Vida no Canadá: Como é morar em Brandon, Manitoba

Em mais um post da série Como é morar no Canadá, a Ângela, do canal Experiência Canadense, vai contar um pouco sobre Brandon, na província de Manitoba.

Depois de ler o post, não deixe de acompanhar o canal dela para conferir mais dicas.

Se apresente:

Sou a Ângela Pineschi. Moro em Brandon, Manitoba, há cerca de um ano. Moro com meu marido Eduardo e nossos dois filhos – Catharina de 9 anos e Guilhermo de 7 anos.

Antes de Manitoba, eu morei 3 anos em Ontário, totalizando 4 anos no Canadá. Vim primeiramente como estudante de inglês e depois comecei a fazer um curso no Georgian College em Barrie.

Brandon

Fale um pouco sobre a sua cidade.

Brandon é a segunda maior cidade da província de Manitoba, com quase 50 mil habitantes. Fica duas horas de distância da capital, Winnipeg, pouco mais de uma hora da fronteira com os Estados Unidos e 3 horas de Regina (SK).

Embora seja uma cidade pequena, é muito bem estruturada. Brandon possui uma população muito hospitaleira, que acolhe muito bem os imigrantes.

Há um college, o Assiniboine Community College (com uma excelente variedade de cursos), e uma Universidade na cidade, a Brandon University, bastante tradicional na região.

A cidade também possui um mall que não é muito grande mas nos atende bem. Além disso temos cinema, praças com playground, splashs, o Westoba Place, que é uma estrutura muito grande que acomoda os mais variados tipos de eventos, como jogos de hóquei, competições de cavalos, rodeios, apresentações de animais, cerimonias como as do Remembrance Day, feiras, etc.

A cerca de uma hora a norte, temos o Riding Mountain Provincial Park, onde é possível ver ursos (vimos 7 em um único dia), bisões, alces, veados, elks, etc. Dentro do parque, fica localizado o Clear Lake, onde você pode fazer passeios de barco, alugar uma canoa, fazer trilhas em um dos caminhos que ficam na beira do lago, ou se banhar na praia.

Como é o clima?

Brandon é uma cidade típica das pradarias canadenses, com um inverno muito rigoroso e um verão bastante quente.

No inverno é comum temperaturas entre -25 e -30 graus Celcius, podendo chegar a menos de -40, em alguns dias.

Brandon

Por que escolheu essa cidade para morar? Caso tenha morado em outra cidade canadense antes, o que te levou a se mudar?

Moramos em Toronto por um ano e em Barrie por 2 anos. Meu marido é médico  veterinário no Brasil e sempre trabalhou com rebanhos bovinos e agricultura. Em Ontário, não conseguimos encontrar boas oportunidades dentro do ramo de atuação dele. E a região de Brandon tem absolutamente tudo o que buscávamos quando viemos para o Canadá.

Também gostamos mais do inverno daqui – embora seja mais frio, possui muito mais dias ensolarados e claros. Outra coisa que me deixa muito feliz aqui é o fato de os meus filhos brincarem na rua como eu fazia quando era criança, sem que eu me preocupe com isso. Muitas crianças sempre batem na minha porta, os vizinhos chegam para conversar. Tudo isso faz com que eu me sinta em casa em Brandon.

Que tipo de imóvel você mora? Foi difícil encontrar?

Moramos em uma townhouse própria, dentro de um condomínio. Não foi difícil encontrar. A cidade tem imóveis novos para alugar ou comprar com preços muito mais interessantes que nos centros maiores.

Qual é o preço médio de aluguel de um imóvel similar ao seu?

Uma casa como a nossa custa entre CAD$1400 e CAD$1600 por mês.

Como é o transporte público da sua cidade? Dá para se virar sem carro?

Eu nunca usei o transporte público da cidade, mas há ônibus circulando sempre. Acredito que, por causa do rigor das temperaturas no inverno, um carro faz muita diferença, especialmente para famílias com crianças.

Como é o custo de vida?

Nós conseguimos reduzir o nosso custo de vida em cerca de 30% em relação a Ontário.

Os preços de imóveis são bem mais interessantes. Compramos a nossa casa quando chegamos por menos de CAD$300 mil, o valor do seguro do carro ficou mais baixo, o valor das nossas contas de celular também caiu muito. Por exemplo, pagávamos cerca de CAD$100 por mês por celular com 2GB de dados. Aqui, na mesma operadora, pagamos CAD$65, com 6GB de dados.

As contas de energia, gás e água também são bem mais baratas. Em Ontário  pagávamos uma média de CAD$220 por mês para Hydro e gás. Aqui pagamos CAD140.

O que acha das escolas ou creches? Foi difícil a adaptação das crianças?

Eu gosto muito da escola que meus filhos estudam. As professoras deles foram incríveis no último ano. Na verdade, eu nunca vi meus filhos tão felizes na escola nesses 4 anos, como vi nesse ano em Manitoba.

Além disso, aqui foi possível que eles fizessem outras atividades extracurriculares, como aulas de piano, equitação e futebol, pois geralmente os programas não são tão concorridos e há vagas suficientes.

Foi muito difícil encontrar emprego?

Eu faço home office, então eu não fui em busca de trabalho, mas meu marido conseguiu trabalho muito rapidamente. Há muita carência por māo de obra em Manitoba.

Brandon

Pontos positivos e negativos sobre morar nessa cidade.

Pontos negativos

Fica mais longe para a família vir nos visitar; a comunidade brasileira é bem pequena e o inverno é bastante frio.

Pontos positivos

Muita luminosidade mesmo no inverno, custo de vida razoável, população hospitaleira, a cidade é calma e tem uma localização geográfica interessante.

Que conselho, ou dica, você daria a alguém que esteja pensando em morar nessa cidade?

Se você busca uma vida mais calma, sem grandes agitos e tem família, Brandon é uma excelente cidade para se viver. Mas se você  não gosta de frio, reconsidere, pois o inverno é realmente gelado!

Para conhecer um pouco mais sobre a Ângela e a vida em Brandon (MB), não deixe de acompanhá-la:

Instagram: @experienciacanadense

Facebook: https://www.facebook.com/experienciacanadense/

* Todas as fotos são do arquivo pessoal da Ângela, exceto a foto de capa que é da City of Brandon e a colagem que é do Wikipedia Commons.


Se você mora em alguma outra cidade canadense e gostaria de participar desse projeto, me manda um email no baianosnopolonorte@gmail.com. Vou dar preferência a quem possui um blog, canal no Instagram ou YouTube, sobre o Canadá. Mas não é obrigatório.

Outros posts já publicados:

Como é morar em Toronto (ON)

Como é morar em Mississauga (ON)

Como é morar em Bathurst (NB)

Como é morar em Victoria (BC)

Como é morar em Ottawa (ON)

Como é morar em Halifax (NS)

Como é morar em North Bay (ON)

Como é morar em Calgary (AB)

Como é morar em Newmarket (ON)

Como é morar em Windsor (ON)

 


Esse projeto foi inspirado em outros posts similares, que recomendo a leitura

– Blog Colagem – Como é morar nos EUA
– Blog Canadiando – Imigração Canadense: Você conhece  bem o país que deseja morar?
– Expat Arrivals – Q & A about moving to Toronto
– Morar em Portugal – Perguntas e respostas sobre morar em Portugal.
– Blog Mapa de Londres – Como é morar em Londres

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

Deixe um Comentário