Organização da casa depois dos filhos

Hoje é dia de Projeto Mães no Canadá e o tema é tenso, organização da casa depois dos filhos. Chegou a hora da verdade…

A minha casa costumava ser super organizada antes das minhas filhas nascerem, mas depois virou uma zona, com brinquedos espalhados para todo lado.

Olha a situação quando as meninas eram pequenas

A medida que elas foram crescendo (estão com 7 e 10 anos agora), fomos nos acostumando a ver a casa de cabeça para baixo e buscando soluções para minimizar o caos.

Apesar da minha casa não ser um exemplo de organização, juro que tento. A seguir mostro para vocês algumas coisas que funcionam aqui.

Brinquedos

Nossa casa não é muito grande, e quando as meninas eram pequenas, os brinquedos ficavam na sala por causa da praticidade e da falta de espaço. Era mais fácil para observá-las brincar e, ao mesmo tempo, continuar com meus afazeres. Guardava algumas coisas no quarto mas a maioria ficava na sala mesmo. Faziam parte da decoração.

Para tentar controlar isso, comprei um móvel na Ikea, onde penduramos diversas caixas plásticas. Isso ajudou muito na organização pós brincadeira.

Depois reformamos o basement e transferimos todos os brinquedos para lá. Agora a bagunça de brinquedos fica concentrada lá embaixo. Temos uma estante grande, com portas, onde os brinquedos ficam guardados. Parece arrumadinho né? Mas se abrir as portas dos armários…ui!

Material para arte e artesanato

Eu organizo os materiais de desenho, pintura e artesanato num carrinho que também comprei na Ikea. Uso copos descartáveis para separar, lápis, giz de cera, lápis de cor, canetas, hidrocores e borrachas. Assim fica tudo a mão para usar e fácil de colocar de volta após o uso.

Vestuário

No Canadá precisamos ter roupas diferentes para cada estação do ano. No verão, coloco os casacos pesados na parte de cima do armário, e no inverno guardo os shorts e blusinhas mais leves.

No inverno temos luvas, cachecóis, tocas e uma série de acessórios que a gente nunca sabe onde colocar. Eu deixava numa caixa, na prateleira, mas na hora de sair sempre perdíamos tempo procurando as coisas. Agora tudo fica separado numa sapateira transparente, pendurada na porta do armário onde ficam os casacos.

No quarto, para maximizar o espaço das gavetas, as roupas ficam dobradas na vertical. Acho que facilita muito na hora delas escolherem o que vão vestir, sem bagunçar a gaveta inteira. Olha a diferença da arrumação tradicional, onde as roupas ficam empilhadas.

Acessórios

Quem é mãe de meninas sabe o tanto de acessórios para cabelo nós temos em casa. Eu separo os elásticos, presilhas e coisas pequenas em frascos de vidro. As tiaras ficam numa caixa. A ideia é fazer com que tudo seja prático para pegar e guardar. Sem ter que gastar muito tempo organizando.

Organização

Trabalhos da escola

Como a falta de espaço é um problema, não tenho como ficar com todos os trabalhinhos que elas trazem da escola. Guardo os que considero mais especiais, mas o resto tiro fotos e depois jogo fora.

Algumas coisas uso para enfeitar a casa e elas ficam super felizes.

Limpeza e organização em geral

Eu acho muito importante ensinar as crianças, desde cedo, a guardarem os brinquedos e ajudarem nas tarefas da casa. Claro que a tarefa será de acordo com a idade. Minhas filhas, já fazem a cama e ajudam a passar aspirador, por exemplo.

Todo mundo tem que fazer a sua parte, especialmente aqui no Canadá, que a gente não tem babá nem empregada para ajudar. Confesso que nem sempre elas guardam tudo de boa vontade, é preciso um incentivo verbal ou barganha (“se não arrumar, não tem TV ou videogame” por exemplo).

As vezes peço para dobrarem a roupa limpa também. Depois tenho que refazer mas o que importa é a intenção.

Nossa vida é muito corrida e as vezes acabamos fazendo tudo automaticamente, sem incluir as crianças. Afinal, fazemos mais rápido e melhor do que elas, que estão aprendendo. Mas acredito que esse tempo que investimos ensinando, vai fazer uma grande diferença lá na frente.

Quero que minhas filhas cresçam com a consciência de que as tarefas domésticas não são  responsabilidade de apenas uma pessoa e sim de todos que moram na casa. Cada um precisa fazer sua parte.

Para quem não sabe, ou acha que o filho é muito pequeno para fazer certas coisas, nas creches e escolas canadenses as crianças a contribuem com a organização e limpeza.

Na creche tem musiquinha de clean up (limpeza) após a brincadeira, e TODAS as crianças que já sabem andar ajudam a catar os brinquedos e guardar de volta na caixa.

Nas escolas as crianças são ensinadas sobre reciclagem, onde jogar o lixo, arrumam a sala e quando são mais velhas (GRADE 6 em diante) despejam o lixo reciclável da sala na lixeira maior, que fica do lado de fora da escola. Os alunos não fazem limpeza pesada como passar aspirador, vassoura ou pano no chão. Também não lavam banheiros. Pelo menos na escola das minhas filhas não.

As professoras também fazem uma lista de tarefas que contribuem para o bom funcionamento da sala e delegam para alguns alunos. Esses ajudantes oficiais mudam a cada 1 ou 2 semanas. E na maioria das vezes, todo mundo se candidata para as vagas.

Porém, apesar de tudo isso, a minha casa não fica 100% arrumada. As vezes as coisas ficam no chão e não me importo. Não arrumo e nem cobro delas. Sei que assim como eu, tem dias que elas estão cansadas e querem apenas brincar ou descansar.

Projeto Mães no Canadá

Esse post faz parte do Projeto Mães no Canadá, onde eu e outras blogueiras/Youtubers brasileiras, contamos nossa opinião sobre um mesmo tema. Passa lá nos outros blogs/canais para conferir as dicas.

Adriane | Like a New Home
Alessandra | Canadiando
Amanda | Viva o Canadá
Beatriz | Biba Cria
Carol | Fala Maluca
Carol | Minha Neve e Cia
Danielle | Vidal Norte
Gabriela | Gaby no Canadá
Mariana | De Bem Com a Vida
Renata | Mala Inquieta
Vanessa | Partiu Canada

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

7 Resultados

  1. Ana Paula disse:

    Nossa adorei seu post, pura realidade.

  2. Dani Vidal disse:

    Me vi na sua primeira foto Livi!! Minha realidade no momento. Mas adorei todas as suas dicas, especialmente a das camisetas na gaveta e dos itens de arte no carrinho IKEA. Cada fase é uma né, e o importante é as crianças aprenderem desde sempre. Beijos

  3. Adorei teu post Livi! E assim como a Gaby, tb queria um basement hahahaha quando tiver minha casa vou despachar tudo pra lá ahahahaha

  4. Gabriela disse:

    Meu sonho é ter um basement para eu poder organizar os brinquedos Livi… aqui em casa eles ficam espalhados em praticamente todos os comodos da casa. E olha que o Ian ainda é bebê (quero só ver quando ele crescer, ai a bagunça será geral). Adorei o post! Beijão

    • Livi disse:

      Nossa, o basement fez uma diferença danada aqui. Os brinquedos das meninas também ficavam espalhados e a gente tropeçando em tudo. Um caos! Agora pelo menos fazem a maior parte da bagunça lá embaixo hahaha

Deixe um Comentário