Dúvidas sobre matrícula e quem pode estudar gratuitamente em Ontário

No post anterior falei do processo de matrícula nas escolas de Toronto, agora vou aproveitar para responder dúvidas relacionadas ao tema, que recebo frequentemente aqui no blog. Se alguém tiver mais alguma pergunta é só deixar um comentário que tentarei responder.

Com que idade as crianças vão à escola?

Crianças que completam 4 anos entre janeiro e dezembro, podem ser registradas no Kindergarten que começa em Setembro do mesmo ano. Por exemplo, se a criança completa 4 anos em janeiro de 2016 ela vai poder entrar na escola somente em setembro de 2016.

De acordo com o Ministério da Educação em Ontário as crianças só são obrigadas a ir para escola a partir dos 6 anos. Então quem quiser esperar, pode. Nesse caso a criança vai entrar no grade 1.

Para quem pretende fazer home schooling (ensinar a criança em casa) é preciso notificar o ministério da educação.

Quais os documentos necessários para efetuar a matrícula?

Geralmente são esses relacionados abaixo

  •  Certidão de nascimento ou passaporte
  • 2 comprovantes de residência (contas, contrato de aluguel, etc)
  • Cartão de vacinação
  • Comprovante com data de entrada no Canadá, para os que não nasceram aqui (passaporte e cartão de residência)
  • certidão de batismo da criança ou um dos pais, caso a criança não tenha sido batizada (só para escola católica – não é necessário traduzir).
  • Pedido de atribuição de impostos escolares (um formulário onde você indica para onde vai a parte do seu imposto relacionada a educação,  escola católica, pública ou francesa). Pode preencher na escola mesmo.

Essa é a documentação pedida nas escolas em Toronto e pode mudar um pouco dependendo de cada caso. Para outras cidades entre em contato com a escola do seu bairro.

vacinacao-canada-2

Preciso traduzir documentos?

Isso depende muito da escola, em Toronto algumas escolas não solicitam. Então o melhor é esperar e caso seja solicitado você pode fazer a tradução. O cartão de vacinas pode ser traduzido gratuitamente no Toronto Public Health.

Posso matricular fora da minha área residencial?

Pode, nas escolas que aceitam. Consulte o Optional Attendance list e as escolas que estiverem marcadas como limited podem aceitar um estudante fora de sua área. Mas não são obrigadas, as vagas são preenchidas dando preferência ao moradores da área e aos que já possuem um irmão na escola, só depois vão colocando os extras.

Lista de escolas públicas


Lista de escolas católicas
(informação no site de cada escola)Toronto-hoodmap1

Meus filhos poderão estudar gratuitamente na rede pública e Católica?

Todos os filhos de residentes não pagam nada para estudar. Isso inclui filhos de pais que estão com visto de trabalho, refugiados, imigrantes e pessoas sem status legal (veja a próxima pergunta).

Muitos tem dúvidas se os filhos de pessoas com visto de estudante terão que pagar como estudante internacional. No Ontario Education Act tem uma lista de quem fica dispensado de pagar mesmo sendo “estudante internacional”. Vejam a lista completa, em inglês, na seção 49(7) da lei. Não sei como é nas outras províncias mas imagino que devem seguir a mesma linha

Se eu não tiver visto de residente ou status imigratório, meus filhos poderão estudar?

Se você vier com visto de turista e resolver ir ficando será muito difícil achar uma escola que aceite as crianças enquanto o seu visto for válido. Depois dos primeiros 6 meses, ou da data de validade carimbada no seu passaporte, seu visto vence e você se tornará um residente sem status imigratório (ilegal). Em Ontário, o Education Act (seção 49.1) é claro e diz que nenhuma criança abaixo de 18 anos pode ser impedida de frequentar a escola, independente da sua situação imigratória.

