Como é a exposição Immersive Van Gogh em Toronto

No dia 3 de julho abriu em Toronto a exposição Immersive Van Gogh. Apesar das máscaras e distanciamento social, a experiência nos remeteu a um certo senso de normalidade, onde podemos sair e aproveitar uma atração. E olha, foi surpreendente!

Immersive Van Gogh

Ela foi criada pelo mesmo grupo que fez Atelier des Lumières em Paris e traz projeções animadas enormes das pinturas de Vincent Van Gogh. Já tive a oportunidade de ver algumas pinturas dele em Paris mas essa exposição é totalmente diferente.

Immersive Van Gogh

Não é preciso entender de arte para curtir Immersive Van Gogh. Minhas filhas adoraram e a instalação despertou a curiosidade delas para saber mais sobre Van Gogh e suas pinturas. A experiência é family friendly, vi crianças pequenas tão impressionadas que ficaram quietinhas sentadas no chão assistindo (tinha algumas andando também). Porém há música alta, então se isso incomoda seu filho, talvez seja uma boa ideia colocar um fone de ouvido para abafar o som.

Há duas maneiras de assistir Immersive Van Gogh. Uma é tradicional, onde entramos no salão a pé e a outra de carro, como num drive-in. As duas acontecem no mesmo endereço porém em ambientes diferentes.

A experiência tradicional

Para quem vai a pé, há um limite no número de pessoas que podem entrar e também há círculos desenhados no chão para que as pessoas mantenham distância umas das outras. Além disso é obrigatório o uso de máscaras. Estava bem vazio quando fomos e não ficamos perto de ninguém. A apresentação dura uns 40 minutos e fica repetindo sem parar. É permitido ficar lá dentro o tempo que quiser. No nosso caso, quando entramos já havia começado e só esperamos acabar e começar novamente para assistirmos a parte que ainda não tínhamos visto.

Immersive Van Gogh

Ficamos simplesmente maravilhados quando entramos no galpão e nos vimos imersos nas pinturas de Van Gogh. Me emocionei. As telas ganham vida e animação durante a apresentação. Podemos ver por exemplo diversas pinturas combinadas que mostram do nascer ao pôr do sol e depois a paisagem se transforma num outra pintura noturna onde as estrelas brilham no céu.

Immersive Van Gogh

Simplesmente incrível!

A experiência de carro

Para ver Immersive Van Gogh no drive-in nós entramos pela rua lateral (Freeland St). Eles nos guiam onde devemos parar. Todos os carros permanecem desligados e quem quiser ficar com as janelas abertas precisa usar máscara.

Apesar da apresentação ser a mesma, achei bem menos impressionante por vários motivos. Primeiro: não temos a mesma sensação de grandiosidade e de estarmos imersos nas pinturas. A projeção não é tão alta e o teto é claro. Segundo, não ouvimos direito o som estando dentro do carro, principalmente se estivermos com as janelas fechadas. Há uma rádio onde podemos ouvir informações sobre a exposição mas ela não transmite a música. E por fim, achei que os outros carros obstruem a visão. De carro só podemos assistir uma vez.

Talvez se eu tivesse visto a exposição de carro primeiro, ela seria mais interessante, mas na comparação achei a experiência a pé mil vezes mais legal. De qualquer forma, para quem ainda não se sente confortável em ir na tradicional, essa é uma boa opção.

Immersive Van GoghImmersive Van Gogh

Pelo menos quem comprar o ingresso para ir de carro ganha um normal.

Gostei demais da exposição e recomendo muito a experiência tradicional. Voltei super inspirada e cheia de criatividade. Quem quiser ver vídeos, deixei salvo nos destaques do meu Instagram @livi_souza.

Informações

O ingresso normal (walk-in) custa $40 durante a semana e $45 nos fins de semana. De carro custa $100 para o motorista e 1 acompanhante, passageiros extras custam $40. Quem compra o ingresso drive-in, recebe gratuitamente o ingresso normal. Crianças até 5 anos não pagam. Os ingressos são vendidos online.

Website: https://vangoghexhibit.ca

Endereço: 1 Yonge St., Toronto, ON

Estacionamento: $20 no fim de semana, provavelmente mais caro durante a semana. Tem outros na região, talvez com preço mais barato.

A exposição ficará na cidade até setembro de 2020.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Wow!
    Deve ser uma experiência brutal!
    Um artista como Van Gogh, poder ver as suas obras de forma quase que “imersiva” parece-me algo fascinante.
    Adorei o conceito!
    Obrigado por esta post brutal!

  2. Ginapsi disse:

    Gostei da exposição !

Deixe um Comentário