O que não comprar na loja de $1

Quem não gosta de comprar nas lojinhas de $1, ou dollar store, como são chamadas aqui, que atire a primeira pedra. Euzinha adoro comprar bobagens lá. Mas de um tempo para cá estou um pouco mais exigente quanto a segurança dos produtos que compro. Olho mais, examino mais, penso duas vezes antes de comprar.

Já foram feitas várias pesquisas nos produtos dessas lojas e constataram-se muitas irregularidades como: produtos falsificados, sem certificação ou ainda com substâncias tóxicas como Bisfenol A (BPA), ftalato e chumbo. O site Consumer Reports é um bom lugar para começar a pesquisar sobre a segurança e qualidade de diversos produtos.

Esta é a listinha de coisas que não compro nessas lojas e o motivo.

  • Brinquedos – São de qualidade inferior, informações sobre os fabricantes é inexistente e podem conter substâncias tóxicas como BPA, chumbo (na pintura) e ftalato, que é um aditivo usado para tornar plásticos mais maleáveis e resistentes, geralmente combinado com produtos de PVC mas pode ser combinado com outra coisa também). Essa substância pode causar vários problemas de saúde, tais como, cancêr, asma, alergias, problemas no desenvolvimento, infertilidade, etc). Bebês e crianças são mais sensíveis a ftalatos doq ue os adultos. O governo canadense emitiu, esse ano, novas regras para uso desse químico em brinquedos e artigos infantis. Sobre o BPA e chumbo não preciso nem falar né, já estão batidíssimos. Vale lembrar que o Canadá já baniu o BPA mas ainda há vários países, como o Brasil, onde ele ainda é usado.
  • Alimentos e vitaminas – Já repararam que muitos produtos vendidos nesse tipo de loja se parecem muito com as marcas conhecidas? Mas a embalagem nos faz suspeitar que alguma coisa está errada e que o produto pode ser falso. Algumas não contém data de validade, outras contém erro na escrita e outras tem a cor do rótulo um pouco diferente ou desbotada. Outra coisa, o BPA é usado para revestir latas e embalagens de alguns produtos. O Consumer reports fez um teste nas vitaminas vendidas em dollar stores e verificaram que as pílulas contém menos vitaminas do que o rótulo informa e que não são absorvidas adequadamente pelo organismo. E pode até ser meio teoria de conspiração da minha parte mas, quem garante a qualidade e procedência destes produtos? A única coisa que compro é chocolate mas só depois de examinar com cuidado a embalagem, se tiver alguma dúvida elimino da minha lista.
  • Pasta de dente – Em 2007 o Health Canada emitiu um aviso sobre pastas de dente da China com dietileno glicol (DEG), solvente orgânico altamente tóxico. Leia mais aqui e aqui. E outro aviso sobre pasta de dente Colgate falsificada com alto teor de bactérias. Ambos os produtos foram retirados do mercado porém, nunca é demais ficar de olho né?
  • Produtos de uso pessoal (xampu, cremes, esmaltes, etc.) e produtos de limpeza – Simplesmente por falta de confiança na procedência. Pode até ser implicância mas, depois de ver tanta falsificação, imagine se tem ácido no xampu! Além do mais não acho que o preço compense. Basta esperar qualquer promoção no Wal Mart ou Canadian Tire.
  • Pilhas – Qualidade inferior, não alcalinas e descarregam mais rápido. Vazam com mais facilidade.
  • Produtos elétricos sem certificação – Produtos que não possuem certificação de uma agência credenciada, UL (Underwriters Laboratories) ou CSA (Canadian Standards Association) podem gerar um curto e pegar fogo.
  • Vasilhas plásticas para alimentos, bandejas, mamadeiras, chupetas e mordedores – Podem conter BPA, ftalato e sabe-se lá mais o quê.
  • Utensílios de cozinha – procedência desconhecida, material de fabricação desconhecido.

Não vejo problemas (ainda) nos itens de papelaria, cadernos, bloquinhos de anotações, papéis de presente, sacolas, livros, material para artesanato, vasilhas plásticas para organização e coisas para decoração.

Enfim, para mim uma loja que não permite troca, devolução e nem dá garantia no que vende dá margem para desconfiança. Ultimamente estamos vendo tanta coisa sobre produtos que usamos no dia-a-dia contaminados ou fabricados com substâncias nocivas à saúde. Precisamos ficar de olhos bem abertos.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Eu sou chata pra lojas de um dólar. Não compro. No final acaba saindo mais caro…

  2. celmartin disse:

    Eu adoro comprar besteiras na Poundland e na 99 p store em Londres. Dá uma sensação de encher uma sacola sem se preocupar. Mas lá os produtos de limpeza, higiene pessoal, quinquilharia para viagem, nescafé, chocolate,são os mesmos que a gente encontra em outras lojas. Eles ganham na quantidade. Mas também tem um monte de porcaria misturado. Mas nã deixo de fazer uma visita semanal…

    • Livi disse:

      Eu também compro Cel, só que eu acho que nesse ponto a Europa regula mais do que o Canadá. As vezes tenho a impressão que a fiscalização daqui só funciona depois que alguma coisa acontece. Aí eles ficam doidos fazendo recall. Essa semana estão fazendo recall de presunto, salada e melão (contaminados com Listeriose).
      Mas é o máximo mesmo poder comprar coisinhas baratinhas e sair com a sacolinha cheia gastando uma merreca. Bjs

  3. Patricia disse:

    Muito bom!!! Concordo plenamente!!! Tbm não compro qq coisa no dollar store.

  4. Sami disse:

    Aqui as lojas de 100Y aceitam troca e devolução e eu compro muita coisa lá porque a diferença de preço dos produtos é absurda mas realmente,vasilhas de plástico para armazenar comida,brinquedo,pilha,produtos de higiene,maquiagem etc não compro porque já saiu na tv e tudo mais que muitos dos produtos vem de fora e tem substâncias tóxicas.Conheço gente que diz que isso é besteira e que usa esses produtos à muito tempo e nunca teve nada mas eu sou neurótica com essas coisas então evito!rs

Deixe um Comentário