Infelizmente havia muita confusão e a lei não era seguida em algumas escolas. Por isso, os conselhos regionais de educação, TDSB para escolas públicas e TCDSB para Católicas, criaram políticas internas para cumprir a lei. O TDSB criou a política do “Aluno sem status imigratório” (Policy P061 May 2007) que diz o seguinte:

“Todas as crianças em idade escolar, residentes em Toronto, incluindo aquelas sem status imigratório no Canadá devem ser admitidas pela escola e nenhuma informação, sobre elas ou suas famílias, pode ser compartilhada com o Serviço de Imigração.”

O TCDSB tem uma política similiar.

Para matricular entre em contato diretamente com a escola do seu bairro ou se tiver dificuldades, vá ao Conselho Regional de Educação da sua cidade (Board of Education) e peça uma carta de admissão (School Admission Letter).

Lembrando que essa lei só vale para menores de idade e se a pessoa permanecer sem status (ilegal) não conseguirá ingressar na universidade.

Não estou estimulando de forma nenhuma que alguém fique aqui ilegalmente, o objetivo é apenas informar os que já estão nessa situação, que muitas vezes deixam de colocar os filhos na escola por medo e informação errada que recebem.

alfabetizaçao-bilingue-1

Meus filhos não falam inglês, nem francês, e agora?

Não precisa esperar os filhos aprenderem inglês antes de matricular. O nível de proficiência no idioma será verificado e a criança terá aulas paralelas de inglês (ESL), ou francês. Isso não afetará a série que ela ingressará na escola.

Mas se você chegar aqui durante o período de férias é interessante colocar num intensivo ou em um dos programas de lazer oferecidos pela prefeitura. Os profissionais são treinados e acostumados a lidar com crianças que não são fluentes no idioma. Dessa forma a criança já começa a aprender e se acostumar com o jeito dos professores daqui.

Eles aceitam os estudos da escola brasileira? Em que série meu filho vai entrar?

O ano letivo aqui vai de setembro a junho, então se a criança já estudou no Brasil e iniciar os estudos em Setembro ela provavelmente iniciará aqui no mesmo grau que estava cursando antes de sair do Brasil. Considera-se também a idade, 4 anos no Junior Kindergarten, 5 no Senior Kindergarten, 6 no grau 1 e assim sucessivamente. Mas cada caso é um caso e será avaliado pela escola ou Conselho de Educação.

Para saber mais veja os outros posts que já escrevi sobre educação no Canadá.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

54 Resultados

  1. wanderley disse:

    Livi, parabéns pelo post. Preciso de algumas informações: Tenho uma filha que completa 17 anos em outubro/17. Temos planos de ir para o canada em janeiro/18 a eu e ela. Eu iria para trabalhar e ela para estudos. Consigo matricular ela na escola publica na metade do período (janeiro) ou tenho que aguardar o início em setembro/18? Ela poderia ir com visto de estudante e eu com visto de trabalho.

    • Livi disse:

      Oi Wanderley,

      Ela pode entrar na escola assim que chegar, não precisa esperar. Como você tem visto de trabalho ela estuda gratuitamente como qualquer estudante residente. Boa sorte na mudança!

  2. Andréia disse:

    Oi Livi!
    Iremos em agosto estudar inglês por 4 meses, com o visto de turista com meu esposo e nossa filha de 9 anos! Iremos aplicar a extensão de estudo no Canadá, Você sabe se tem alguma chance de conseguir escola gratuita (mesmo que remota) para nossa filha ? Ou teremos que pagar mesmo.
    Obrigada!!

    • Livi disse:

      Oi Andréia,

      Pela lei quem tem visto de turista não consegue matricular gratuitamente nas escolas porque não é um residente. Mas não vou te dizer que é impossível pois as vezes encontramos pessoas boas no nosso caminho dispostas a ajudar e matriculam as crianças mesmo assim.
      Desejo boa sorte para vocês!

