Coisas do Canadá: Você sabe o que é crossing guard?

crossing-guardDecidi começar um novo projeto, vou escrever uma vez por semana alguma curiosidade sobre o Canadá. Pode ser uma comida, um costume, algo do dia-a-dia, histórias, enfim coisas do cotidiano. Vou chamar o projeto de “Coisas do Canadá”. No Jornal Nacional daqui (The National) tem um quadro chamado Only in Canada (Somente no Canadá) onde sempre mostram algo interessante que acontece aqui. Pensei em fazer algo parecido, mostrar mais sobre o país, como funcionam as coisas ou o que tem de diferente em relação ao Brasil. Vou começar falando dos crossing guards.

Traduzindo ao pé da letra crossing guard seria guarda de travessia. Esses guardas são pessoas que trabalham para a polícia nos cruzamentos (com ou sem semáforo) perto de escolas para orientar, ensinar e de uma certa forma aumentar a segurança das crianças e adolescentes na hora de atravessar a rua. Eles trabalham 3 horas por dia, nos horários que as crianças circulam pela rua para entrar ou sair da escola. Aqui as crianças estudam o dia inteiro e tem um pausa para o almoço. Então sempre vemos os guardas com suas placas vermelhas de pare (Stop) pela manhã, na hora do almoço e a tarde. Geralmente as crianças estudam em escolas perto de suas casas (falei sobre isso aqui) e muitas vão para a escola caminhando sozinhas ou de bicicleta. Como dá para ver na foto, sempre que a criançada vai atravessar eles andam até o meio da rua com a placa para chamar a atenção dos carros.

Os crossing guards não são exclusividade canadense, países como EUA, Inglaterra, Austrália, Irlanda e Nova Zelândia também possuem. Mas o legal aqui é que geralmente esses guardas são aposentados ou que estão sem poder trabalhar em tempo integral por qualquer razão. Ao invés de ficarem sem fazer nada, podem trabalhar algumas horas por dia e fazer uma grana extra.

Se alguém quiser saber algo específico é só falar. 🙂

Update: Só para lembrar que estou em Toronto, em outras províncias canadenses pode ser diferente. E onde vocês moram tem guardas assim?

Imagem: Crossing Guard de Jeweledlion no Flickr sob licença Creative Commons.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Mia Novais disse:

    Livi, quando estive em Toronto não vi nenhum desses, só vejo mtos em filmes.

    Era o mês de janeiro, penso eu, será que as crianças tiram férias de inverno em janeiro ou é porque eu estudava na University Ave. e lá não tem escolas infantis?

    Fiquei curiosa!

    Adorei a série!
    Bjo!

    • Oi Mia,
      Que bom que gostou! Nas escolas daqui as férias de fim de ano vão até a primeira semana de janeiro. Esses guardas atuam nas redondezas de elementary schools, que seriam escolas primárias até o grau 6 (acho que deve ser a sexta série no Brasil mas não tenho certeza). Dei uma olhada rápida no mapa e vi que realmente existem pouquíssimas escolas no centro, menos ainda primárias. Ao longo da University Ave. não tem nenhuma por isso não viu. Vc ficou hospedada no centro ou em homestay?
      E não se engane, pode estar a maior chuva, o maior friozão que eles estão lá. Só não trabalham se as escolas não funcionarem. Um emprego que certamente não daria para mim, imagine ficar lá fora em pé por uma hora num frio de -20 ou pior. Cruzes!
      Beijo

  2. Marcia disse:

    Oi Livi!
    Aqui em Maringá tbm tem esses guardas, são da Guarda Municipal e ficam em frente escolas, hospitais e lugares onde tem muito movimento. Sempre vejo campanhas tbm com voluntários (geralmente estudantes de teatro) vestidos de palhacos com placas enormes incentivando os condutores a dar a preferência para todos os pedestres que estão na faixa querendo atravessar.
    Que bom q estamos progredindo ne, aí e aqui, para deixar o transito mais seguro para nossas criancas, idosos e até pra os adultos!
    bjinhuss

  3. Ana disse:

    Na escola da minha filha, nao sao aposentados ou pessoas que trabalham para policia, ao contrario, sao voluntarios e podem ser desde pais, vizinhos ou ate mesmo os estudantes do high school. Morava em Brasilia , e la era bem comum o corpo docente da escola fazer isto tambem. Nao eh exclusivo do Canada. Moro em B.C, nao sei onde vcs estao.

    • Olá Ana,
      Obrigado pelo seu comentário.
      Nós estamos em Toronto e aqui as pessoas que fazem o trabalho de crossing guard precisam passar por um processo de seleção e treinamento no departamento de polícia, mas não são policiais nem tem poder para prender ninguém, são pessoas comuns. Qualquer pessoa pode se candidatar ao emprego mas geralmente são aposentados ou pessoas que não podem, ou não querem trabalhar em tempo integral (e precisam ser adultos). Eles trabalham nas ruas ao redor da escola. Na entrada da escola, as pessoas que ajudam são pais, voluntários ou professores, mas eles apenas coordenam a chegada e saída dos estudantes, fazem as filas e levam a meninada para dentro (no caso dos pequenos). Então em BC é um pouco diferente daqui, bom saber. Como disse no post isso não é uma coisa exclusiva do Canadá, mas cada lugar funciona de um jeito né? Não tinha conhecimento que faziam isso no Brasil, infelizmente em Salvador não tem.

Deixe um Comentário