Costumes canadenses que eu NÃO adquiri

Enquanto escrevia o post sobre os costumes canadenses que adquiri ao longo de tantos anos morando aqui, fiquei pensando nas coisas que ainda são estranhas para mim. Então para ser justa com a brasileira que tem dentro de mim, estão aqui 10 costumes canadenses que eu NÃO consegui me acostumar . 🙂

1- Parabéns sem palmas

Na hora de cantar o Happy Birthday eles não batem palmas. Parece uma coisa formal, ou uma obrigação, todo mundo cantando meio sem entusiasmo. Acho tão sem graça. Eu não consigo me acostumar com isso, tenho que fazer um esforço imenso para conter minhas mãos. O meu marido bate palmas até hoje mesmo sabendo que aqui não se faz isso.
No aniversário das minhas filhas trato logo de cantar o parabéns em português e bato palmas até doer as mãos.

2- Uso excessivo do Hand Sanitizer

Com certeza do ponto de vista canadense eu sou a pior mãe do parquinho porque não carrego comigo uma coleção de hand sanitizers (álcool gel).

Como eles são super neuróticos com germes sempre levam na bolsa vários frasquinhos de hand sanitizer para lambuzar as mãos das crianças. Não me entenda mal, não sou contra o uso mas sim contra o uso excessivo. Eu prefiro usar apenas quando não tem água e sabão para lavar as mãos ou quando vou a hospitais/ clínicas médicas.

A maioria dos canadenses usam  hand sanitizer para tudo, várias vezes ao dia.

PURELL

3- Usar qualquer pano para enxugar o chão

Uma coisa que realmente não entendo é que os canadenses tem tanta neurose com germes mas quando algum líquido cai no chão, eles pegam o primeiro pano que estiver pela frente para enxugar, seja a toalha de pratos ou a de rosto do banheiro. A justificativa: depois é só lavar com água quente (junto com as outras toalhas mesmo). Não dá para mim…

4- Sair de casa com roupa super amassada

As pessoas aqui saem na rua com a roupa mais amassada do que dinheiro de bêbado e não estão nem aí. Eu não passo todas as roupas que uso mas dou uma alisada básica e dobro assim que saem quentinhas da secadora. Não ficam perfeitas mas também não ficam super amassadas. Uso em casa na boa mas se for sair, eu passo as que estão em pior estado. Eu admiro a auto confiança deles para sair sem se importar com essa besteira mas eu não consigo.

5- Usar a dishwasher para lavar outras coisas, além de pratos

Outra coisa que não faz sentido para mim. Eles tem nojo de tudo mas colocam a vasilha de comida do gato ou cachorro para lavar dentro da dishwasher (lava-louças). Também colocam esponjas, vassoura, boné, tênis e por aí vai. Tá duvidando? Então veja essa matéria da revista Today’s Parents com a lista de coisas que você pode colocar na lava-louças para facilitar sua vida.

A justificativa é que vai desinfetar tudo na lavagem em alta temperatura. Pode até ser mas não vou colocar uma bota de borracha no mesmo lugar que lavo o meu prato. Eca!

dishwasher-526358_640

6- Não tomar banho todos os dias

São poucas as pessoas que tomam banho todos os dias aqui, especialmente no inverno. No verão a frequência normal é dia sim, dia não. No inverno espera-se dois dias (ou mais) entre banhos.

Quando minhas filhas eram bebês a pediatra enlouquecia quando eu dizia que dava banho todos os dias. “Tomar banho todos os dias faz mal pra a pele”. Pode até ser mas o meu lado brasileiro prefere arriscar.

Detalhe: minhas filhas nunca tiveram nenhum problema de pele.

7- Banho de manhã e não de noite

Outra coisa super comum é tomar banho de manhã para sair arrumadinho pro trabalho mas não tomar à noite, quando chegam em casa. Dormem sem tomar banho. Qual é a lógica disso? Se vai tomar apenas um banho no dia, que seja antes de dormir.

8- Pagar para ir em casamentos

Nas festas de casamento os convidados deixam envelopes com dinheiro para os noivos. É de bom tom dar um valor que cubra a sua parte no buffet e mais um extra de presente aos recém-casados. O valor pode variar de $50 a $250 por cabeça. Quanto mais pomposo o casamento mais dinheiro é esperado no envelope.