  3. Lilian Nadolny disse:

    Oi livi, recebi o convite do provincial de Ontario e dentro de algum tempo devemos mudar para a região! Li no teu post que as escolas católicas eu posso apresentar a certidão de um dos pais caso a criança não seja batizada!! Correto?.. pois minha filha mais velha é batizada, mas meu menor não!.. por isso no caso dele usaríamos a certidão do meu esposo, será que posso?.. obrigada pela ajuda!

  4. Sandra Destri disse:

    Boa tarde, gostaria de tirar uma dúvida, se puder me ajudar! Pretendo ir pra fazer college de 2 anos, com visto de estudante, meu marido tera o work permit, com esse status conseguimos matricular nossos filhos sem ter pagar mensalidade? Li alguns artigos que somente quando obtivermos o residente permanente que não pagaremos, isso confere?

    • Livi disse:

      Baseado na sua situação acredito que não terá problemas para matricular seus filhos gratuitamente. Eu fiz essa pergunta ao ministério de educação de Ontário e recebi a confirmação escrita e o link para a lei que compartilhei no post. Se você se sentir mais segura, pode enviar um email para lá detalhando a sua situação que eles respondem.
      Um abraço

  5. Anne Ouriques disse:

    Ola !!
    Estou indo passar 6 meses em Montreal com minha filha de 7 anos.
    Você sabe se consigo fazer a matricula dela em uma escola com o visto de turista (não preciso que seja gratuito posso pagar pelo semestre dela) também irei com visto de turista, não vamos ficar mais de 6 meses.
    obrigada

    • Livi disse:

      Olá Anne,

      Segundo o site do governo de Quebec é preciso ter visto de estudante. Você precisa fazer uma solicitação para que a escola aceite sua filha e com essa carta pegar o visto de estudante.
      Se ela fosse fazer apenas um curso de idiomas bastava o visto de turista.
      Um abraço

  6. Sevio Corrêa disse:

    Olá! Gostaria de uma informação rs. Tenho 18 anos, e infelizmente não concluí o Ensino Médio ainda :/. Estou pensando em ir ao Canadá com a família com visto de turismo… Queria saber se com esse visto eu teria direito de estudar em alguma escola aí com minha idade! Obrigado!

  7. Livi, muito obrigada por sua disponibilidade em nos ajudar, estou indo para Toronto em março/17 com minha filhinha de 6 anos, para passar 9 meses em um programa de doutorado sanduíche. Acontece que não estou conseguindo falar com o consulado sobre dúvidas acerca da escolarização dela. Estou ansiosa, pois temos pouco tempo para organizar tudo. As dúvidas são:

    1 – Que passos preciso seguir em relação à transferência dela?
    2 – Que documentação brasileira preciso requerer à escola? Há alguma que deva ser requerida à superintendência regional de ensino?
    3 – Como iremos em março e retornaremos em dezembro de 2017, é possível mantê-la sem perder o ano/reprovação escolar?
    4 – Como procurar escola para ela lá em Toronto?
    5 – Que documentos requerer de Toronto (em escola ou outros departamentos) para o retorno ao Brasil?
    6 – Chegando em março, ela pega o ano letivo em seu final, mas eu trabalharei em junho e julho, quando ela tem férias, as escolas continuam disponíveis para ficarem com as crianças nesse período para que os pais possam trabalhar?
    7 – Será que, chegando nessa época e ficando até dezembro ela perderia o ano quando voltar ao Brasil?

    Agradecerei tanto se puder me ajudar… Obrigada mesmo!

    • Livi disse:

      Oi Liliane,

      Vou numerar as respostas de acordo com as perguntas pra facilitar. Vamos lá!

      1- Até onde eu sei é só chegar e matricular. Não há uma transferência do Brasil para cá.

      2 – Como ela só tem 6 anos não sei se tem boletim com notas ou histórico escolar. Se tiver traga. Os outros documentos necessários estão listados no post.

