Imigrar com filhos para Toronto parte 2: dicas práticas para o dia-a-dia

Continuando as dicas para quem vai imigrar para Toronto com crianças. Na primeira parte falei sobre escolha de bairro, escolas, dicas de adaptação, ESL para crianças, como encontrar médico e o que fazer em caso de emergência médica. Nesse post trago dicas que serão úteis no dia-a-dia.

Alimentação

Esse é um assunto que tira o sono de muita gente. Mas fiquem tranquilos porque aqui tem quase tudo que temos no Brasil. O feijão com arroz de cada dia está garantido. Nenhuma criança ou adulto terá um choque nessa parte.

Nós encontramos produtos similares aos que estamos acostumados em qualquer supermercado e muitos produtos brasileiros também. Nesse post tem uma lista bem completa das lojas que vendem produtos brasileiros aqui em Toronto e região.

Para quem tem bebês, as comidinhas e o leite em pó são diferentes dos brasileiros mas você pode trazer um pouco para usar aqui até achar um que seu bebê goste. Expliquei no post sobre alimentos para bebês no Canadá o que podemos trazer do Brasil.


Esportes, natação, dança, teatro, artes marciais e outras atividades para crianças

Para mim as atividades extracurriculares são super importantes, especialmente para os recém chegados. Elas, além de divertidas, proporcionam oportunidades para conhecer outras crianças da mesma idade e socializar.

A cidade de Toronto possui inúmeros centros comunitários e todos eles oferecem vários tipos de programas de recreação com preços bem acessíveis. Tem dança, esportes, natação, ginástica, artes marciais, teatro, artesanato e muito mais.

Para saber que tipos de atividades são oferecidas em cada lugar, é só consultar o catálogo de serviços. Tem um post no blog sobre os centros comunitários explicando como é que funciona e como se matricular. Mas aviso que a coisa é bem concorrida.

Há também alguns programas especiais para bebês e crianças pequenas, oferecidos gratuitamente pelo governo. As mães/pais vão junto e também socializam com outros adultos.

Claro que esses programas não são os únicos disponíveis, tem também o YMCA e outros particulares mas nenhum deles tem o preço e a oferta dos programas da prefeitura.


Reforço escolar

Se notar que seu filho precisa de reforço escolar, além da opção de contratar um tutor particular (que a professora pode indicar), há programs de homework help na biblioteca e centros comunitários. Eles tem vários tipos de reforço, separados por assunto e idade. Nas bibliotecas esse suporte é gratuito, mas nos centros comunitários depende.

Para adolescentes a partir do Grade 7, recomendo um programa chamado Homework Help, do governo de Ontário, que é gratuito.

Aqui também temos o Kumon, que oferece programas de leitura e matemática e é muito bem recomendado.


Festas de aniversário

Não podia deixar de falar das festinhas de aniversário canadense, que são diferentes do que estamos acostumados no Brasil. As festas no Canadá são menores, tem horário para acabar, eles não batem palmas nos parabéns, convidam geralmente só as crianças, etc. Nesse post sobre festas de aniversário infantil no Canadá eu mostro como é. E se você precisar de idéias de lugares para fazer festas infantis, aqui tem várias.


Nomes de remédios no Canadá

Para facilitar a vida de quem está chegando preparei uma lista com nomes de remédios mais comuns em português, e o seu equivalente em inglês. Esses são medicamentos simples e que podem ser comprados sem receita médica.


Dicas para lidar com o bilinguismo

Os recém chegados se preocupam muito que as crianças aprendam logo a falar inglês e algumas pessoas acabam até deixando o português de lado. Não se estresse com isso porque as crianças apredem muito rápido e depois de um tempo o inglês passará a ser a língua dominante. E se deixarmos de praticar a nossa língua com os pequenos eles acabam esquecendo. Não deixe que isso aconteça pois as crianças só tem a ganhar sendo bilíngues. Várias pesquisas confirmam esse benefício.

Verdade que não é fácil, é um trabalho diário para achar o equilíbrio entre as duas línguas. Minhas duas filhas nasceram aqui e são fluentes em português e inglês. A mais velha tem 8 anos e está começando naturalmente a ler português, sem ninguém ensinar.  Se quiserem ler um pouco sobre a minha experiência vejam os seguintes post:


Outros posts que podém ser úteis para quem vai imigrar para Toronto


Esses são os assuntos que achei mais importantes para quem está chegando. Se alguém tiver outras dúvidas ou sugestões de temas que gostariam de ler aqui no blog é só deixar aí embaixo, nos comentários.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Michelle Honorino disse:

    Amei seu blog, não quero mais parar de ler rs. Parabéns, escreve muito claramente e dá dicas importantíssimas. Pra mim está sendo mais do que dicas, na vdd um manual. Bjs sucesso Livi!!

  2. Sun Helen disse:

    Melhor blog que encontrei!!! Muito obrigada!
    Não deixe de escrever por favor…rsrs

  3. Keyna disse:

    Impressionante como vc conseguiu reunir quase tudo de importante!
    As equivalências de remédios foi incrível
    Muito Obrigada!

Deixe um Comentário