Vida no Canadá: Como é morar em Windsor (ON)

Em mais um post da série Como é morar no Canadá, a Karine vai contar um pouco sobre Windsor, na província de Ontário.

Depois de ler o post, não deixe de acompanhar o Instagram e Facebook dela, para conferir mais dicas. Os links estão no fim do post.

Se apresente.

Olá, meu nome é Karine Reis, e há aproximadamente um ano eu, meu marido, filho de treze anos e nosso cachorro chegamos ao Canadá e nos estabelecemos em Windsor, Ontário.

Fale um pouco sobre a sua cidade.

Windsor fica ao sul de Ontário, fronteira com Detroit (Michigan), cujo acesso pode se dar pela ponte (uma segunda está em fase de construção), ou pelo túnel sob o rio Detroit. A cidade possui 218 mil habitantes e é uma cidade cuja indústria está fortemente relacionada aos automóveis, com intensa relação com Detroit. Aqui se encontra uma grande imigração asiática (China, Índia e Filipinas), muçulmanos, além de uma colônia Italiana já tradicional na cidade. 

Os parques e praças são bem cuidados e são a principal fonte de lazer para as famílias, além de algumas piscinas públicas mais inúmeros balneários ao redor dos Grandes Lagos. A cidade conta com um museu, teatro, dois cinemas, mas as principais atrações culturais se encontram nos Estados Unidos. Ah, também há uma filial do cassino Caesars.

Como é o clima?

Sobre o clima, os nativos comentam ser a Califórnia canadense, numa alusão ao fato de que a latitude de Windsor é a mesma do norte da Califórnia (e também de Roma), o que nos assegura um verão com temperaturas em torno de 34oC no meio da tarde. O último inverno foi menos intenso (sem neve no Natal), mas com alguns dias de freezing rain, mas quem chegou há mais tempo disse que o inverno anterior foi mais intenso.

Por que escolheu essa cidade para morar? Caso tenha morado em outra cidade canadense antes, o que te levou a se mudar?

Porque o St Clair College era um dos poucos a aceitarem a nota 5,5 no IELTS, e como o curso escolhido pelo meu marido era na área automotiva (Power Motive Technician), pensamos ser mais interessante devido a vocação econômica da região.

Que tipo de imóvel você mora? Foi difícil encontrar?

Moramos numa town house e anteriormente num basement. A procura por aluguel é bastante grande devido ao número de estudantes do college e da universidade, sem contar que os recém chegados não possuem um histórico de crédito ou de referências para subsidiar as aplicações.

Qual é o preço médio de aluguel de um imóvel similar ao seu?

Entre CAD$1600 e CAD$1800 para town houses com 3 ou 4 quartos, num bairro exclusivamente residencial e distante do centro, embora conseguimos uma valor inferior ao assumir a locação de uma família brasileira que estava deixando a casa.

Como é o transporte público da sua cidade? Dá para se virar sem carro?

Há poucas linhas de ônibus, para atender uma grande área urbana. Vale lembrar que a cidade tem pouco mais de duzentos mil habitantes, mas diferentemente do que se vê no Brasil, há poucos edifícios residenciais, então tudo fica mais espalhado. Devido ao pequeno número de linhas (11), normalmente há um intervalo de uns 30 minutos entre os ônibus, além de normalmente serem necessárias conexões, de modo que qualquer deslocamento de ônibus entre bairros pode variar entre 50 minutos e 1h30, o que exige bastante planejamento para os deslocamentos.

No entanto os ônibus são bem mantidos e contam com suporte para bicicletas. Há descontos para estudantes (66 CAD/mês). Se dois adultos precisarem usar o ônibus diariamente, o custo mensal é em torno de 200 dólares, o que supera o valor que pagamos mensalmente para o seguro do carro.

Windsor

Como é o custo de vida?