      3 e 7 – Aqui a criança entra no ano correspondente a idade. Se ela completa 6 em 2017 vai entrar no fim do SK em março e iniciar o Grade 1 em setembro. As vezes eles fazem um teste de conhecimentos e podem adiantar as crianças. Tenho uma amiga que voltou para o Brasil e os filhos não perderam ano, continuaram como se não tivessem saído.

      4- A escola vai depender do bairro que você escolher. Quando tiver um endereço entre no site do TDSB ou TCDSB e pegue o nome da escola que atende a área. Para saber quais as melhores escolas de Toronto dá uma olhada nesse post. http://baianosnopolonorte.com/coisas-de-mae/um-pouco-sobre-as-escolas-em-ontario/

      5- Isso eu não sei te dizer. Aqui quando há transferência entre escolas eles mandam um histórico escolar. Verifique na escola da sua filha aí no Brasil o que eles precisam.

      6- As escolas não ficam abertas nos meses de julho e agosto, só as que oferecem summer camps. A opção para deixar as crianças durante o verão são creches ou summer camps.

      Bem é isso, espero ter respondido suas dúvidas.

      Beijos

  8. Fernanda Costa disse:

    Olá, poderia me tirar uma dúvida? Desejo matricular minha filha em uma escola católica mas ela não é batizada no Brasil eu e meu marido somos batizados, minha pergunta é já que ela não é batizada após a matricula a escola faz alguma imposição para a criança ser batizada aí para continuar na escola ou a criança necessariamente não precisará se batizar? Se souber responder essa questão, agradecerei. Muito obrigada

  9. Vanessa Baiao disse:

    oi Livi,
    estamos pensando em mudar com nosso filho em junho/17, ele completa 4 anos em fevereiro.
    A principio vamos para Fredericton, NB eu pretendo estudar pos graduação por um ano e depois do termino da minha meu marido faria tb.

    Meu filho conseguiria entrar na escola ou teria que coloca-lo no daycare?
    Estou muito perdida com relação ao estudo dele, pls me ajuda.

    Obrigada

    • Livi disse:

      Oi Vanessa,

      Em New Brunswick as crianças entram na escola no ano que elas completam 5 anos, você pode ver site no Ministério da Educação de NB. Então se o seu filho completa 5 anos em Fev/2018, ele começará a escola em set/2018. Em Ontário e outras províncias que as crianças começam com 4 anos é a mesma regra. Se ele completa 4 em Fev/2017, entra na escola em Set/2017.
      Beijos

  10. Alline disse:

    Oi Livi tudo bem?
    Minha dúvida é a seguinte, vou fazer curso de inglês e sei que minha filha de 6 anos não poderá ir para escola pública. Existe a possibilidade de pagar na escola católica, pois sou católica. E qual valor anual? Se souber. Estou pensando para 2018. Quero muito fazer intercambio, mas só faço se levar minha filha junto. Obrigada.

    • Livi disse:

      Oi Alline,

      Tanto a escola pública como a católica são públicas e se a criança não se qualificar para estudar gratuitamente você precisa pagar a tuition de estudante internacional. Para a escola elementar fica Cad$12,500 por ano. De qualquer forma veja com a escola primeiro, explique a situação e quem sabe pode conseguir gratuitamente. Veja detalhes sobre os valores aqui. Beijos

      • Alline disse:

        Muito obrigada, vou tentar entrar em contato com alguma escola. Mas gratuita acho difícil eles aceitarem. Mas não vou desistir. Minha filha ama inglês ela só assisti videos em inglês, tem super facilidade. Hoje ela esta com 4 anos e meio. E eu penso que quanto mais nova mais fácil pra ela se adaptar na escola.

