Sobre o programa French Immersion nas escolas de Toronto

Como todo mundo sabe, o Canadá é um país bilíngue. Os dois idomas oficiais são inglês e francês. Por causa disso todos os estudantes tem a oportunidade de aprender as duas línguas nas escolas. Seja através de uma matéria do currículo (core French), programa de imersão (French Immersion) ou frequentando uma escola francesa.

Nas províncias anglofônicas, o inglês é o idioma usado nas escolas. A partir do Grade 1, todos os estudantes tem no currículo uma matéria em francês. Na província de Quebec, onde a população fala francês é o inverso, o inglês é apenas uma matéria.

Para os pais que não moram em Quebec e desejam um aprofundamento no idioma francês há duas opções oferecidas gratuitamente pelo governo, a escola francesa e o programa de imersão.

E é sobre essas opções que vou falar nesse post, especialmente o French Immersion, pois recebo várias perguntas sobre o assunto aqui no blog.

Mas antes de prosseguir gostaria de lembrar que moro em Toronto e estou me referindo as regras daqui.

Diferenças entre escolas francesas e o programa French Immersion

Muitas pessoas confundem as duas coisas mas há uma série de diferenças, que vou tentar resumir para vocês.

Escolas francesas

Para começar as escolas francesas são feitas basicamente para filhos de pessoas que tem o francês como língua materna. A Carta de Direitos e Liberdade do Canadá garante aos cidadãos canadenses, de origem francesa, a educação escolar em francês para seus filhos (independente da fluência da criança). Os pais canadenses que estudaram numa escola francesa ou já possuem um filho lá, também tem direito garantido. Você pode ler a explicação completa aqui.

O critério de admissão para quem não é canadense vai de acordo com o conselho educacional de cada escola. Geralmente eles aceitam filhos de pessoas que vieram de outros países que falam francês. Mas raramente aceitam um aluno onde a família não tem nenhuma relação com o idioma. De qualquer forma o canadense sempre tem a prioridade na fila.

As escolas francesas são gerenciadas por um Conselho de Educação exclusivo e todo o ambiente é francofônico. O francês é o idioma utilizado na sala de aula, pelos funcionários, nos posters dentro da escola e em toda a comunicação com os pais. O aluno é cercado apenas pelo idioma e cultura francesa. O inglês é apenas uma matéria no currículo.

French Immersion

O French Immersion é um programa oferecido dentro de escolas inglesas para pessoas que querem aprender o francês como segunda língua. Os pais não precisam saber falar francês para se comunicarem com a escola. E as crianças não precisam ser fluentes para ingressar no programa.

No French Immersion os estudantes estão num ambiente onde o inglês é dominante. O Conselho de educação que gerencia as escolas públicas ou católicas inglesas é responsável pelo programa French Immersion.

No currículo algumas matérias são ensinadas em inglês. O tempo de exposição aos dois idiomas vai eventualmente ficar dividido em 50% para cada (Grade 6 em diante).

Como ingressar no French Immersion

Não se pode ingressar no programa em qualquer série, na rede pública só é permitido  entrar no Senior Kindergarten (Early French Immersion), Grade 4 (Junior Extended French) ou Grade 7 (Intermediate Extended French). Na rede católica é no Senior Kindergarten ou no Grade 5.

Qualquer residente legal tem o direito de matricular seu filho no programa French Immersion das escolas de ensino fundamental porém a matrícula não fica aberta o ano inteiro. Geralmente as inscrições são abertas quase um ano antes do ingresso, em novembro e janeiro. Por exemplo, para entrar no Early French Immersion precisamos inscrever a criança no ano que ela está no Junior Kindergarten.

Na rede pública de Toronto, qualquer criança que se inscrever no programa de imersão francesa do ensino fundamental tem a garantia de vaga. Desde que faça a inscrição dentro do prazo. Não é por ordem de chegada, como em outras províncias. A escola escolhida deve ser a que serve o seu endereço, porém se ela não tiver disponibilidade eles vão te oferecer vaga em outra. Na rede católica a regra não é muito clara, os pais são orientados a entrarem em contato com a escola escolhida para saber detalhes sobre a matrícula.

