Imigrar com filhos: como criar oportunidades para novas amizades

Hoje é dia de projeto Mães no Canadá e o tema escolhido foi: “Se você pudesse dar apenas uma dica para uma mãe vindo para o Canadá, qual seria? Nossa, achei difícil escolher apenas uma dica! Então disfarcei várias dicas básicas em uma e falo sobre como criar oportunidades para que seus filhos façam amigos, de preferência no bairro que você mora. 😉

Filhos no Canadá

 

Não é segredo nenhum que ter amigos para conversar e compartilhar experiências ajuda demais na adaptação e na integração, principalmente das crianças.

Eu acho que essa é uma das barreiras que as pessoas têm mais dificuldades para ultrapassar por não saberem por onde começar. Adultos acabam conhecendo outros brasileiros através das mídias sociais ou encontros e isso também ajuda mas nem sempre há brasileiros na região escolhida para morar e quando tem pode ser que as pessoas não tenham filhos na mesma faixa etária dos seus. Então seus filhos continuarão sem amigos.

Nesse momento estamos vivendo circunstâncias especiais por causa da pandemia e não dá para colocar em prática todas as dicas abaixo. Mas colocando isso de lado, veja algumas coisas básica que você pode fazer para criar oportunidades para que seus filhos conheçam e interajam com outras crianças:

– Se você tem filhos mais novos, leve no parquinho mais perto da sua casa. Mesmo sem falar inglês as crianças acabam interagindo. Daí fica mais fácil dar um oi e quebrar o gelo com a mãe da criança que seu filho estiver brincando. Acredite é tão interessante para você quanto para a outra mãe ver as crianças brincando.

– O mesmo vale para a escola, procure saber com quem seu filho brinca e tente conversar com a outra mãe para combinar um playdate para as crianças poderem brincar fora da escola. Você faz o playdate do filho e por tabela pode convidar a mãe para um café e aos poucos vai nascendo uma amizade entre os adultos também. Você pode escrever um bilhete e pedir que a professora entregue para a outra mãe, se seu filho for mais novo.

– A hora da saída na escola também é uma boa oportunidade para conhecer outras mães. É mais fácil se aproximar e puxar assuntos em comum.

– Se envolva na escola. Se você tiver oportunidade faça trabalhos voluntários de vez em quando ou participe das reuniões do conselho de pais (elas são abertas para quem quiser assistir). Melhor ainda se puder faça parte do conselho de pais para entender melhor como tudo funciona e conhecer outros pais.

– Matricule o seu filho num programa do centro comunitário mais próximo. Tem programas para todas as idades. Enquanto as crianças se divertem, as mães ficam do lado de fora conversando. Há também os programas do Early Years onde as mães podem ir com seus bebês e crianças menores (obrigada por lembrar dessa opção Edna)

– As bibliotecas públicas também oferecem programas gratuitos que valem a pena frequentat. Acreditam que quando a Elena era bebê eu conheci uma mãe lá no story time com uma bebê da mesma idade e hoje as duas meninas estão na mesma sala e são amigas?

As minhas  filhas nasceram no Canadá mas na época eu não tinha amigas com filhas na mesma idade e me senti muito perdida sem saber onde ir para socializar com pessoas que estivessem na mesma fase que eu. E foram essas dicas simples, que me ajudaram.

E vocês, têm outras sugestões?


Projeto Mães no Canadá

Passa lá nos outros blogs/canais para conferir o que está acontecendo em outras cidades e províncias:

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Edna disse:

    Amiga, uma dica legal são aqueles cursos que íamos com a meninas no LAMP, lembra? Existem vários, os programas do Ontário Early Years Sao muito legais também! Lá podemos conhecer muitas mães e as crianças interagem! Ainda tenho fotos de Eleninha e Brunninha la! ❤️

Deixe um Comentário