Vida no Canadá: Como é morar em Victoria, British Columbia

Em mais um post da série, a Priscila, do blog Embarque com a Pri vai contar um pouco sobre como é morar em Victoria, na província de British Columbia. Depois não deixem de passar no blog dela para conferir mais dicas!

Victoria

Se apresente.

Priscila Carda, Victoria na Província de British Columbia. Moro aqui faz quatro anos e meio. Porém tinha morado anteriormente por 1 ano e meio em 2011, quando fiz um programa chamado Canadian Internship Program pela Universidade de Victoria. Nesse programa o aluno estudava inglês e depois trabalhava no atendimento ao público para praticar o idioma. Infelizmente esse programa não existe mais.

Quem mora com você?

Meu marido e o meu bebê.

Victoria

Fale um pouco sobre a sua cidade

Victoria é a segunda maior cidade da província, situada na parte sul da Ilha de Vancouver. É um dos principais destinos turísticos do Canadá. É conhecida como “A Cidade dos Jardins” devido aos lindos e coloridos jardins espalhados pela cidade. Como Victoria fica em uma ilha e não tem acesso por terra, há somente duas formas de se chegar à cidade: avião ou ferryboats. Victoria tem aproximadamente 80 mil habitantes, com cerca de 330 mil habitantes na região metropolitana, conhecida como Greater Victoria.

Por ser a capital da província de Colúmbia Britânica, um dos maiores empregadores é o Governo de BC. Tecnologia é outro setor muito importante por aqui. Dizem que a área de TI já está passando o Governo e Turismo & Hotelaria quando o assunto é empregabilidade. Há cerca de 900 empresas de tecnologia que empregam 15.000 pessoas na área da Grande Victoria, gerando um impacto econômico de cerca de CAD $4 bilhões por ano.

Como é o clima?

O clima em Victoria é ameno. Ela é considerada a cidade mais “quente” do inverno canadense. O inverno é curto, com pouca neve, e as temperaturas quase nunca chegam abaixo de zero. O verão é seco com temperatura agradável, média de 26 graus.

Muitos me perguntam se realmente chove muito aqui como em Vancouver. Apesar de estar na costa oeste, conhecida por ser uma região chuvosa, em Victoria chove metade do que chove em Vancouver. Muitos acham que aqui chove muito como em Vancouver devido a proximidade, mas não é verdade.

Tenho um post no blog que detalho como é o clima e temperatura em cada estação: O Clima e a Temperatura em Victoria no Canadá!

Por que escolheu essa cidade para morar? Caso tenha morado em outra cidade canadense antes, o que te levou a se mudar?

Quando eu vim a primeira vez em 2011 estudar inglês, estava buscando uma cidade que não tinha o inverno rigoroso. Eu não queria lidar com a neve no meu dia a dia. Então acabei encontrando Victoria.

Porém não é só o clima que me faz querer continuar morando aqui, o estilo de vida mais simples e tranquilo são outros fatores que me atraem. Aqui as pessoas se vestem de maneira bem mais simples, gostam de atividades ao ar livre e buscam um ritmo mais calmo.

Eu morei na Grande São Paulo a minha vida toda e estou cansada de cidade grande, trânsito, barulho, trabalhar muito. Aqui o ritmo é outro. Não trabalhamos que nem uns loucos, temos tempo para cuidar de nós e da nossa família. A qualidade de vida aqui é altíssima. Isso me encantou em Victoria!

Que tipo de imóvel você mora? Foi difícil encontrar?

Moro em um apartamento de dois dormitórios. Foi difícil de encontrar algo com as características do apartamento que queríamos. Morávamos no centro em um apartamento antigo, com lavanderia compartilhada. Com a chegada do bebê, resolvemos mudar para um apartamento melhor.

Nossas exigências eram que tivesse a máquina de secar e lavar dentro do apartamento, com fácil acesso para o centro e dois quartos. Demoramos uns cinco meses para achar algo novo e bom, com um preço não tão alto.

Qual é o preço médio de aluguel de um imóvel similar ao seu?

O preço médio de aluguel de um imóvel na região que moramos é de $ 1,700, sem nada incluso, para um apartamento novo e espaçoso com 2 dormitórios e lavanderia. Estamos cerca de 30 minutos de transporte público do centro da cidade.

Tivemos que sair da região central, pois o aluguel de um apto novo de dois quartos com lavanderia super pequeno está na média de $2,300 por mês.

Como é o transporte público da sua cidade? Dá para se virar sem carro?

De forma geral é muito bom. Eu uso mais o transporte público do que o carro. Eu e o meu marido vamos trabalhar de ônibus sem problemas. É mais fácil e econômico ir de transporte público para região central durante a semana, do que de carro. Já aos finais de semana é meio limitado dependendo para onde você for, então usamos mais o carro.

Victoria tem diversas ciclovias e esse acaba sendo um meio de transporte muito utilizado por aqui. Nos prédios empresarias há locais para guardar as bicicletas e vestiários com chuveiros para os funcionários tomarem banho antes de começar a trabalhar.