Para ingressar no French Immersion numa High School o estudante precisa ter um histórico de estudo na língua francesa. Os que já estão no programa de imersão tem garantia de continuidade no segundo grau. Os que não estão, precisam ser avaliados.

Siga os links para ver os prazos de matrícula nas escolas públicas e católicas de Toronto, assim como os locais onde o French Immersion é oferecido.

O programa é considerado muito bom e nos últimos anos houve um aumento na procura em quase todas as cidades canadenses.

Infelizmente no momento não posso falar como é o dia-a-dia no French Immersion pois minhas filhas aprendem francês como uma matéria no currículo. Se alguém tiver experiência e quiser compartilhar fique a vontade aí nos comentários.

Veja outros posts sobre educação no Canadá

Tipos de Escolas em Ontário e como saber se são boas ou não

20 curiosidades sobre a escola primária canadense

Como se preparar para o primeiro dia de aula

Como matricular seu filho numa escola em Toronto

Dúvidas sobre matrícula e quem pode estudar gratuitamente

Como é a alfabetização no Canadá

Grade 1: ensinando seu filhona ler em inglês

Alfabetização de crianças bilíngues 

A lista completa de posts sobre educação está aqui.

Foto: domínio público.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Geane disse:

    Meu marido e French Canadian e quando nos casamos Montreal foi a minha cidade por alguns anos. Eu tive a oportunidade de aprender Frances muito bem, frequentava uma escola de Frances para adultos e era uma organizacao Catolica. As aulas eram impecaveis, minhas professoras eram freiras e a pronunciacao do Frances era algo que elas realmente pegavam no nosso pe. Na epoca nao tinha filhos mas lembro-me que umas das freiras mencionou que as escolas que oferecem French Immersion em Ontario estavam “perdendo seu tempo” porque para aprender Frances a crianca precisa estar num abiente totalmente Francofonico. Bom, na epoca entrou por uma orelha e saiu pela outra. Mas dai, anos depois quando nos mudamos para Ontario e tivemos filhos pensamos em coloca-los no French Immersion mas lembrei-me do que a freira havia mencionado mas mesmo assim atendemos a uma reuniao para sabermos mais. French immersion realmente nao eramos o que esperavamos e nao colocamos as criancas. Lembro-me que uma amiga minha do trabalho perguntou se eu poderia falar com ela em Frances para praticar, dai eu disse:” que legal, nao sabia que vc falava Frances!” ela virou e disse:” simmm! eu estudei no French immersion desde grade 1″. Ok, voila! quando comecamos a conversar eu nao podia acreditar que ela havia estudado French immersion, a pronunciacao era ruim, muito ruim… Enfim, cada pessoa aprende com um ritmo diferente, acredito que ha muitas pessoas que devem ter frequentado um French immersion e falam bem, mas eu penso que vale mais a pena uma total imersao na cultura Francesa. Se eu na epoca com 23 anos consegui aprender o Frances imagina uma crianca? Abracos, otimo post, como sempre!

    • Livi disse:

      Oi Geane,

      Muito obrigado por compartilhar sua experiência!

      Realmente o French Immersion não é uma imersão completa como falei no post e as escolas totalmente francesas não aceitam qualquer pessoa. Então acho que acaba sendo a única alternativa para quem busca uma educação bilíngue gratuita. Mas como você mesma disse cada pessoa é diferente, talvez funcione melhor para uns do que para outros ou talvez a falta de prática fez com que sua colega de trabalho perdesse o que sabia.

      Aqui em casa ainda temos até o fim do ano para decidirmos se colocaremos a mais velha. Vou pesquisar bastante e tentar conversar com outros pais sobre o assunto.

      Beijos

Deixe um Comentário