A febre do Pokémon Go em Toronto

Um dos principais assuntos na mídia aqui em Toronto é o novo jogo Pokémon Go. Ele foi lançado oficialmente dia 17/07 aqui no Canadá mas várias pessoas já estavam jogando antes, não sei como. De tanto que ouvi falar fiquei curiosa e acabei baixando o aplicativo hoje para testar. Para quem ainda não conhece vou explicar o que é e contar o que achei do jogo.

pokemon-2Pikachu no meu quintal

Pokémon não é nenhuma novidade mas a forma como eles relançaram sim. No novo jogo você só consegue achar os Pokémons se sair andando para procurar. O app funciona com o GPS do celular e mostra um mapa da região onde o usuário está. No mapa, fica marcado os locais onde estão escondidos os bonequinhos. A medida que você vai colecionando, vai subindo de nível e a partir do nível 5 já pode colocar os Pokémons para lutar ou treinar. Pokémons raros, te dão mais pontos. Eu não explorei completamente o Pokémon Go mas basicamente é isso.

As pessoas estão numa febre incrível por causa desse jogo e a rua está cheia de gente com o celular na mão procurando Pokémons. Inclusive no dia do lançamento tinham mais de 1000 pessoas na base da CN Tower brincando. Surreal!

pokemon-1No meu quintal

O mais interessante de tudo é que o jogo abriu uma nova possibilidade de marketing e muitas atrações de Toronto já estão explorando isso. O Aquário, por exemplo, está promovendo um evento até o dia 24/07/2016 com vários Pokémons raros dentro do prédio e quem pegar o mais raro vai ganhar $5000! Além do prêmio principal há sorteios de prêmios menores ($100). Imagina o aumento no número de visitas que eles vão ter!

Então se você procura uma alta concentração de Pokémons, ande pelo centro da cidade de preferência perto das principais atrações turísticas de Toronto e dentro delas também!

Eu achei a interface do jogo legalzinha, gostei da integração da realidade com o virtual e do incentivo de fazer exercícios, ao invés de jogar sentado. Mas acho que a probabilidade de se meter em acidentes por falta de atenção andando pelas ruas, aumenta bastante. Joguei até o nível 4 e achei sem graça, pode ser que depois quando a pessoa possa lutar e treinar, fique melhor. Sinceramente, mesmo gostando de jogos, esse não apelou muito para mim. Realmente não me vejo saindo por aí pra caçar Pokémons. Tanta coisa melhor para fazer… Não quero ofender ninguém, é apenas minha opinião.

pokemon-5Na minha sala

Não condeno o jogo mas sim o fato das pessoas se esquecerem da vida, chega a ser ridículo ver os exageros cometidos para achar um bonequinho. Quer brincar, tudo bem, mas não perca a noção da realidade. #prontofalei

Eu vi esse video hoje e não consegui parar de rir. Bem assim viu…

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

Deixe um Comentário