A designer, a voluntária e a paciente

imageDepois de ficar um mês sem escrever um post e duas semanas sem postar nada no Facebook me sinto na obrigação de justificar esse hiato. A verdade é que não foi apenas por um motivo e sim uma combinação de fatores que me fizeram sumir da blogosfera.

Primeiro o trabalho. Para quem não sabe, sou graphic designer e tenho pego freelas sempre que aparecem. Nesse último mês fui presenteada com três clientes. Pessoas maravilhosas a quem eu agradeço de coração pelo voto de confiança. Três brasileiras em partes diferentes do mundo começando seus próprios negócios. Foram logotipos, rótulos, panfletos, cabeçalho para loja virtual e plano de marketing (estou preparando meu site profissional então vou deixar para apresentar o portfolio lá).

O segundo motivo foi o trabalho voluntário na biblioteca da escola da minha filha. Era uma coisa que queria fazer a muito tempo e quando vi o anúncio não hesitei. Vou duas vezes por semana e fico lá 3 horas. Eles estão mudando o sistema e todos os livros do acervo precisam ser cadastrados e etiquetados com um código de barras. Inicialmente eu só colava as etiquetas e arrumava na prateleira, agora já estou íntima com o sistema. A bibliotecária até me deixou sozinha na última sexta-feira 😉 Ah, e já estou escalada para trabalhar na feira de livros. Para mim está sendo uma experiência ótima, uma forma de ter a interação social  que não tenho trabalhando em casa e de aprender mais sobre como funciona a escola.

image

O terceiro motivo do sumiço foi a saúde. Na primeira semana de Outubro peguei uma dessas viroses que se espalham por aqui nessa época. Parecia uma gripe comum mas ao invés de melhorar, eu piorava. Depois de duas semanas tive que ir ao médico pois a coisa estava feia. Voltei com uma receita na mão e um diagnóstico de rinossinusite (rinite + sinusite). Me passaram 4 remédios! Logo eu que nunca fico doente… Enfim, tomei os remédios e no dia seguinte acordei numa montanha russa, tudo rodava e mal conseguia ficar de pé. O marido ficou em casa com as meninas e fui de taxi pro hospital. Cheguei lá nas últimas, quase desmaiando. Ainda bem que não tinha febre senão a mulher ia achar que era Ebola. De longe ela perguntou se eu tinha viajado recentemente ou tive em contato com alguém que viajou. Negativo para as duas perguntas ela continuou com o questionário padrão para definir o que fazer comigo. Na metade do interrogatório eu já estava na maca semi apagada. Diagnóstico: reação alérgica a um dos remédios. Acabei passando o dia no hospital e ficando mais dois de molho em casa.

Tinha combinado de começar os freelas em datas diferentes para não embolar o meio de campo mas com a confusão de ficar doente foi exatamente o que aconteceu. Ainda bem que no fim deu tudo certo e consegui terminar dois dos trabalhos que tinha começado, o terceiro está quase. Mas o blog, como sempre, é o primeiro a ser deixado de lado na hora do aperto. Pronto, foi isso gente. Agora já estou 100% e retomando a rotina normal.

Photo: “Emergency” de Nate Brown via Flickr Creative Commons

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

16 Resultados

  1. oi Livi, que legal descobri seu blog. Sou designer, moro em Brasilia com marido e 3 filhos e estamos iniciando as pesquisas para imigrar… inicialmente Vancouver. Muito complicado ficar doente ai? Fiquei preocupada quando li seu post.

    • Livi disse:

      Ficar doente é sempre complicado né? 😀 O que dificulta bastante é a falta da família para dar um suporte nessa hora.
      Vancouver é a California do Canadá, boa sorte!

  2. Duda disse:

    Ola Livi, tudo bem?? Sou tbm sou designer gráfico e queria ir pra toronto fazer uma faculdade de animação que eu vi e gostei bastante, vc saberia me dizer como que e a profissão ai?? se e fácil arrumar emprego na área? Pois queria trabalhar ao mesmo tempo que faria o curto, pois não queria depender da minha família para sustentar toda a viagem. Você acha que recém formada em Design gráfico e bacharel em artes e design e começando licenciatura, mas com o inglês intermediario eu possuo chances de conseguir vaga nas universidades dai e algum emprego?
    Adorei o blog ja esta nos meus favoritos =D

    Beijos

    • Livi disse:

      Oi Duda,

      Para ser sincera não sei como está o mercado. Estou fazendo freelas em casa mesmo. Acho que com seu diploma entrar numa faculdade aqui não será problema. Precisa melhorar o inglês e ter um pouco de experiência no mercado canadense antes de arranjar um emprego melhor. Talvez através da faculdade seja mais fácil conseguir um estágio e depois um emprego. Um bom lugar para ver a oferta de empregos e os pré-requisitos é no Workopolis
      Um abraço

  3. Camila disse:

    Oi Livi tudo bem? Eu estou um mês em Toronto e vou ficar mais dois meses… Preciso voltar falando o idioma para o Brasil, mas só a escola estou achando muito pouco, queria alguem que treinasse conversação comigo! Você pode me ajudar por favor? Eu preciso muito mesmo…. Se nao for abusar muito segue meu e-mail, para você me responder diretamente por lá! camila.diniz.andrade@hotmail.com Peço muito a sua ajuda mesmo! Obrigada desde já!

    • Livi disse:

      Oi Camila,

      Minha sugestão para você seria procurar atividades para ficar envolvida com o idioma e praticar. Se sua escola não for tempo integral tente frequentar os cursos gratuitos de ESL da biblioteca pública.

      Veja se sua escola tem alguma parceria para colocar os estudantes em trabalhos voluntários que promovem o aprendizado do idioma. Caso você mesma queira procurar dá uma olhadinha no site do Volunteer Toronto

      Boa sorte!

  4. Ana disse:

    Livi, que perreio! Ainda bem que você está melhor! E bom saber dos outros agitos, dos clientes e do voluntariado. Eu também voluntario na biblioteca das meninas e curto muito. Muito bom a gente ser útil para os outros né?

    • Livi disse:

      Nem me fale Ana! Aqui no Canadá não podemos nem pensar em ficar doente.
      Estpu adorando o serviço voluntário, me sentindo muito útil e fazendo novos amigos.
      Beijos

  5. Querida, tirando a virose, adorei as notícias!

  6. ginapsi disse:

    Aff! Que sufoco! Graças a Deus você está bem e mantenha junto com você um aviso de que não pode usar esse tal remédio! Tudo acabou bem e agora é só alegria. Sucesso na nova carreira!
    Bjão Filhota!

  7. Martha Rodrigues disse:

    Nossa Lívi quanta coisa aconteceu, mas que bom que deu tudo certo e você nos presenteia novamente com seus belos textos, fotografias e lugares interessantes para conhecer. Sucesso Designer!!!!! Isso é só o começo de um trabalho que é realizado com muita dedicação e carinho. Bjs!!!!

  8. Bom saber notícias suas e apesar do perrengue de ter ficado doente… a vida profissional está seguindo! É isso aí …

    Muito sucesso Livi …
    Bjão,
    Mi

Deixe um Comentário