Como é o custo de vida?

Moradia deixa o custo de vida alto. O aluguel não é barato e comprar uma casa muito menos. Comida depende muito do estilo de vida de cada um. Eu sigo a linha mais saúdavel, então gasto mais no mercado. Como você sabe junk food no Canadá é barata, já frutas e legumes nem tanto.

Vou dar alguns exemplos do que eu comprei essa semana no mercado: carne moída da melhor qualidade 14.99/kg. O pacote com a rúcula lavada (feira limpa) $5.00, leite de amêndoas $4.00 o litro, e abacaxi em pedaços já descascado $6.00.

O passe diário para andar de ônibus custa 5.00 e o mensal 85.00.

Foi muito difícil encontrar trabalho?

No meu caso sim e não. O problema é que a minha área não existe aqui. Sou formada em Turismo e trabalhei por mais de dez anos com Viagens e Eventos Corporativos.

As empresas que prestam serviços nessa área estão concentradas em Toronto, e as oportunidades em Victoria são em turismo de lazer, área que eu não gosto muito, prefiro lidar com clientes corporativos.

Eu já sabia de tudo isso quando voltei para Victoria, então vim aberta para trabalhar em qualquer área. Esse também foi um dos motivos que me levaram a fazer um Curso de Diploma em Business Administration na Universidade de Victoria.

Importante mencionar que apesar de não ser uma cidade grande, Victoria está cheia de oportunidades de trabalho, só que muitas vezes não é na área desejada. Muitos acabam mudando de profissão porque querem ficar em Victoria devido a qualidade de vida. Outros não querem mudar de área e acabam indo para cidades maiores como Vancouver, Calgary e Toronto.

Pontos positivos e negativos sobre morar nessa cidade.

O clima, a qualidade de vida e a segurança com certeza são os pontos fortes de Victoria.

O custo alto com moradia e um mercado de trabalho limitado, dependendo da área, são pontos que devem ser considerados.

Victoria

Que conselho, ou dica,você daria a alguém que esteja pensando em morar nessa cidade.

Lembre-se que a cidade fica em um ilha, sendo que as únicas opções de transporte para chegar e sair daqui são avião ou ferry boat. Portanto, cada vez que você viajar para algum lugar que não seja na ilha, não somente pagará mais caro por isso, como precisa considerar que irá gastar mais tempo.

Para vocês terem noção, uma passagem para o Brasil pode custar cerca de 400 dólares a mais se o voo sair de Victoria ao invés de Vancouver. As opções de voos para outras cidades canadenses ou partes do mundo são bem limitadas.

Pense no valor alto do aluguel e que não é tão fácil achar algo disponível, principalmente, quando começam as aulas nas universidade (meses de agosto e setembro). Victoria além de ser uma cidade turística, é também universitária.

Tenho muitos amigos e conhecidos que saíram de Victoria nesses últimos dois anos, pois queriam comprar uma casa e não tinham condições financeiras de comprar uma aqui.

Agora que eu preciso de daycare descobri que esse é um ponto negativo por aqui. Coloquei o meu filho em diversas listas de espera duas semanas depois que ele nasceu, e mesmo assim pode ser que eu não consiga uma vaga para daqui um ano. O custo com creche também é alto. A mais barata que eu encontrei custa $1200 por mês, sem refeições inclusas e a mais cara, $1700 com refeições. Esses valores são para 5 dias na semana e 8 horas por dia.

Tenho um post no blog que aconselho a leitura:  5 motivos para não morar em Victoria!

Para conhecer um pouco mais sobre a Priscila e a vida em Victoria (BC), não deixe de acompanhá-la:

Blog: www.embarquecomapri.site
Instagram: @embarquecomapri
Facebook: facebook.com/embarquecomapri

* Fotos: arquivo pessoal da Priscila.


Se você mora em alguma outra cidade canadense e gostaria de participar desse projeto, me manda um email no baianosnopolonorte arroba gmail ponto com (escrevi assim senão fico recebendo um monte spams). Vou dar preferência a quem possui um blog, canal no Instagram ou YouTube, sobre o Canadá. Mas não é obrigatório.

Outros posts já publicados:

Como é morar em Toronto (ON)

Como é morar em Mississauga (ON)

Como é morar em Bathurst (NB)

Como é morar em Ottawa (ON)

Como é morar em Halifax (NS)

Como é morar em North Bay (ON)

Como é morar em Calgary (AB)

Como é morar em Brandon (MB)

Como é morar em Newmarket (ON)

Como é morar em Windsor (ON)

 


Esse projeto foi inspirado em outros posts similares, que recomendo a leitura

– Blog Colagem – Como é morar nos EUA
– Blog Canadiando – Imigração Canadense: Você conhece  bem o país que deseja morar?
– Expat Arrivals – Q & A about moving to Toronto
– Morar em Portugal – Perguntas e respostas sobre morar em Portugal.
– Blog Mapa de Londres – Como é morar em Londres

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

Deixe um Comentário