Bonnechere Caves, passeio diferente e fora do radar turístico

No feriadão de Victoria Day fomos explorar uma região de Ontário que fica a mais ou menos 1,5 horas oeste de Ottawa (360km de Toronto) e ainda não conhecíamos, essa parte da província está bem fora da rota turística. A primeira atração que escolhemos visitar foi Bonnechere Caves, cavernas que se esculpidas há 500 milhões de anos atrás.

Eu fiquei sabendo sobre Bonnechere Caves num livro chamado “Top 150 Unusual Things to see in Ontario”, mas só agora tive a chance de ir. As cavernas de Bonnechere se formaram pela dissolução da sua rocha calcária por águas ácidas. Elas foram descobertas no início do século 20 e hoje estão dentro de uma propriedade particular, que organiza tours guiados para os visitantes.

E nesse post vou contar como foi esse passeio. Para nós a experiência foi bem legal pois além da oportunidade de visitar a caverna, aprendemos bastante sobre fósseis e a história do local. Se você tem filhos estudando sobre o relevo de Ontário o passeio vai ser ainda mais aproveitado.

A primeira parte de tour: os fósseis

A estrutura do lugar é simples mas organizada. Pelo tamanho do estacionamento imagino que não fica lotado. No começo do tour, nos reunimos numa cabana do lado de fora, ao redor de uma mesa cheia de fósseis de corais e animais marinhos. Pode parecer estranho ver referências ao mar, estando tão longe da costa mas a guia explicou que a região já foi um mar tropical há milhões de anos atrás, por isso existe uma grande concentração de fósseis de corais e animais marinhos em todo o vale.

Atrás da mesa há um poster mostrando os tipos de corais e o outro sobre a evolução da vida na terra. Antes do tour ficamos tentando adivinhar que tipos de fósseis estavam em cima da mesa.

A nossa guia foi simpática e bem humorada. Ela explicou sobre cada um dos fósseis que estavam na mesa e nos deu algumas amostras para examinarmos de perto. Gostei de aprender um pouco sobre essa parte e as crianças curtiram também porque não foi uma apresentação chata e elas puderam mexer em tudo.

As cavernas

Depois das explicações seguimos para a entrada das cavernas, que fica a poucos passos da cabana. No caminho dá para ver o rio e uma das entradas por onde a água entra na caverna.

A descida é feita por escadas e uma passarela madeira e ferro. Não sei se foi por causa da chuva mas estava a maior enxurrada e molhou um pouco nossos pés. Acho que botas de chuva ou outro calçado a prova d’água teriam sido mais indicados para esse passeio. Fica a dica.

A temperatura no interior da caverna é bem mais fresca que o lado de fora, então não esqueçam de levar um suéter ou jaqueta. Lá dentro é tudo iluminado e a guia ainda leva uma lanterna para mostrar alguns detalhes ao longo do percurso como fósseis nas paredes, textura das pedras, etc.

As cavernas Bonnechere tem composição calcária e há muitas estalactites e estalagmites. Em um ponto do tour a guia explicou sobre a formação delas e que elas levam 150 anos para crescer poucos centímetros. As meninas ficaram super curiosas.

Durante o tour a guia conta a história de como as cavernas foram descobertas e os perrengues que o ex-dono enfrentou. Em um momento até no escuro ele ficou e para termos uma noção do que ele passou, ela avisa que vai pagar as luzes. Se seus filhos tem medo recomendo pedir que eles fechem os olhos nessa parte. A escuridão é completa e não dá para ver nada, nem colocando os dedos bem perto do nariz.Bonnechere Caves

Dentro da caverna nós sempre andamos num caminho exceto num ponto onde ela permitiu que as pessoas saíssem do percurso e entrassem num túnel apertado que dava a volta e saía no início da caverna. Todos que se aventuraram no túnel ganharam o título de “ spelunkers”, um termo em inglês para descrever pessoas que exploram uma caverna sem um guia. O túnel é bem apertado mas dá para passar um adulto.

A medida que vamos avançando no tour, descemos cada vez mais. Segundo ela, a parte mais funda de Bonnechere fica 28m abaixo da superfície.

No fim do tour saímos por uma porta no meio da floresta. Fomos instruídos a seguir pela trilha até um sinkhole (buraco) enorme. Esse foi o local por onde eles entraram na caverna a primeira vez. Ali dá para ter uma noção da distância da caverna até a superfície.

Gostamos bastante do passeio e foi perfeito para fazer num dia chuvoso porque não atrapalhou em nada.

Informações sobre Bonnechere

Website: bonnecherecaves.com

Endereço: 1247 Fourth Chute Rd, Eaganville – ON (

Funcionamento: a partir do fim de semana do Victoria Day (fim de maio) até o Thanksgiving (meio de outubro). Consulte o site para ver os horários. Os tours saem a cada 20-30 minutos.

Ingressos: $19  adultos, $17 idosos, $14 jovens (13-17) e $13 crianças a partir de 4 anos.

Livi

Baiana expatriada em Toronto. Adora escrever sobre suas viagens em família e experiência de vida em Toronto

Você pode gostar...

Deixe um Comentário