  11. Maria abdalla disse:

    Oi, segue minhas dúvidas, quero ir no início de 2017, mas o meu inglês não da para frequentar uma MBA, nem chego no intermediário, pensei no pathway, pois assim eu posso ingressar direto depois, contudo quero ir com meu marido e filha, queremos ir de vez e de la imigrar, e estou buscando respostas se minha filha pode estudar numa escola pública e meu marido trabalhar, há poucas informações, a maioria diz não, mas há algumas que dizem que se eu pedir uma carta de aceitação no colégio e para meu marido dar entrada no open spousal work, mas não consegui mais nada, pode me dizer se é possível, estou me esforçando muito no inglês e creio estar num nível bem melhor nesses 08 meses, mas não temos dinheiro para nos manter por muito tempo sem trabalho, mesmo vendendo tudo, ao final real transformado em dólar, não é muito você sabe, mas estou determinada e preciso encontrar um modo, pode me ajudar?

    Desde já agradeço.

    • Livi disse:

      Oi,

      Não sou especialista em vistos e imigração mas sei que sua filha poderá ir para a escola gratuitamente se um dos pais vier fazer algum curso de graduação/ especialização ou vier trabalhar aqui em caráter temporário. Se for só curso de inglês talvez você precise pagar, cada caso é um caso. Veja no link que eu postei acima qual o caso se aplica a sua família.

  12. Edna disse:

    Com relação ao post sobre matrícula escolar de crianças sem status imigratório. Se só o pai ou a mãe da criança estiver sem status imigratório,, a criança consegue ser matriculada?

  13. Alessandra Grimaldi disse:

    Olá, Boa noite.
    Estou indo para o Canadá com a minha famíçia em em dezembro. O meu esposo com visto de estudo, foi aceito para fazer um College no Seneca, eu irei com visto de open work permit e o nosso filho que tem 4 anos e 7 meses com visto de visitante. o nosso filho completará 5anos em 22 de janeiro. O College do meu esposo inicia as aulas em janeiro. Como seria para o nosso filho iniciar os estudos em janeiro? Algum problema?

    • Livi disse:

      Olá,
      Não há problemas em começar o ano em janeiro, se a escola do seu bairro tiver vagas pode matricular. Se não tiver vão indicar qual a mais próxima que você poderá matricular. Abs

      • Alessandra Grimaldi disse:

        Obrigada, Livi.
        Por acaso vc tem algum post sobre onde morar em Toronto? Somos de Salvador também. Estamos mudadndo em dezembro e estou preocupada com esta questão. indicaria algum bairro que acha legal que fosse próximo a Seneca College onde meu esposo irá estudar? Ou alguma outra opção que considere interessante? Obrigada pela atenção.

        • Livi disse:

          Oi Alessandra,

          Não tenho posts sobre melhores bairros, acho tão difícil falar sobre o assunto pois o que é bom para mim pode não ser para você. Eu estudei no Seneca, Newnham, e a área me parecia boa, porém é bem distante do centro da cidade. Não sei se você tem filhos mas se tiver olha os bairros com as melhores escolas. Esses geralmente são os melhores. Nesse post falo como ver a nota das escolas.

          A revista Toronto Life tem um ranking das vizinhanças, dá uma olhada no que eles falam.
          Abraços

          • Alessandra disse:

            Obrigada, Livi! Temos um filho de 4 anos, fará 5 em janeiro. Vou pesquisar sobre as escolas. É muita coisa pra resolver. Beijos.

  14. Prezada Livi,

    Então confirmando, meu plano é de ir para o Canadá onde minha esposa vai estudar (college de 1 ou 2 anos) e eu pra trabalhar. Tenho um filho de 15 anos e uma filha de 8. Com study permit pra ele e consequentemente o work permit pra mim eu consigo matricular meus filhos de graça na escola ai na província de Ontario?

    • Livi disse:

      Caro Vitor,

      Quando um dos pais tem work permit os filhos estudam até o High School gratuitamente, então pode ficar tranquilo! Mas a universidade aqui é paga para qualquer um, exceto quando os estudantes conseguem bolsas.
      Abs.

