Costumes canadenses que eu adquiri

No tema de agosto no projeto #VidaemTO vamos falar dos costumes canadenses que nós adquirimos depois que viemos morar aqui. No meu caso, depois de morar em Toronto tantos anos (14) já mudei bastante em relação a pessoa que eu era quando cheguei aqui.

Acho que de uma certa forma isso acontece com qualquer pessoa que sai do local em que nasceu. A gente vai se adaptando aos poucos e sem perceber vai mudando nossos hábitos né?

Como seria impossível falar de tudo, vou listar os 10 costumes que vieram primeiro na minha cabeça.

costumes-canada-1

1- Não entrar em casa com os sapatos da rua

Tirar sapatos ao entrar em casa, ou na casa dos outros, é uma das primeiras coisas que aprendemos ao mudar para cá. Ninguém aqui entra com o sapato que andou na rua em casa. No inverno é comum colocar um tapete de plástico junto a porta para colocar as botas sujas de neve. Algumas pessoas tem chinelos ou pantufas para os visitantes mas eu ainda não aderi a essa moda. No inverno é comum nas escolas e nos escritórios levar um sapato reserva para trocar, chamado indoor shoes. Então esse costume nós somos meio que obrigados a seguir.

2- Falar sorry e thank you para tudo

Os canadenses tem a fama de serem super educados, agradecem e se desculpam até demais. Eles pedem desculpas até quando nos esbarramos neles. Isso está mudando bastante mas quando cheguei aqui em 1998 era bem mais exagerado e eu acabei pegando por osmose. Mas não peço desculpas se alguém se bate em mim. Sorry, o sangue é baiano. 🙂

3- Espirrar no cotovelo

Na hora de espirrar, os canadenses cobrem a boca com o cotovelo ao invés da mão. Isso diminui o risco de espalhar germes através de um aperto de mão. Com tempo acabei acostumando a fazer o mesmo.

4- Andar pela rua com um copo de café

As pessoas andam na rua numa boa com seu copo de café. Alguns trazem de casa num copo térmico, outros compram nos Tim Hortons da vida. No meu caso, que não bebo café, é chocolate quente ou chá. Mas o copo tá na mão, especialmente no inverno.

kortright-pascoa-sugarbush-28

5- Comer Maple Syrup

Esse xarope é feito da seiva da árvore bordo, que é o símbolo do Canadá. Eu não conhecia o maple syrup antes de vir morar aqui e depois que conheci fiquei viciada. Adoro colocar por cima das panquecas e usar como calda de pudim de leite.

6- Frequentar bibliotecas

Apesar de gostar muito de ler, eu aprendi a frequentar bibliotecas aqui em Toronto. O sistema de bibliotecas daqui é fantástico e disponibiliza muito mais do que livros.

7- Colocar presentes em sacolas

Na hora de dar presentes, quase ninguém faz aquele embrulho lindo com papel. Talvez pela praticidade a maioria prefere comprar uma sacola de papel bonita para colocar o presente dentro. Eu como não tenho saco para embalar presentes então tratei logo de aderir.

presentes-1

8- Celebrar o Dia de Ação de Graças

Eu não dava muita bola para o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving), que no Canadá acontece no segundo fim de semana de Outubro. Para mim era apenas mais um feriadão. Mas depois que as meninas foram para a escola começaram a pedir para celebrarmos em família. Agora virou tradição fazer uma ceia com peru e tudo.

9- Agradecer no trânsito

Eu aprendi a dirigir aqui e era super comum levantar a mão para agradecer quando um carro dava o direito de passagem ou fazia outra gentileza no trânsito. Lembro que a primeira vez que a minha mãe veio me visitar ela perguntou porque eu levantava a mão toda hora. Hoje poucas pessoas fazem isso mas eu já acostumei e continuo fazendo.

10- Usar produtos de segunda mão

Outra coisa super comum e que todo mundo faz aqui é comprar e vender produtos usados. Ninguém tem vergonha de usar uma coisa de segunda mão. Se não serve mais e está em boas condições doamos ou vendemos. Quando cheguei aqui comprei todos os móveis da minha casa usados.

E você, conta quais os costumes canadenses já fazem parte da sua vida.

E as outras blogueiras do projeto, o que será que escreveram? Não deixem de conferir!

Mirella | Blog Casal Mikix

Gabriela | Gaby no Canadá

Mariana | Virei Canadense

Caroline | Minha Neve e Cia

Isa | Delineado Gatinho

Carina | Outside Brazil


Precisando de Hotel em Toronto? Então reserve pelo Booking.com

Reservando por esse link eu ganho uma pequena comissão que ajuda a pagar os custos de manutenção do site. Você não paga nada a mais por isso. Obrigado pelo apoio!

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

10 Resultados

  1. Katarina Pitombeira disse:

    Livi, onde você comprou seus móveis usados?

    • Livi disse:

      Oi Katarina,
      Os meus móveis usados foram doados por uma amiga. Mas se você quiser procurar móveis usados eu sugiro olhar no Kijiji. Antes de comprar compare com os preços da Ikea pois eles tem opções super baratas. Beijos

  2. Ester disse:

    ainda não gosto de maple.. Mas me acostumei bastante com os costumes daqui do Canadá. beijos

  3. Luciano disse:

    Sou canadense e não sabia! Só a 6 ficou de fora!!

  4. Carol disse:

    Hehehe eu podia ter escrito as mesmas coisas 🙂 Adorei! Eu antes adorava embrulhar presentes com papel, fazer todo bonitinho cheios de dobras. Agora vai na sacola mesmo, só de vez em quando raramente eu mato esse meu desejo reprimido de embrulhar com papel 😀 bjs

  5. O número 7 eu nunca tinha notado, até que no batizado do Thomas a familia achou estranho que todos os presentes vinham em sacolas lindas. Eu acho muito mais bonito entregar com sacolas! 🙂

  6. Nossa… você lembrou de umas coisas que eu esqueci 🙂
    Adorei sua listinha!

  1. 15/08/2016

    […] Neve e Cia Gabriela Ghisi: Gaby no Canadá Isabela Mascarenhas: Delineado Gatinho Livi Souza: Baianos no Polo Norte Mariana Cimini: Virei Canadense Carina Iani de Barros: Outside […]

  2. 15/08/2016

    […] daqui de Toronto. Conheça os outros posts: Outside Brazil Minha neve e cia Gaby no Canadá Baianos no pólo norte Virei canadense […]

  3. 15/09/2016

    […] daqui de Toronto. Conheça os outros posts: Outside Brazil Minha neve e cia Gaby no Canadá Baianos no pólo norte Virei canadense […]

Deixe um Comentário

Close