembro, porém ainda estão traçando um plano de como será o novo normal nas escolas. Essa plano será anunciado até o fim de junho. Na coletiva o ministro da educação disse que estavam avaliando diversas possibilidades, incluindo receber metade dos alunos em cada turno para reduzir o número de estudantes presentes ao mesmo tempo. Também disse que as escolas deveriam estar preparadas para entregar um conteúdo online e em sala de aula. Mas uma coisa ele deixou claro: em setembro haverá algum tipo de revisão de conteúdo para preparar melhor os estudantes e identificar quem precisa de mais atenção. Assim todos poderão iniciar o ano letivo de 2020-21 com confiança e conhecimento necessários.

Para ler o comunicado oficial do governo de Ontário e do ministro, clique aqui e aqui

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

Deixe um Comentário