  15. Karime disse:

    Olá Livi, muito bom o post. Meu marido, nossos dois filhos (Luca quase 5 anos e Lara 3 anos) e eu mudaremos de Montreal para Toronto início de junho.
    Vou trabalhar em North York, vi que é onde vc mora. Gostaria de saber se sabe quais são as melhores escolhas públicas ou alternativas da região. Gostaria de escolher a escola para depois procurar a casa na região permitida..
    Obrigada!

  16. Romulo disse:

    oi Livi tudo joia?

    Você conhece alguma dessas escolas públicas que ensinam inglês e francês tb para as crianças?

    • Livi disse:

      Todas as escolas em Ontário ensinam inglês e francês a partir do grau 1. É obrigatório ensinar os dois idiomas oficiais, o idioma falado na escola é que muda. Em escolas de imersão francesa falam francês o dia inteiro e nas outras inglês.

      • Romulo disse:

        bah q 10! ver meu filho falar inglês como um nativo já vai ser um privilégio, quem dirá ve-lo falando francês!! 🙂

  17. Rafael disse:

    Oi Livi. Tudo bom? Voce consegue me dizer se a carteira de vacinação deve estar traduzida? Caso positivo, como vocês fizeram? Quero deixar essa parte certinha para a minha filhota (4 anos) ANTES de chegar no Canada!

    Thanks!

    Rafael

    • Livi disse:

      Oi Rafael,

      A carteira de vacinação precisa estar traduzida, de qualquer forma você precisa consultar um médico daqui para analisar se as vacinas foram tomadas de acordo com recomendado em casa província. Se necessário o médico dá as vacinas que estão faltando ou precisando de reforço. Não precisei fazer pois minhas filhas nasceram aqui. 🙂

  18. Romulo disse:

    Olá Livi,

    show de bola ambos os posts, já adicionei nos favoritos e mandei pra minha esposa rs

    Sem querer abusar, mas vc saberia dizer como fazer no caso de crianças menores de 4 anos? pois iremos agora em Agosto e nosso filho tem 2 anos.

    grato

    • Livi disse:

      Oi Rômulo,

      Para crianças mais novas só creche mesmo. Depois de 2.5 anos tem uns cursos da prefeitura que falei no post de lazer mas são poucas horas, não o dia inteiro.

      Você está querendo saber como procurar uma creche?

      • Romulo disse:

        Oi Livi,

        obrigado pela resposta.

        Sim, estou querendo encontrar creche. Nesse meio tempo consegui encontrar o link… simulei algumas neighborhoods que seriam do meu interesse e encontrei as creches. Nem todas, ou melhor a minoria não tinha Fee subsidy 🙁

      • Romulo disse:

        encontrei uma que parece legal, chama-se Graydon Hall… mas no site não menciona quanto se paga ao mês. Vamos ver se consigo ligar la e ter uma ideia.

        • Livi disse:

          Encontrar creche é um problema aqui. Temos longas listas de espera. Todas da prefeitura possuem subsídio para os que qualificam. As particulares não. Se não me engano a média de preço da creche para crianças de 2 anos é $40-50 por dia. Aqui na minha área pelo menos. 🙁 Manda um email que com certeza te falam os preços.

          Tem um site da prefeitura http://www.toronto.ca tem explicações e avaliações das creches, imagino que deve ser onde você está olhando né?

          • Romulo disse:

            oi, é por ai mesmo, coloquei no child care locator e encontrei algumas, inclusive essa q comentei acima.

            É carinho, 50 dolares/mes não é barato, masss tb não muito diferente do que aqui no Brasil especialmente em SP. Aqui perto de onde trabalho o valor é R$2000/mes hahaha

            Minha esposa preferiu ficar em casa rs

            Bom, logicamente tb é interessante ja ter definido o local onde vai morar, do contrário tb pode ficar inviável a creche que conseguirmos.

            Falando nisso, vc conhece a região de North York e também Leaside e Davisville? Nosso interesse é por morar próximo a esses locais…

            Grato!

          • Livi disse:

            A região é boa. Moro em North York mas pro oeste de onde você pensa em morar.