Quanto ao custo de vida, nós com dois adultos, um adolescente, um cachorro e um carro, temos uma despesa mensal de aproximadamente 3,300 CAD, mais ou menos  assim:

  • Aluguel: $1,300
  • Utilities (Água, Esgoto e Luz): $180
  • Telefone: $90
  • Internet: $85 (45Mbps)
  • Seguro do Carro: $165
  • Gasolina: $200
  • Mercado: $900
  • Lazer: $200
  • Manutenção do Carro (Pneus, Fluidos, Mao-de-Obra, Peças, Licenciamento): $100 

Considerando o salário mínimo líquido é em torno de 12 CAD/hora, nossa despesa mensal corresponde há, aproximadamente, 275 horas de trabalho, o que é bastante apertado para a renda de um casal que pode trabalhar 60 horas/semana . Vale lembrar que, no entanto, muitas vezes a jornada de trabalho varia conforme a demanda e você pode não trabalhar todas as horas planejadas, por ser dispensado mais cedo. Portanto vai receber apenas as horas trabalhadas.

O que acha das escolas ou creches? Foi difícil a adaptação das crianças

A escola estimula o empreendedorismo e o esporte. Há uma diferença curricular para matemática, o que levou à necessidade de um reforço devido a algumas coisas não aprendidas no Brasil. A maior dificuldade inicial foi fazer novas amizades, nosso filho está com 13 anos (na época 12) e essa fase é um pouco mais complicada a aproximação. Mas  umas das principais razões era porque nossa primeira vizinhança não tinha muitas crianças da idade dele. Então este foi um dos principais motivos que nos fez mudar para outra casa, em menos de um ano. Com amigos no bairro, o entrosamento na escola se tornou mais fácil.

Foi muito difícil encontrar emprego?

Windsor tem uma taxa de desemprego de 5.7%, que é abaixo da média nacional. É comum ouvirmos relatos de busca por colocação por uns três meses. Muitas vezes se encontra trabalho em cidades próximas, o que exige carro, por não haver transporte público metropolitano. Esse foi o meu caso, que trabalho numa cidade há 40km de Windsor. Vale ressaltar que consegui trabalho na minha área que é confeitaria, mas nem sempre é assim.

Windsor

 

Pontos positivos e negativos sobre morar nessa cidade.

Positivos: Achamos as pessoas bastante amigáveis, inclusive os canadenses. Os parquinhos e splashes são muito bem cuidados e há vários pela cidade. Se pode passear com o pet por parques etc. A facilidade para ir aos Estados Unidos. O fato das crianças brincarem tranquilamente na rua. A sensação de segurança, mesmo onde os canadenses consideram inseguro.

Negativos: sujeira na rua em alguns bairros (muitos copinhos do Tim Hortons ;)). A saúde, embora bem equipada, pode se tornar sobrecarregada nos finais de semana, como quando precisamos do pronto socorro num domingo a noite, o que exigiu a espera de quatro horas sem qualquer analgésico. O calor brasileiro no verão canadense ;). Segundo nosso adolescente: falta shopping (há um único mall e um outlet).

Que conselho, ou dica, você daria a alguém que esteja pensando em morar nessa cidade.

Entre no grupo Winzuca no Facebook, que reúne muitos dos brasileiros vivendo em Windsor e sempre estão dispostos esclarecer dúvidas de quem está vindo pra cá. 

Para conhecer um pouco mais sobre a Karine e a vida em Windsor, não deixe de acompanhá-la:

Instagram: @kareiscanada

Facebook: www.facebook.com/Kareiscanada

*Todas as fotos são do arquivo pessoal da Karine, exceto a foto usada na capa, que é do Wikipedia.


Se você mora em alguma outra cidade canadense e gostaria de participar desse projeto, me manda um email no baianosnopolonorte@gmail.com. Vou dar preferência a quem possui um blog, canal no Instagram ou YouTube, sobre o Canadá. Mas não é obrigatório.

Outros posts já publicados:

Como é morar em Toronto (ON)

Como é morar em Mississauga (ON)

Como é morar em Bathurst (NB)

Como é morar em Victoria (BC)

Como é morar em Ottawa (ON)

Como é morar em Halifax (NS)

Como é morar em North Bay (ON)

Como é morar em Calgary (AB)

Como é morar em Brandon (MB)

Como é morar em Newmarket (ON)


Esse projeto foi inspirado em outros posts similares, que recomendo a leitura

– Blog Colagem – Como é morar nos EUA
– Blog Canadiando – Imigração Canadense: Você conhece  bem o país que deseja morar?
– Expat Arrivals – Q & A about moving to Toronto
– Morar em Portugal – Perguntas e respostas sobre morar em Portugal.
– Blog Mapa de Londres – Como é morar em Londres

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

Deixe um Comentário