Como solicitar ajuda financeira do governo de Ontário durante greve dos professores

Ontem, na saída da escola, as professoras estavam distribuindo panfletos avisando que as escolas católicas irão fazer uma paralisação no dia 21/1/2020. Infelizmente, até o momento não houve acordo com o governo, então eles irão iniciar paralisações a menos que algo seja feito antes. Eu expliquei alguns motivos da disputa e possibilidade de greve nesse post sobre work-to-rule. Haverá paralisação no dia 20/1 também, porém escolas diferentes. Como as paralisações acontecem a nível provincial, o melhor é acompanhar as notícias referentes a escola que o seu filho estuda para saber que dia e se vai parar.

Greve nas escolas de Ontário

Em caso de greve ou paralisações dos professores, o governo de Ontário prometeu compensar financeiramente os pais com até $60 por dia, por criança. Todas as vezes que as escolas fecharem, os pais recebem.

Esse dinheiro é para minimizar o impacto que a greve terá no bolso dos pais caso eles precisem pagar um lugar ou pessoa para cuidar da criança. Essa compensação será retroativa, então se a escola do seu filho foi afetada por alguma paralisação durante o ano letivonde 2019/2020, você receberá o dinheiro.

Valores recebidos por aluno

O governo pagará um valor diferente, que vai depender da idade das crianças. Crianças mais novas receberão uma ajuda financeira maior pois custa mais caro para mantê-las numa creche, babá ou programa educativo.

Os valores são os seguintes:

  • $60 por dia – crianças de até 6 anos que ainda não estão matriculados na escola mas frequentam uma creche dentro de uma.
  • $40 por dia – alunos no kindergarten
  • $40 por dia – alunos com necessidades especiais do kindergarten ao grade 12.
  • $25 por dia – alunos do grade 1 ao 7.

Os mais velhos não recebem nada pois já têm idade para ficarem sozinhos em casa.

Como solicitar

O registro pode ser feito online no site do Governo de Ontário.

O processo é bem simples, bastar colocar o nome completo da criança, data de nascimento e escola, ou creche, que ela frequenta.

Em seguida, preencha o nome de um dos pais, endereço e escolha se prefere receber através de depósito em conta ou cheque.

No fim será gerado o número do protocolo. Anote.

Não é necessário apresentar nenhum recibo. Quem escolheu cheque como forma de pagamento, irá receber quando a greve acabar. Quem escolheu depósito em conta, receberá o primeiro pagamento em aproximadamente 2 semanas. Será permitido enviar apenas um formulário por criança.

Pensando com meus botões

Não quero entrar num debate político, nem discutir quem está certo, o objetivo do post é apenas informar como você pode solicitar o dinheiro que será pago pelo governo. Mesmo assim não consigo parar de me perguntar se essa medida é realmente uma boa ideia.

Eu concordo que o dinheiro irá beneficiar várias famílias e ajudar a pagar uma creche, babá ou camp durante a greve, mas será que esse dinheiro não seria melhor investido na educação dos nossos filhos? O governo quer fazer cortes na educação para economizar mas vai gastar quanto mesmo com essa medida?

Segundo o ministro de educação, se todas as escolas de Ontário entrarem em greve no mesmo dia e todas as famílias solicitarem a ajuda financeira, será um gasto de 48 milhões por dia! Ele também explicou que parte do dinheiro usado para pagar aos pais será tirado do salário dos professores durante a greve (ou melhor, da verba destinada a isso). Quando os professores fazem greve, eles não recebem nada.

Eu gostaria apenas que essa disputa fosse resolvida para evitar a greve, de uma forma que não prejudicasse os estudantes.

De qualquer maneira, fica a dica e a explicação de como pedir essa grana.


Foto de capa: Shutterstock/ foto do post: domínio público

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Sandra Alves disse:

    Concordo com seus comentários. Não queremos dinheiro, queremos que os nossos filhos continuem estudando e aprendendo.
    Os professores devem ser valorizados e respeitados!

  2. Kleber disse:

    Governo imbecilóide e insensível à causa dos professores e dos pais.

    Não é a primeira vez que, ao invés de sentar numa mesa de negociação, tenta jogar pais contra professores. Foi o mesmo na era Mike Harris.

    Temos que continuar a apoiar os professores para termos turmas menores e atividades extra-classe.

Deixe um Comentário