            Também preferi ficar em casa. Com duas, ia trabalhar para pagar creche rsrsrs

          • Romulo disse:

            humm q bacana, então talvez vamos morar próximos. Em North York eu me interessei tb (pelo local e preços rs) por bairros como Willodale, Bayview Village e York Mills.

            Sem duvida, com duas, nessa idade de creche não ia compensar mesmo rs

            Vlw!

          • Romulo disse:

            Oi Livi bom dia,

            Só para te atualizar e quem sabe tb é do interesse de mais pessoas do site.

            Liguei em 3 daycares ontem e falei com as responsáveis pelos novos alunos. Em relação á preços fica na média mesmo de 70-80 dolares/dia!!! Uma porrada.

            Eu liguei apenas nas que são possíveis o Fee Subsidy pela prefeitura de Toronto… fiz algumas simulações e o valor caíria para cerca de 1/7 disso 🙂 ai sim, já da pra esposa ir trabalhar.

            Quanto a horários: consegui uma dessas que era full time, das 7:30 até as 18:00, um baita horário, dá para trabalhar sossegado.

            Peguei o ranking destas e era pontuação acima de 4, sendo o máximo 5.

            Algumas tinham até professores que falavam espanhol 😉

            Quanto a waiting list, 2 delas tinham mais demanda, cerca de 40 alunos na lista, para 15 vagas cada, mas a moça mesmo disse q muitos desistem, arrumam outra escola ou mudam de cidade. A outra apesar do bom ranking, tinha lista de espera mas ela disse q era um numero menor, pois a escola tinha capacidade para 25 alunos (da idade do meu).

            Vlw!

          • Tulius disse:

            Romulo tudo bem? Você ainda teria o nome destas 3 daycare que você menciona abaixo? Chegaremos em junho com uma pequena de 5 anos e um pequeno de 2. Agradeço se puder compartilhar.
            Lívi, tudo bem? Você acredita que teremos problema em encontrar uma vaga para a nossa pequena de 5 no sênior kindergarten na região de North York?
            Obrigado!!
            Tulius

          • Livi disse:

            Olá Tulius,
            O ano letivo acaba em Junho, então dependendo da data sua filha só começará em Setembro. Se você já tiver um endereço pode fazer a pré-matrícula dela online na escola da região. Senão, assim que chegar vai na escola. Como aqui tem muitas escolas mesmo que não tenha vaga em uma terá em alguma outra próxima a sua casa. Eu tenho 3 para escolher aqui. Boa sorte na nova vida aqui no Polo Norte!

          • Romulo disse:

            Olá Tulius,

            ih rapaz, eu liguei em janeiro eu acho, ou começo de fevereiro. Tenho q ver em casa se anotei o nome dessas daycare. Lembro-me apenas q eram na região da Leaside e Davisville.

  19. Camila disse:

    Uma informacao que acho importante salientar é que, quando se trata de estudante internacional, o estudo de ingles somente nao da direito de estudo gratuito para os filhos, somente estudo em college e levando o recibo de pagamento do primeiro ano no school board. Uma amiga esta aqui fazendo o academic pathway e descobriu aqui que tera que pagar a escola… Faltou orientacao por parte da empresa que ela contratou para fazer o processo de visto.

    • Livi disse:

      Oi Camila,

      Por isso indiquei o website para que cada um leia e veja se se enquadra nos casos listados pelo Act. Não tenho como traduzir tudo.

      Muitas vezes a pessoa até se enquadra mas por falta de informação do funcionário da escola negam. Nesses casos você precisa saber dos seus direitos e procurar o Board.

      • Camila disse:

        Pois é, como nao tenho filhos nao sei desses detalhes, so descobrimos isso ao ir no board… Ela procurou ajuda tb no Abrigo (instituicao aqui em Toronto que ajuda imigrantes de lingua portuguesa) e obteve a mesma informacao. Acho que a empresa que ela contratou deveria ter orientado melhor… 🙁

Deixe um Comentário