Visitando Blue Mountain no outono

Depois de consultarmos o Fall Colour Report e ver que as árvores em Blue Mountain já estavam começando a mudar de cor, decidimos fazer um passeio para lá. Blue Mountain é um resort com uma ótima infra-estrutura que agrada quem procura aventura, esportes, atividades em família, turismo gastronômico ou quer apenas relaxar. O complexo fica a apenas 160 km de Toronto, na região de Grey County. Não confunda com a cidadezinha que fica logo depois que tem “s” no fim do nome. O nome Blue Mountain foi dado por causa de um barro azulado que é encontrado na região.

blue-mountain-outono-11

Sempre que vamos para lá ficamos hospedados no Westin Trillium House, esse hotel da foto acima. Mas dessa vez fomos apenas passar o dia no estilo bate-volta mesmo.

blue-mountain-outono-25

Passeando pela vila

A vila alpina é um charme. Os chalés coloridos ficam ao redor de um lago e cercado pelas montanhas. Há várias lojas de roupas, souvenir, itens de decoração e até uma filial da Glama Gal, um spa para crianças e adolescentes que minhas filhas visitaram semana passada e eu vou escrever um post contando tudo.

blue-mountain-outono-29blue-mountain-outono-4 blue-mountain-outono-5 blue-mountain-outono-12blue-mountain-outono-1 blue-mountain-outono-18 blue-mountain-outono-15 blue-mountain-outono-20 blue-mountain-outono-8

Dá para passear pelas ruas, sentar em uma das cadeiras na beira do lago ou assistir um dos shows apresentados na praça central.

blue-mountain-outono-10 blue-mountain-outono-14 blue-mountain-outono-6

Onde Comer

A vila tem restaurantes para todo gosto e bolso. Tem até um Starbucks e um mini supermercado. Durante os meses mais quentes todos abrem os seus pátios para comermos apreciando a paisagem.

blue-mountain-outono-7

Nesse passeio almoçamos no Fire Hall Pizza Co, uma linda pizzaria decorada como se fosse a sede do corpo de bombeiros. Até o uniforme do pessoal que trabalha lá tem o escudo dos bombeiros. Adoro a pizza deles e o atendimento é sempre simpático. O restaure te tem menu infantil, que vem com atividades e lápis para colorir.

blue-mountain-outono-23 blue-mountain-outono-22 blue-mountain-outono-21blue-mountain-outono-28

De outras vezes já provamos o steak e a lagosta do Copper Blues e o super café da manhã no Sunset Grill, os dois são ótimos! O Copper Blues foi o primeiro restaurante que minha filha mais velha provou da comida e por isso ele se tornou um lugar especial para nós.

O que fazer

Apesar de ser um resort de esqui eles tem atividades que garantem diversão o ano inteiro. No site as atividades são classificadas de acordo com a intensidade e se estão dentro ou fora do resort. Programas como praia são “easy going”e indicados para toda a família e tirolesa é “high adrenaline”. Na central de ingressos é possível comprar para todas as atrações, gôndola, esportes, tours pelas vinículas e passeio de barco. Comprando 4 ingressos ou mais temos 10% de desconto.

blue-mountain-outono-13 blue-mountain-outono-2

Como não dá para fazer tudo em um dia escolhemos a atividade com mais emoção que as meninas podiam ir. Subimos e descemos a Blue Mountain no Ridge Runner, uma montanha russa top que vai no meio das árvores. Não é permitido tirar fotos durante a brincadeira mas a minha prima conseguiu bater essa de longe quando estava chegando embaixo.

blue-mountain-outono-27

Nós vamos sentados numa cadeira que cabe um adulto e uma criança, subimos devagar no meio da floresta e na descida podemos controlar a velocidade. Então pode descer suavemente sem problemas. Mas se você gosta de emoção, como eu, então empurre a marcha até embaixo e divirta-se! Minha filha, que tem 7 anos, amou e pediu para repetir!

O segundo programa que escolhemos foi fora do complexo. Fomos para as Scenic Caves e ponte suspensa, que ainda não conhecíamos. Vou contar como foi no próximo post.

blue-mountain-outono-30

E foi assim que passamos um domingo super divertido e cheio de adrenalina.

Como Chegar

Carro
Existem vários caminhos para chegar em Blue Mountain, o melhor vai depender da sua localização e de como está o trânsito na cidade. Nós tomamos a HWY 400 sentido norte, passando por Barrie e depois pegamos a 53 e a 26. As estradas são ótimas e se você for pela HWY 400 existem postos de apoio ao viajante pelo caminho. Gastamos mais ou menos umas 2 horas de viagem. As coordenadas de GPS são Lat: 44.507581 Long: -80.316120

 

Ônibus
Para quem não está de carro existem duas opções que eu conheço. No verão a Summerbound Ontario faz o percurso aeroporto Pearson até o resort e a partir de dezembro e  durante o inverno a AUC Coach Tours tem ônibus saindo diariamente de Toronto.


Reserve seu hotel em Blue Mountain no Booking.com

O Baianos do Polo Norte é parceiro do Booking.com. Reservando por esse link eu ganho uma pequena comissão que ajuda a pagar os custos de manutenção do site. O leitor não paga nada a mais por isso. Obrigado pelo apoio!

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida no Canadá

Você pode gostar...

Deixe um Comentário