É o tipo da coisa que faço porque não tem jeito mas não me acostumo com o conceito de ter que pagar pela festa alheia.wedding-1353829_640

9- Sair pela rua de pijama

Tem muita gente aqui que sai de pijama na rua, na boa. No mercado, na padaria, pra comprar café, pra levar as crianças na escola, pra varrer a calçada…

Não me importo com as pessoas de pijama na rua, apenas não aderi a moda.

10- Planejar uma agenda de brincadeiras

Isso é uma coisa que notei recentemente e não estou bem certa se é um costume de todas as crianças canadenses ou apenas do círculo de amizade das minhas filhas (5 e 8 anos).

Quando vem amiguinhas brasileiras aqui em casa elas brincam sozinhas com as meninas horas e horas, inventando suas próprias brincadeiras.

Já as crianças canadenses esperam que o adulto tenha uma programação de atividades para o playdate (que é como se chama quando as crianças se encontram para brincar).

Elas brincam sozinhas por um tempo e depois ficam o tempo todo me perguntando o que tem para fazer (e olha que nós temos milhares de brinquedos, cama elástica e parquinho).

Eu até entendo que quando as crianças são novinhas os adultos precisam ficar por perto, sempre direcionando e ensinando como interagir. Mas com 5 e 8 anos?

E você que mora/morou aqui, quais os costumes canadenses que NÃO adquiriu?

Imagens: domínio público

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

10 Resultados

  1. Rodrigo disse:

    Canadense é super polite mas quando passam na sua frente no mercado, quando vc está olhando as prateleiras, não falam sorry nem excuse me. Aprendi isso nos EUA e não me acostumo com esse jeito, mas também não me incomoda, só acho educado.

  2. Ester disse:

    Ainda não vi nenhum canadense de pijama na rua , aqui em Ottawa as pessoas não são tão ”extravagantes”rsrsrs

  3. Patricia disse:

    Adorei o post, Livi! Moro em Toronto faz 1 ano e já percebi esses costumes! Acho engraçado como as pessoas “fogem” de você quando você está gripada e dizem em alto e bom tom para trabalhar de casa para “não disseminar o vírus” (no meu caso, que podia fazer home office, era assim). Outra coisa que achava curiosa é de não terem o hábito de escovarem os dentes depois do almoço (as pessoas sempre me perguntavam porque eu estava fazendo aquilo, se era porque eu tinha passado mal, já que eu estava grávida, rsrs).

  4. Carol disse:

    Hahaha Adorei esse post! Eu tambem nao me contenho na hora dos parabens 🙂 bato palma sempre. Muito bom! Bjs

  5. Luciano disse:

    Pode me chamar de canadense 🙂 algumas destas coisas a fazemos aqui em casa. a tigela da comida da gata e esponja vão pra lava-louças, levo o lixo de pijama na boa, não dou muita bola se a roupa está amassada e confesso que já pequei pano de louça pra limpar o chão!

  6. Cristine disse:

    Tem coisas q vi em um mês no Canadá q não considerei habito de “higiene” deles e sim costume. São muito controversos… e não os achei muito higiênicos em vários aspectos. Mas é engraçado q alguns detalhes são culturais mesmo. Questão de banho e etc… na Europa tb é assim. Tem q levar em consideração a colonização q vem de pessoas muito brancas, e pra certas peles realmente a quantidade de banho e clima afetam bastante. Eu sofro com isso, sendo muito branca e morando no Brasil rs. Minha pele é muito sensível e no inverno eu descamo! Então entendo q aí onde realmente faz frio eles não tomem tanto banho.

    Agora, qnto ao álcool gel… serei sincera, foi a única coisa q achei ótima rs. Quem dera fosse assim no Brasil….teríamos menos crianças doentes. Minha mãe sempre incentivou a lavar as mãos e não pegar nas coisas por aí… agora sempre ando com gelzinho na bolsa e lencinho no carro ou na mochila. E os amigos sempre me pedem rs.

    Mas realmente eles são controversos… misturar as “sujeiras” não tem lógica! Pode desinfetar mas as partículas podem ficar, grudar, enfim! Eca!

    Casamento = devem ter aprendido com os orientais! Agora, ninguém tem a “esperteza” e a animação dos brasileiros!

    Abs

  7. Celia disse:

    to contigo em todos os pontos acima mas principalmente no parabens. Todos meus amigos canadenses agora comecaram a bater palmas no happy birthday pq eu sempre batia palmas. Virou mania pra eles tbm. 🙂

Deixe um Comentário